O que são vagas remanescentes

As vagas remanescentes são aquelas que não foram preenchidas pelos alunos que passaram no vestibular, mas não fizeram a matrícula; que sobram em cursos que não tiveram o número suficiente de aprovados; ou que vão surgindo ao longo dos semestres por desistência ou repetição e que podem ser usadas para transferência entre cursos e instituições.

Muitas faculdades e universidades oferecem vagas remanescentes ou vagas não preenchidas e cada uma adota seu próprio processo de seleção para completar o número de alunos previsto para seus cursos.

A melhor maneira de conseguir uma vaga remanescente é ficar atento ao site da faculdade ou universidade de seu interesse. Muitas delas publicam editais específicos para os candidatos a essas vagas, ou incluem essa informação no próprio Manual do Candidato e Edital do Vestibular.

Veja, a seguir, algumas formas de ingresso na universidade por meio das vagas remanescentes:

Lista de Espera

As instituições que aceitam lista de espera para o preenchimento de vagas remanescentes costumam informar um prazo para os candidatos confirmarem o interesse. Após o resultado do Vestibular, essa lista normalmente é publicada e os interessados devem comparecer à instituição com os documentos necessários para realizar a matrícula. Muitas universidades federais que usam o Sisu como forma de ingresso também têm lista de espera para o preenchimento de vagas.

Enem

Algumas universidades e faculdades usam a nota do Enem como forma de preencher suas vagas remanescentes, sem necessidade de passar pelo vestibular. A instituição publica um prazo para os candidatos, que normalmente precisam preencher um formulário para participar da seleção. É preciso ter feito o Enem, obviamente, e a exigência quanto ao ano em que o candidato fez o Enem varia de acordo com a faculdade. Essa informação pode ser encontrada no site da instituição.

Processo Seletivo

Neste caso, a instituição realiza um novo concurso vestibular que tem como objetivo completar aquelas vagas que não foram preenchidas no processo seletivo principal. O funcionamento é semelhante ao do vestibular tradicional, com data e taxa de inscrição, provas e lista de aprovados. Para saber se a faculdade do seu interesse realiza vestibular para vagas remanescentes, consulte o site da instituição.

Segunda Chamada

Muitas universidades publicam um número de chamadas posteriores ao resultado dos aprovados no Vestibular na medida em que surgem vagas depois dos períodos de matrícula. A ordem das chamadas respeita a classificação dos candidatos, ou seja, se havia 50 vagas para um curso e um dos aprovados não se matriculou por qualquer motivo, a vaga remanescente pode ser preenchida pelo 51o colocado, por exemplo. Algumas instituições chegam a fazer mais de cinco chamadas. As listas de convocados costumam ser publicadas no site da universidade.

Reescolha

O processo de reescolha  oferece vagas remanescentes para aqueles candidatos que perderam a matrícula, não foram convocados para as chamadas anteriores e que não tenham sido desclassificados ou eliminados do Vestibular. O vestibular da Fuvest é um exemplo de processo que permite a reescolha.

Vestibular Agendado

Bastante comum em faculdades privadas, o vestibular agendado não é exatamente um processo exclusivo para preencher vagas remanescentes, mas é uma opção para aqueles candidatos que não passaram ou não fizeram o vestibular tradicional. São provas com data e hora marcada, que podem ser feitas pelo computador ou na própria instituição, dependendo das regras de cada faculdade.