O que é o FIES?
Criado em 1999, o FIES significa Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior e é um programa do Ministério da Educação (MEC) que auxilia alunos matriculados em instituições de ensino superior não gratuitas com financiamento estudantil a juros baixos (6,5% ao ano).

Quem pode pedir o FIES?

Pode solicitar o FIES o estudante que:
  • Tiver participado do Enem (para quem se formou no ensino médio a partir de 2010) com pelo menos 450 pontos de média nas provas e nota maior do que zero na redação.
  • Tiver renda familiar bruta mensal de no máximo 2,5 salários mínimos por pessoa.
Não é permitido  ao estudante fazer inscrição no FIES nos seguintes casos:
  • se o aluno já foi beneficiado com o financiamento do FIES;
  • se o aluno estiver inadimplente com o Programa de Crédito Educativo (PCE/CREDUC);
  • se o aluno já tiver um diploma de nível superior.

Quais são as faculdades aceitas pelo FIES?


Para ser aceito pelo FIES, o curso precisa:
  • ser presencial
  • ter avaliação positiva pelo MEC (nota maior ou igual a 3 no SINAES)
  • caso ainda não tenha o conceito do SINAES, mas esteja autorizado pelo MEC a funcionar, o curso pode participar do FIES.
Serão priorizados cursos com notas mais altas na avaliação do MEC. Veja algumas faculdades participantes do FIES que oferecem cursos com nota máxima (5) perante o MEC:

Precisa ter feito o Enem para pedir o FIES?


Desde de 2015, quem concluiu o ensino médio a partir de 2010 precisa ter feito o Enem, com aproveitamento médio de pelo menos 450 pontos nas provas e nota maior do que zero na redação para pedir o financiamento do FIES.

O Enem não é exigido se você se encaixar em alguma destas categorias:

  • Professor da rede pública de ensino em exercício efetivo do magistério da educação básica que seja integrante do quadro pessoal permanente de instituição pública regularmente matriculado em curso de licenciatura, normal superior ou pedagogia.
  • Estudante que tenha concluído o ensino médio antes de 2010.

Precisa de fiador?

São três os casos em que você pode ser dispensado do fiador e optar pelo Fundo de Garantia de Operações de Crédito Educativo (FGEDUC)  quando se inscrever no FIES:
  • se for bolsista parcial do Prouni,
  • se estiver matriculado em curso de licenciatura ou
  • se tiver renda familiar per capita de até um salário mínimo e meio por mês.
Em todos os demais casos, é preciso apresentar um fiador.

Bolsista parcial do ProUni pode pedir o FIES para pagar o restante da mensalidade?

Sim. O FIES pode ser usado para complementar o valor da bolsa parcial, desde que seja para o mesmo curso e instituição onde o aluno tem bolsa do ProUni e a soma dos dois benefícios não ultrapasse o valor dos encargos educacionais com desconto.

Onde posso me inscrever para o FIES?

O processo de inscrição no FIES é feito pela internet, no portal oficial do Programa


Dúvidas?

Você pode conseguir mais informações sobre o FIES pela Central de Atendimento, no telefone 0800 616161.

Para mais informações acesse: Fies