A ideia de ter seu próprio negócio tem atraído milhares de estudantes às salas de aula, transformando os cursos na área de administração nos mais populares do Brasil.

Nos últimos anos surgiram muitas graduações para quem quer empreender, algumas inclusive com duração mais curta e que também garantem diploma de nível superior!

Outra vantagem importante: a maioria desses cursos está disponível na modalidade a distância (EAD).

Está pronto para arregaçar as mangas e empreender? Conheça a seguir quais os melhores cursos para quem quer ter o próprio negócio!

Cursos para quem quer ter o próprio negócio

O curso mais abrangente e tradicional para quem quer abrir o próprio negócio é o de Administração, uma das graduações mais populares do País (perde apenas para Direito em número de estudantes).

Mas a correria do dia a dia tem feito muita gente optar por formações mais rápidas e específicas, que permitem atuar num campo de trabalho mais direcionado.

De uma forma ou de outra, todas ajudam o estudante a desenvolver habilidades de gestão e empreendedorismo.

Conheça agora cada uma delas.

Administração

É a graduação mais completa para quem quer seguir o caminho do empreendedorismo. Durante os quatro anos de duração do curso, o aluno vai ter uma visão abrangente sobre universo dos negócios, que inclui conhecimentos em:
• Contabilidade
• Direito
• Estatística
• Finanças
• Logística
• Marketing
• Recursos Humanos

O mercado de trabalho para quem faz esta graduação é amplo, com atuação em todos os ramos da economia. Tem administrador à frente de loja de flores, hospitais, supermercados, padarias, refinarias de petróleo, fazendas e tudo mais que você imaginar.

A concorrência também é grande. Além dos profissionais já em atividade, o curso conta atualmente com mais de 800 mil alunos matriculados, que deverão chegar ao mercado nos próximos anos. Uma boa dica para se diferenciar é investir numa faculdade de qualidade e buscar pós-graduações em áreas do seu interesse.

O curso também está disponível na modalidade a distância. Com o aval do Ministério da Educação (MEC), o diploma é reconhecido no mercado e permite conciliar os estudos com as atividades do dia a dia. É uma boa alternativa para quem trabalha ou prefere estudar de casa.


Processos Gerenciais

Em apenas dois anos, o aluno aprende de técnicas de gestão e organização. Elaborar e implementar planos de negócios, especificar processos de comercialização, cuidar da logística e gerenciar recursos financeiros estão na pauta de estudos. Também trata de liderança, relacionamento interpessoal e tomada de decisões.


Gestão Comercial

Para quem quer empreender no comércio, esse curso é uma boa opção. Além de ter apenas dois anos de duração e oferecer diploma de nível superior, vai ensinar tudo o que é preciso saber sobre transações comerciais no varejo e no atacado, planejamento financeiro, análise de qualidade, estudos de viabilidade e criação de estratégia de vendas.


Comércio Exterior e Negócios Internacionais

O curso de Comércio Exterior é oferecido tanto em grau de bacharelado (4 anos) quanto de tecnólogo (2 anos). Durante os estudos, o aluno vai aprender as principais operações da área, como transações cambiais, aduana, legislação internacional, contratos e logística de exportação e importação.

Algumas universidades oferecem um curso similar, chamado Negócios Internacionais.


Gestão de Cooperativas

Quem quer empreender com uma pegada social pode optar por este curso. Em apenas dois anos, ensina o estudante a planejar e gerenciar organizações em diversos setores, como por exemplo: cooperativa de produtores rurais, de artesãos, de crédito, habitacionais, de trabalho, etc. Também trata das novas tecnologias e sistemas de gestão para a área, práticas e modelos de referência.


Gestão Financeira

Um bom empreendedor precisa saber controlar bem as finanças, entender quando e no que investir, ser bom conhecedor da política tributária brasileira e, principalmente, aprender as técnicas de captação de recursos. É um curso de curta duração (dois anos) que oferece diploma de nível superior. É bastante popular no Brasil, principalmente nas faculdades particulares.


Negócios Imobiliários

Quem curte o mundo da compra, venda e aluguel de imóveis residenciais e comerciais pode ingressar neste curso e abrir um negócio na área. Ao longo de dois anos, o aluno vai aprender todos os procedimentos para criar sua própria imobiliária, administradora ou prestadora de serviços. Ele aprende a investir, analisar mercados, desenvolver planos de venda, locação e administração de imóveis diversos.


Onde estudar

Confira algumas instituições autorizadas pelo MEC a oferecer cursos para quem quer ter o próprio negócio:
 

Veja também:
Quanto custa estudar Administração?


Está a fim de empreender? Qual desses cursos mais combina com você? Conte para a gente nos comentários!