E se o estudante contemplado com uma bolsa de 50% não puder pagar a outra metade da mensalidade?
 
Nesses casos, o MEC possibilita ao bolsista parcial de 50% financiar 25% do valor total da mensalidade por meio do FIES Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior. Dessa forma, o aluno pagará apenas 25% do valor total da mensalidade enquanto estiver estudando e, depois de formado, iniciará o pagamento do valor financiado.

Exemplo: se a mensalidade escolar for de R$ 400,00, a bolsa parcial cobrirá a metade (R$ 200,00) e o FIES financiará 25% do total (R$ 100,00). O aluno pagará, portanto, apenas R$ 100,00 por mês durante o curso.

Para saber mais sobre o FIES, consulte a página eletrônica

http://www3.caixa.gov.br/fies/ ou ligue 0800.574.0101.

O que é a Bolsa Permanência?
 
É uma bolsa no valor até R$ 300,00 mensais, concedida exclusivamente aos estudantes beneficiários de bolsa integral do ProUni que estejam matriculados em cursos de turno integral. Por estudarem em período integral, muitos desses alunos ficam impossibilitados de trabalhar.

A bolsa permanência destina-se a ajudar esses estudantes no custeio de seus estudos, em despesas com livros, material didático, transporte e alimentação. É mais uma medida para a democratização do acesso e viabilização da permanência de alunos de baixa renda no ensino superior. Em três anos, cerca de 12 mil alunos receberão o benefício. 
   
É possível escolher qualquer curso em qualquer instituição?
 
Sim, desde que a instituição escolhida tenha aderido ao ProUni. Ao fazer a inscrição, o candidato poderá assinalar até cinco opções de acordo com suas prioridades, que podem ser em cursos ou instituições diferentes. No entanto, há cursos que exigem requisitos específicos para matrícula, tais como Ciências Aeronáuticas ou Música.

No curso de Ciências Aeronáuticas, por exemplo, o estudante deve ter licença de piloto privado e uma determinada quantidade de horas de vôo para poder se matricular, dentre outras exigências. Assim, é necessário muita atenção ao efetuar as opções de curso no momento da inscrição no ProUni, pois caso a matrícula não seja possível em função de requisitos desse tipo o candidato perderá o direito à bolsa. 
   
Quais são as instituições que participam do Programa?
 
A lista completa das instituições participantes do ProUni será disponibilizada aos candidatos, na data de abertura das inscrições, na página eletrônica http://www.mec.gov.br/prouni
 
   
Como fazer a inscrição no ProUni?
 
As inscrições são feitas exclusivamente pela internet, no período de 12 de dezembro de 2005 a 02 de janeiro de 2006 na página eletrônica
http://www.mec.gov.br/prouni. Ao efetuar sua inscrição, o candidato escolhe até cinco opções de cursos, habilitações, turnos ou instituições de ensino superior, dentre as disponíveis conforme sua renda familiar por pessoa.

Nesse momento, o estudante poderá visualizar a nota de corte, que é a nota mínima para a pré-seleção naquele curso, até aquele instante. Isso possibilitará a escolha dos cursos nos quais sua nota no ENEM 2005 for superior a nota de corte, elevando-se as chances de ser pré-selecionado.

É importante ressaltar que essas opções poderão ser alteradas a qualquer tempo, dentro do período de inscrições do programa. Assim, o candidato poderá efetuar sua inscrição e posteriormente acessar novamente a ficha de inscrição para verificar se sua nota no ENEM está abaixo da nota de corte do curso escolhido, podendo fazer alterações, caso desejar. A ficha de inscrição válida para efeito da pré-seleção é aquela com as últimas alterações efetuadas pelo estudante.