Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) - Tudo que você precisa saber sobre o exame mais esperado do ano. Tire todas as dúvidas sobre o processo, a inscrição, as provas e como utilizar a nota do Enem.

Guia do Enem:

O que é o ENEM?

O Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) são provas aplicadas para os alunos que estiverem concluindo o ensino médio, com o intuito de avaliar os conhecimentos adquiridos durante o período de estudo e facilitar o acesso às universidades públicas e particulares do país.

Quando o ENEM foi criado?

O ENEM teve seu início no ano de 1998. Neste ano a prova era aplicada em apenas um dia e possuía 64 questões de múltipla escolha, além da redação. Até o ano em que o ENEM teve uma reformulação (2009), a finalidade do exame era testar o nível de conhecimento dos alunos concluintes do ensino médio. Muitas universidades aceitavam a nota como uma composição do resultado do vestibular, mas em uma porcentagem pequena.

Qual reformulação o ENEM sofreu?

O ENEM , a partir do ano de 2009, passou a ter 180 questões ao invés de 64 e a ser aplicado em 2 dias, não mais em somente 1. Até o ano de 2008, o ENEM era aplicado no domingo, a partir daí passou a ser em um sábado e em um domingo. A redação continuou sendo uma das partes mais importantes, com nota máxima de 1000 pontos, um quinto da pontuação máxima possível em todo o exame. Ela acontece no segundo dia de provas e tem um tempo estimado de uma hora para conclusão.

Inscrição

Como fazer a inscrição do ENEM?

A inscrição para o ENEM deve ser feita pela internet, através do site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP). O candidato deve seguir os passos atentamente e preencher todas as informações de forma honesta. As inscrições tem um prazo para serem efetuadas, divulgado no site do INEP em período anterior ao início das inscrições.

Para que serve a senha solicitada na inscrição?

A senha deve ser utilizada para acompanhar a inscrição durante todo o período estabelecido. Além disso, essa senha será utilizada ao solicitar bolsas, financiamento, etc., que dependam do ENEM . No caso do candidato perder a senha, deve ser solicitada uma nova pelo site do INEP, o mesmo utilizado para efetuar a inscrição no exame. A nova senha será enviada para o candidato pelo e-mail ou por mensagem de texto no celular informado na inscrição. O candidato deve informar o Cadastro de Pessoa Física (CPF) e a data de nascimento para poder pedir uma nova senha.

O ENEM possui taxa de inscrição?

A taxa de inscrição do ENEM é de R$ 35,00, mas aqueles que não tiverem condições de pagar esse valor podem solicitar isenção de taxa, se tiverem renda familiar mensal de até 1,5 salário mínimo por pessoa. Além disso, todos os alunos que estiverem no último ano do ensino médio da rede pública estarão automaticamente isentos do pagamento da taxa.

Como faço para pagar a taxa de inscrição?

Ao realizar a inscrição, a última etapa será para emitir o boleto (GRU) ou declarar carência, no caso de isentos. Esse boleto poderá ser pago até uma data determinada pelo INEP. O não pagamento implica no cancelamento da inscrição do candidato.

Como sei que minha inscrição foi confirmada?

Para aqueles alunos que declaram carência, a inscrição será confirmada assim que a isenção for aceita, o que acontece logo que o pedido é solicitado. Já para os alunos pagantes, a confirmação é efetuada mediante o pagamento da taxa. O comprovante de inscrição estará disponível no site do INEP.

Somente terei a confirmação pela internet?

Além de acompanhar a inscrição e os detalhes do Exame pela internet, o cartão de confirmação será enviado pelos Correios, contendo os horários, as datas, o local em que o exame será realizado, o número de inscrição e o idioma escolhido.

Posso escolher qual idioma para a prova de Linguagens?

Na prova de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias algumas questões são destinadas para línguas estrangeiras. O candidato pode escolher entre o inglês e o espanhol. Essa escolha deve ser feita no ato da inscrição.

A prova do Enem

Como são divididas as questões no ENEM?

A partir do ENEM de 2009, as questões passaram a ser divididas em 4 áreas do conhecimento, com 45 questões de cada uma. As áreas são:  Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Ciências Humanas e suas Tecnologias, Ciências da Natureza e suas Tecnologias e, por último, Matemática, Código e suas Tecnologias. Além dessas áreas, o ENEM também exige a elaboração de uma redação.

Quanto tempo dura a prova do ENEM?

As provas do primeiro dia são das áreas de Ciências Humanas e suas Tecnologias e Ciências da Natureza e suas Tecnologias. Ambas as provas totalizam 90 questões e o candidato tem 4 horas e meia para respondê-las. No segundo dia, as provas são das áreas Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e Matemática, Código e suas Tecnologias, também totalizando 90 questões. Porém, no segundo dia de provas é necessário que o candidato faça uma redação. Por conta disso, o aluno tem até 5 horas e meia para concluir o exame. A hora extra em relação à do primeiro dia é devido ao tempo para o aluno elaborar a redação.

Qual o tempo mínimo para o candidato permanecer na sala?

Os candidatos deverão permanecer na sala, no mínimo, 2 horas após o início do exame. Lembrando que relógios e celulares são proibidos durante a aplicação da prova. Para auxiliar, tirar dúvidas ou comunicar sobre as horas, estarão presentes dois fiscais durante todo o período de realização do exame. Os três últimos candidatos a entrar na sala, tanto no primeiro como no segundo dia, deverão permanecer no recinto até todos concluírem o exame ou o tempo de realização tiver esgotado. Esses candidatos deverão acompanhar o lacre do pacote de provas resolvidas e assinar como comprovação de que todo processo foi feito corretamente.

É possível levar o caderno de questões?

O candidato somente poderá sair com o caderno de questões após o horário informado pelos fiscais, que, normalmente, é meia hora antes do término das provas.  Ou seja, no primeiro dia, somente após 4 horas de prova e, no segundo dia, após 5 horas de prova. As provas costumam iniciar às 13 horas, tanto no primeiro como no segundo dia. Sendo assim, os cadernos de questões podem ser retirados às 17 horas no sábado e às 18 horas no domingo.

A partir de que horas posso chegar para fazer a prova?

Os portões dos locais de realização das provas serão abertos uma hora antes da prova ser iniciada e fechados assim que completar o horário de início. Normalmente, as provas tem início às 13 horas (horário de Brasília) em ambos os dias de aplicação.

O que devo levar para fazer a prova?

Será permitido somente o uso de caneta esferográfica preta feita de material transparente. O uso de aparelhos eletrônicos, relógios, lápis, lapiseira, borracha, calculadora, etc., será expressamente proibido. Assim como a comunicação entre os candidatos e o uso de qualquer tipo de consulta. Além do material necessário para realizar a prova, o aluno também deve apresentar ao fiscal um documento de identidade com foto. Esse documento deve ser o mesmo declarado na inscrição.

Possuo necessidades especiais, como devo proceder?

Os candidatos que possuem necessidades especiais devem informá-las no ato da inscrição e possuir documentação que as comprovem, caso seja solicitado pelo INEP. Além disso, aqueles que possuírem qualquer tipo de necessidade especial terão atendimento diferenciado durante a prova.

Como realizar a prova?

Ao chegar ao local da prova, o fiscal conferirá as informações referentes ao documento de identidade e o número de inscrição. O aluno receberá a prova e o cartão de respostas. A primeira coisa a ser feita é conferir todos os dados apresentados no cabeçalho do cartão de respostas e preencher o que for solicitado. A cor da prova deve ser assinalada no cartão e deve-se prestar muita atenção para não marcar a opção errada. Normalmente, as cores são azul, amarelo, rosa e branco. O aluno deve resolver as questões e marcar a opção no cartão de respostas.  É importante lembrar que não pode haver rasuras nem duas opções assinaladas para a mesma questão. Caso isto ocorra, a questão pode vir a ser anulada.

Onde posso utilizar a nota do ENEM?

O ENEM pode ser utilizado em instituições públicas e privadas para o ingresso no ensino superior. Em algumas instituições públicas, o ingresso se dá mediante o acesso ao Sistema de Seleção Unificado (SiSU).  O aluno se inscreve em um período determinado e escolhe dois cursos e duas universidades. A nota obtida em cada área do ENEM terá determinado peso, dependendo do curso e da instituição, o que implica em notas diferentes para cursos e instituições diferentes.

A nota do ENEM pode ser utilizada para compor as notas do vestibular de algumas instituições públicas que não aderiram ao SiSU.

O ENEM é utilizado, também, para o ingresso em instituições particulares. Os alunos que desejam participar do Programa Universidade para Todos (ProUni) deverão ter realizado o ENEM e obtido média de 400 pontos nas 5 competências, além de não ter zerado a redação.

Outra forma de utilizar o ENEM para auxiliar na graduação é através do Fundo de Financiamento Estudantil (FIES). Um dos critérios para conseguir o financiamento é que o aluno tenha participado do ENEM . Essa regra não vale para os professores da rede pública, que estejam em exercício na educação básica.

O ENEM também é utilizado para certificar os alunos maiores de 18 anos e que ainda não concluíram a educação básica, ou seja, os alunos podem concluir o ensino médio através do ENEM . O candidato deve informar, no momento de se inscrever, que deseja obter a certificação do ensino médio pelo ENEM e informar a instituição. Lembrando que a instituição deve estar na lista daquelas que utilizam esse método.

Além disso, a finalidade principal do ENEM é avaliar o conhecimento adquirido pelos alunos ao concluírem o ensino médio.

Para mais informações

Guia Rápido do Enem
O que você precisa saber sobre as provas do ENEM
Gabarito do Enem 2014
Resultado do Enem 2014