O Sistema de Seleção Unificada (SiSU) é uma das formas de seleção mais utilizadas atualmente. Substituindo o tradicional vestibular em muitas instituições públicas de ensino, o SiSU reúne um grande número de inscritos todos os anos, desde a sua criação, em 2010.

Esse sistema utiliza a nota obtida no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) para selecionar os alunos aptos a ingressar nos cursos de graduação das instituições federais e estaduais brasileiras.

A nota do ENEM utilizada é a do ano anterior, ou seja, os alunos que pretendem concorrer a uma vaga através do SiSU 2013 deverão, obrigatoriamente, ter participado do ENEM 2012.

Cada uma das 5 áreas de conhecimento avaliadas no ENEM (Ciências da Natureza, Ciências Humanas, Linguagens e Códigos, Matemática e Redação) possui um peso diferente de acordo com a instituição e a área desejada. Ou seja, cursos de exatas costumam atribuir um peso maior para a prova de Matemática enquanto que os cursos de Biológicas atribuem esse peso superior para a prova de Ciências da Natureza.

O SiSU acontece em duas edições, uma no começo e outra no meio do ano. A edição do começo do ano oferece um número maior de vagas, já que a maior parte das instituições inicia o seu ano letivo por volta do mês de março.

O SiSU do começo do ano de 2013 ofereceu 129.319 vagas em 101 instituições de ensino, sendo 3.752 cursos de graduação. O Ministério da Educação (MEC) afirmou que, ao todo, foram 3.801.894 inscrições.