Saiba como funciona o sistema de seleção para a universidade que você pode fazer enquanto estiver no ensino médio.

O que é o Processo Seletivo Seriado?

O Processo Seletivo Seriado (PSS), exame seriado ou avaliação seriada é mais uma alternativa - além do vestibular tradicional - para quem quer ingressar na universidade. No PSS, o aluno não precisa fazer o vestibular tradicional, as provas são sequenciais e realizadas a cada ano. São três exames no total, com o conteúdo de cada série do ensino médio, mais pelo menos uma redação.
Nos exames seriados para ingressar na universidade, cada prova avalia somente as matérias que o aluno acabou de estudar.

[Ache os cursos e faculdades ideais para você.]

Funciona assim:
PSS 1: primeira etapa do exame, com conteúdo referente à primeira série do ensino médio.
PSS2: segunda etapa do exame, com conteúdo referente à segunda série do ensino médio (acontece um ano após o PSS1).
PSS3: terceira e última etapa do exame, com conteúdo referente à segunda série do ensino médio (acontece um ano após o PSS2).

Outros nomes do Processo Seletivo Seriado

Muitas universidades que adotam o Processo Seletivo Seriado (PSS) usam nomes diferentes para o mesmo sistema. Portanto, se você pretende começar a preparar sua entrada na faculdade antes mesmo de concluir o terceiro ano do ensino médio, fique atento aos termos usados para o exame seriado.
Entre as instituições que aplicam o PSS em todo o Brasil, podemos encontrar, entre outros, os seguintes termos e siglas:
  • Programa de Avaliação Seriada (PAS)
  • Processo Seletivo Contínuo (PSC)
  • Sistema de Avaliação Seriado (SAS)
  • Programa de Ingresso Seletivo Misto (PISM)
  • Programa de Ingresso por Avaliação Seriada (PIAS)
  • Programa de Avaliação Seriada para Acesso ao Ensino Superior (PAES)
  • Processo Seletivo de Avaliação Seriada (SASI)
  • Programa Alternativo de Ingresso ao Ensino Superior (PAIES) e Programa de Ação Afirmativa de Ingresso no Ensino Superior (PAAES)
  • Programa de Ingresso Seriado (PRISE)
  • Sistema Seriado de Avaliação (SSA)
  • Programa Seriado de Ingresso à Universidade (PSIU)
  • Programa de Avaliação da Vida Escolar (PAVE)
  • Programa Experimental de Ingresso ao Ensino Superior (PEIES)

Quem pode fazer o Processo Seletivo Seriado?

A avaliação seriada está aberta a alunos matriculados no ensino médio. Normalmente o candidato se inscreve para os exames seriados na primeira série do ensino médio e faz uma prova a cada ano, até concluir a terceira série.
Algumas universidades também abrem a possibilidade para alunos do segundo ou do terceiro ano e candidatos que já concluíram o ensino médio, inclusive os que fizeram supletivo. Nesses casos é preciso fazer, na mesma época, os exames correspondentes às séries anteriores. Por exemplo: se você está na terceira série e se inscrever no PSS, terá de fazer também, no mesmo ano, as provas da primeira e da segunda série para completar a nota.

O que cai na prova do exame seriado?

As universidades, tanto públicas como privadas, têm autonomia para desenvolver suas provas, desde que sigam o conteúdo daquela série. No entanto, todas precisam seguir a grade de disciplinas estabelecida pelo Plano Curricular Nacional do Ensino Médio.
O modelo do exame também varia entre as faculdades. Cada prova pode conter questões somente objetivas, somente subjetivas, ou uma combinação das duas. A prova de redação também pode ser feita só na terceira etapa, ou em todas elas. É a também a faculdade que decide o número de questões de cada disciplina.

Para saber exatamente a matéria que cai na prova do PSS que você pretende fazer, bem como o tipo de questões (objetivas, subjetivas ou as duas), consulte o edital do exame, que normalmente é publicado no site da universidade. Algumas universidades, no momento da inscrição para o exame seriado, dão ao candidato uma planilha com todas as disciplinas e matérias que caem nas três provas.

A escolha do curso

Uma das vantagens do Processo Seletivo Seriado é que o candidato que está na primeira série do ensino médio pode se inscrever no exame sem precisar decidir que curso fazer. Ao contrário do vestibular tradicional, cuja inscrição implica necessariamente a opção pelo curso e turno desejados, na avaliação seriada o estudante só precisa decidir o curso na terceira etapa do programa.

Vale lembrar que, em muitas instituições, os alunos com melhor nota nas provas tem prioridade para escolher o curso. Ou seja, quanto melhor for o seu desempenho em todas as provas do PSS, maiores as suas chances de conseguir uma vaga no curso que deseja.

O que fazer para passar na avaliação seriada?

Para passar na avaliação seriada, é importante lembrar que o processo todo dura três anos, e que se o candidato não for tão bem em uma das provas, pode se preparar melhor para a seguinte. Como o conteúdo do exame corresponde à série em que o candidato está, vale fazer um plano de estudo para o ano inteiro, aproveitando para estudar cada disciplina na medida em que for apresentada.
O peso de cada uma das provas pode variar de instituição para instituição. Algumas universidades adotam pesos iguais para os exames das três séries, sendo que o resultado é a média aritmética das três notas, outras atribuem pesos diferentes para cada série, sendo comum que a prova do terceiro ano tenha um peso maior.
Informe-se no site da instituição em que você se inscreveu para o exame seriado e consulte o edital para programar melhor seus estudos.

A quantidade de vagas

O número de vagas abertas para o PSS varia de universidade para universidade. É que cada uma tem autonomia para oferecer a entrada por meio desse tipo de exame. Se você pretende fazer o PSS para entrar na faculdade, consulte o edital publicado no site.

Vantagens do PSS

Entre as vantagens de participar do exame seriado, podemos citar:
- o candidato que estiver na primeira série do ensino médio não precisa fazer a escolher do curso, pode esperar até estar na terceira série,
- o conteúdo das provas é referente à série que o candidato acabou de concluir,
- são três provas, uma a cada ano, o que dá ao candidato a oportunidade de avaliar seu desempenho e preparar-se durante três anos com mais tranquilidade.

Universidades com exame seriado

O número de universidades e faculdades públicas e privadas que oferecem vagas para exames seriados vem crescendo. Veja algumas instituições brasileiras de ensino superior que aplicam o exame seriado como forma de ingresso:
  • Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
  • Universidade Federal da Paraíba (UFPB)
  • Universidade de Brasília (UnB)
  • Universidade de Uberaba (Uniube)
  • Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes)
  • Universidade Federal do Pará (UFPA)
  • Universidade Estadual do Pará (UEPA)
  • Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG)
  • Universidade Federal do Sergipe (UFS)
  • Universidade Estadual de Pernambuco (UPE)
  • Universidade de São Paulo (USP)
  • Universidade Federal de Alagoas (UFAL)
  • Universidade Estadual de Maringá (UEM)
  • Universidade Federal de Lavras (UFLA)
  • Universidade Federal do Piauí (UFPI)
  • Universidade Federal de Pelotas (UFPel)
  • Universidade Federal de Roraima (UFRR)
  • Universidade Estadual de Goiás (UEG)
  • Universidade Federal do Amazonas (UFAM)
  • Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)
  • Universidade Federal dos Vales da Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM)
  • Universidade Federal de São João Del-Rei (UFSJ)
  • Universidade Federal de Uberlândia (UFU)
  • Universidade Federal de Viçosa (UFV)
  • Fundação Armando Álvares Penteado (Faap)

*As informações sobre as universidades que aplicam o Processo Seletivo Seriado foram coletadas nos sites das próprias instituições, em janeiro de 2013.