O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que acontece todo ano, pode ser usado para conseguir o diploma do ensino médio e também para entrar na universidade. Cada vez mais instituições de ensino superior participam de programas do Governo como o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), Programa Universidade para Todos (Prouni) e o Programa de Financiamento Estudantil (Fies), que usam a nota do Enem para selecionar alunos para graduação em universidades públicas sem precisar fazer vestibular, para conceder bolsas parciais e integrais em universidades particulares e para oferecer crédito estudantil, respectivamente.

Instituições públicas e privadas também podem usar a nota do Enem para complementar ou substituir o vestibular tradicional.

Saiba mais em:
Faculdades que utilizam o ENEM para o ingresso nos cursos de graduação
ProUni: O que é e como participar
Fies
Sisu

Ter um bom desempenho no Enem, portanto, pode ajudar você a conseguir uma vaga na graduação dos seus sonhos, receber uma bolsa de estudos ou auxílio para pagar a faculdade. O Mundo Vestibular preparou estas dicas para você conseguir uma boa nota no Enem.

[Ache os cursos e faculdades ideais para você!]

Informe-se sobre os acontecimentos no Brasil e no mundo

Fatos que estejam acontecendo no país e no mundo costumam cair no Enem. Fique atento a grandes temas relacionados a política, direitos humanos, comportamento, conflitos, acidentes ecológicos e grandes descobertas da ciência, só para citar alguns, podem ser tema de questões e também da redação. E quem estiver bem informado sai na frente. Para isso, procure ficar por dentro das notícias e debates, não só assistindo a telejornais e programas de atualidades, mas também lendo jornais impressos ou online, sites de notícias e revistas semanais. Aproveite para conectar esses temas ao que estiver estudando, leve suas dúvidas e opiniões para perguntar ou discutir com o professor, vá além dos conteúdos abordados em sala de aula ou em cursinhos preparatórios.

Leia e escreva bastante

Ler é um excelente exercício mental. Além de auxiliar na interpretação de informações, é uma forma de melhorar o vocabulário e a escrita. O Enem, principalmente na prova da redação, exige que o candidato exponha ideias, argumentos e defenda o tema proposto, sempre de forma clara e sucinta, respeitando as regras do português escrito e com riqueza de vocabulário. E saber interpretar bem um texto também ajuda a compreender melhor e mais rapidamente o que está sendo pedido em uma questão da prova, seja ela de história ou de física. Por isso, é natural que os candidatos que possuem o hábito de ler e escrever estejam um passo à frente. Aproveite todas as oportunidades que tiver para exercitar a redação pedida no Enem, do tipo dissertativa-argumentativa.
Saiba mais sobre a redação do Enem em: A Redação do Enem

Resolva provas anteriores


As provas dos anos anteriores podem ajudá-lo a ter uma noção sobre o nível de dificuldade do exame e o tempo em que você consegue resolvê-lo. Por isso, é importante que você procure resolver as provas aplicadas nos outros anos, de preferência a partir de 2009, ano em que o Enem sofreu uma mudança, passando de 64 para 180 questões e de 1 para 2 dias de aplicação.
Você pode fazer seu próprio simulado. Você vai precisar da prova e do gabarito de anos anteriores, dois dias para realizar as provas e um para revisar e listar o que precisará estudar mais. Ao fazer seu simulado, procure reproduzir ao máximo as condições do dia da prova. Ou seja, nada de celular, televisão, música, calculadoras de qualquer tipo, interrupções ou pausas. Reserve o tempo solicitado para a prova do Enem, vá para um lugar tranquilo (quarto, escritório) e procure resolver todas as questões no tempo exigido. Não se esqueça de marcar o cartão-resposta e de passar a redação a limpo. Só depois, confira o gabarito. Aquelas questões que você não acertou por algum motivo devem ser revisadas. Não sossegue enquanto não entender a matéria! Aproveite para estudar mais aquele tema, pedir ajuda a colegas e professores.
Além das provas do Enem dos outros anos, procure fazer os simulados oferecidos em sua escola e/ou cursinho preparatório. Aproveite todas as oportunidades para entender como funciona a prova, assim você tem chances de chegar mais preparado e tranquilo no dia do exame.

Busque aprender e não decorar


Se você ainda não participou de nenhuma edição do Enem e não viu nenhuma prova aplicada nos outros anos, pode ainda ter dúvidas do que realmente cai no exame. Embora seja impossível prever o quê exatamente vai cair, entre todos os conteúdos dos três anos do ensino médio, uma coisa é certa: o Enem não é um exame de decorebas, pelo contrário, é uma prova onde a interpretação e a aplicação de conceitos por parte do estudante valem muito mais. Por isso, procure entender tudo aquilo que você estudar. Aprenda os conteúdos e procure aplicá-los em situações cotidianas, isso facilita a utilização desses mesmos conceitos na hora do exame.


Leia as questões com calma e evite muitas releituras


Por mais que seja importante saber o que está sendo pedido, reler a mesma questão muitas e muitas vezes não é uma boa opção quando se tem um limite de tempo para concluir a prova. Não se trata de fazer tudo correndo, mas é importante que o candidato leia cada questão com bastante calma e procure entender o que está sendo perguntado na primeira ou segunda leitura. O mesmo vale para as opções disponíveis em cada questão. Mais uma vez, as dicas anteriores, de exercitar leitura e interpretação e resolver as provas de anos anteriores, podem ajudá-lo nesse ponto.


Preencha a folha de respostas com atenção


O caderno que contém as questões do Enem serve de rascunho para o candidato, seja para desenvolver raciocínios, ou esquematizar a redação. Ele não possui validade para a correção. Por isso, reserve um tempo para marcar as respostas no caderno destinado para tal finalidade e faça isso com bastante atenção. Não marque duas respostas para a mesma questão e não rasure a folha de respostas. Fique atento à numeração de cada questão para preenchê-la corretamente. Reserve um tempo só para isso, para não precisar se apressar no final e garantir que está colocando as respostas certas!

Conheça o local da prova com antecedência


Procure conhecer o local da prova com antecedência, isso evita atrasos e o risco de perder a aplicação do exame. Veja a melhor maneira de se locomover até o local e o tempo gasto para isso. Leve em consideração possíveis problemas no trânsito, já que muitas pessoas estarão se dirigindo para o mesmo lugar que você.
O Enem começa às 13 horas em ambos os dias, portanto, o candidato deverá comparecer ao local de aplicação antes desse horário. 

Acalme-se antes da prova


Muitos estudantes ficam ansiosos antes de uma prova como o Enem. Isso é normal, por isso que todos os candidatos devem buscar formas de relaxar antes de realizar um exame tão importante. Não adianta tentar relembrar os conteúdos abordados durante todo o ano até o último minuto antes da prova. Use esse tempo para ouvir uma boa música, conversar com os amigos, distrair-se um pouco e relaxar. Com certeza os efeitos serão muito mais positivos!


Veja algumas faculdades privadas reconhecidas pelo MEC que utilizam o Enem como forma de ingresso:

Você pretende fazer o Enem esse ano? Deixe um comentário!