As provas do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) de 2013 foram aplicadas nos dias 26 e 27 de outubro, às 13h (horário de Brasília). O ENEM é composto por uma prova de 180 questões objetivas e uma prova de Redação. A prova com questões objetivas é divida em quatro áreas com 45 questões cada, sendo aplicadas em dois dias.

No primeiro dia foram aplicadas as provas de Ciências Humanas e suas Tecnologias e Ciências da Natureza e suas Tecnologias; no segundo dia foram aplicadas as provas de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e Matemática e suas Tecnologias. A prova de Redação foi aplicada, também, no segundo dia. No primeiro dia a prova tem duração de 4 horas e 30 minutos, já no segundo dia há acréscimo de uma hora, resultando em 5 horas e 30 minutos para resolvê-la.

A expectativa do Ministério da Educação (MEC) para esta edição foi alcançar cerca de 6 milhões de inscritos, no entanto o valor foi facilmente superado e, ao todo, foram registradas mais de 7,1 milhões de inscritos. Número é 24% maior que a edição do ENEM 2012.

Resultado

O resultado do ENEM 2013 está programado para ser disponibilizado na primeira semana de janeiro de 2014, estará disponível no site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Para ter acesso a essas notas, o candidato precisa inserir o número de inscrição ou o CPF e a senha. Na última edição o resultado foi divulgado em 28 de dezembro. O número de inscrição no ENEM vem impresso no cartão de confirmação, enviado pelos Correios aos participantes.

O Boletim Individual conta com as notas das provas separadas das quatro áreas do conhecimento e da Redação. A nota final é a média aritmética das cinco notas, porém, algumas instituições utilizam pesos diferentes para cada área em relação ao curso desejado e por isso pode haver alguma divergência.

Em relação à prova de redação, caso haja alguma dúvida quanto à nota alcançada, é possível acessar a correção realizada pelos corretores e sua nota em cada requisito avaliativo, exclusivamente para fins pedagógicos.

Utilidade

Com a nota do ENEM é possível participar de diversos processos de seleção, seja para o ensino superior público, por meio do Sistema de Seleção Unificada (SiSU), ou privado, pelo Programa Universidade Para Todos (Prouni), conseguir algum tipo de financiamento concedido pelo governo federal pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), ou ainda ingressar em cursos de nível técnico pelo Sistema de Seleção Unificada do Ensino Técnico e Profissional (Sisutec). É possível ainda obter o certificado de conclusão do ensino médio, desde que tenha 18 anos ou mais.