O que é o Prouni?

O Programa Universidade Para todos, Prouni, é uma iniciativa do Governo Federal que concede bolsas de estudo parciais e integrais para estudantes de baixa renda em cursos superiores em instituições privadas em todo o Brasil. 

[Ache os cursos e faculdades ideais para você.]

Constituído em 2004, passou a funcionar em janeiro de 2005. O Prouni acontece duas vezes por ano, com um processo seletivo no primeiro semestre e outro no segundo semestre.

Saiba mais sobre o programa, as condições para concorrer à bolsa do Prouni, como funciona o processo seletivo, quais são os tipos de bolsa, as universidades participantes e mais informações.

Dúvidas mais frequentes:

Quem pode solicitar uma bolsa do Prouni

Para solicitar uma bolsa do Prouni, o candidato deve cumprir os seguintes requisitos:
- ter feito o ensino médio na rede pública, ou na rede privada como bolsista integral;
- possuir renda familiar mensal de no máximo três salários mínimos por pessoa;
- ter participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e ter conseguido a pontuação mínima estabelecida pelo MEC nas cinco notas (ciências da natureza e suas tecnologias; linguagens, códigos e suas tecnologias; ciências humanas e suas tecnologias; matemática e suas tecnologias e redação), além de não ter zerado na redação do Enem.

Professores da rede pública que estejam exercendo a função e sejam funcionários permanentes podem concorrer a bolsas exclusivamente nos cursos de licenciatura em normal superior ou pedagogia sem a necessidade de comprovar renda mínima.

Como calcular a renda familiar

Um dos critérios para poder participar do Prouni é a renda familiar mensal por pessoa. Para calcular a renda familiar e descobrir se você se encaixa no perfil atendido pelo Prouni, você deve somar todas as rendas brutas mensais das pessoas da família que moram na mesma casa que você. Pai, mãe, padrasto, madrasta, esposo(a), companheiro(a), filho(a), enteado(a), irmãos e avós devem ser considerados, desde que morem na mesma residência e contribuam com a renda familiar. Em seguida, é preciso dividir o valor dessa renda bruta pelo número de familiares (incluindo você). O resultado é a renda familiar mensal bruta por pessoa (ou per capita).

Quais os tipos de bolsas do Prouni

O Prouni concede dois tipos de bosa: parciais e integrais:
  • Bolsa parcial de 50%: para estudantes que tem uma renda familiar mensal por pessoa de até três salários mínimos.
  • Bolsa integral (100%): para quem tem renda familiar mensal per capita de até um salário mínimo e meio.
Os bolsistas integrais do Prouni também podem concorrer a uma ajuda de custo para pagar suas despesas educacionais, o Bolsa Permanência (explicado neste mesmo artigo, mais adiante). 

Processo seletivo

O processo seletivo do Prouni é totalmente informatizado e leva em consideração a nota do Enem para fazer a pré-classificação dos candidatos que atendem aos requisitos obrigatórios. Quanto maior a nota do Enem, maiores as chances de se conseguir uma das vagas liberadas pelas instituições de ensino superior da rede privada.
Além disso, algumas instituições podem pedir que os pré-selecionados façam um exame de seleção específico para determinados cursos. Esse exame é aplicado pela própria instituição, que não pode cobrar nenhum tipo de taxa para os candidatos do Prouni.

Afrodescendentes, indígenas e pessoas com deficiência possuem cotas no Prouni?

Sim, o Prouni reserva bolsas direcionadas às pessoas com deficiência e aos que se declarem indígenas, pardos ou pretos. O número de vagas é proporcional à porcentagem dessas pessoas no censo do IBGE em cada estado. Vale lembrar que, independentemente das cotas, todos devem cumprir os outros critérios de seleção.

Quais são as universidades e faculdades que participam do Prouni?

Normalmente as faculdades e universidades que aderiram ao programa informam isso em seus sites. E durante o período de inscrições, é possível consultar as instituições participantes no site do Prouni. Ali o candidato pode também verificar a quantidade de vagas disponíveis por curso e turno.

Bolsas para cursos a distância (EAD)

O Prouni também concede bolsas para cursos superiores na modalidade EAD (Ensino a Distância).

Inscrição

As inscrições para concorrer a uma bolsa do Prouni devem ser feitas exclusivamente pela Internet, no site do Prouni. Todas as instituições que participam do Prouni devem oferecer acesso gratuito à Internet para quem quiser se inscrever.

Qual a diferença entre Prouni, SiSU e FIES?

Tanto o Prouni, como o SiSU e o FIES são programas criados pelo Ministério da Educação (MEC), com o objetivo de incentivar o ingresso no ensino superior.
O Prouni oferece bolsas de estudos em instituições privadas. O Sisu é um sistema de seleção informatizado, baseado exclusivamente na nota do Enem, que seleciona estudantes para ingresso em instituições públicas de ensino superior. Já o FIES é um programa de crédito estudantil, um financiamento específico para pagar a faculdade, que o estudante pode começar a pagar somente depois de concluir a graduação.

Quem se inscreve no SiSU também pode se inscrever no Prouni?

Sim, é possível fazer a inscrição no SiSU e no Prouni simultaneamente. No entanto, embora seja permitido se inscrever nos dois programas, o candidato deve optar por apenas um dos dois benefícios quando for selecionado.

Quem tem bolsa de 50% do Prouni pode usar o FIES para pagar o restante?

Sim, o bolsista pode usar o FIES para complementar o valor da mensalidade, desde que a instituição onde estuda tenha aderido ao FIES e o estudante cumpra os requisitos do financiamento. Desta forma o pagamento de 50% da mensalidade será feito após a graduação, seguindo as regras do FIES.

O Prouni fornece ajuda de custo ao bolsista?

Sim, existe uma ajuda de custo que os bolsistas do Prouni podem solicitar para ajudar a pagar suas despesas educacionais. Chamada de Bolsa Permanência, ela é destinada a quem foi selecionado para bolsa integral do Prouni, está matriculado em cursos presenciais com no mínimo seis semestres de duração, com carga horária de seis horas por dia ou mais. O processo seletivo para a Bolsa Permanência acontece mensalmente.
O valor da Bolsa Permanência é definido em edital publicado pela Secretaria de Educação Superior do Ministério da Educação no primeiro dia de cada mês e seu valor máximo é o equivalente ao praticado na política federal de bolsas de iniciação científica.

Qual o prazo para bolsista do Prouni concluir a graduação?

O prazo estabelecido para os bolsistas concluírem a graduação é de duas vezes o período do curso. Se o curso durar quatro anos, será permitida a conclusão da graduação em até oito anos.