1.

Quotes of the Day

Friday, Sep. 02, 2011
“There probably was a shortage of not just respect and boundaries but also love. But you do need, when they cross the line and break the law, to be very tough.” British Prime Minister DAVID CAMERON, arguing that those involved in the recent riots in England need “tough love” as he vows to “get to grips” with the country’s problem families.

Disponível em: www.time.com. Acesso em: 5 nov. 2011 (adaptado).
A respeito dos tumultos causados na Inglaterra em agosto de 2011, as palavras de alerta de David Cameron têm como foco principal:

Resposta: letra D. A expressão “tough love”, no trecho: “British Prime Minister David Cameron, arguing that those involved in the recent riots in England need “tough love”, signi ca amor com rmeza, com limites.
  • a) enfatizar a discriminação contra os jovens britânicos e suas famílias.
  • b) criticar as ações agressivas demonstradas nos tumultos pelos jovens.
  • c) estabelecer relação entre a falta de limites dos jovens e o excesso de amor.
  • d) reforçar a ideia de que os jovens precisam de amor, mas também de firmeza.
  • e) descrever o tipo de amor que gera problemas às famílias de jovens britânicos.
2.

2. I, tôo
I, too, sing America.?
I am the darker brother.
They send me to eat in the kitchen
When company comes,
But I laugh,
And eat well,
And grow strong.
Tomorrow,
I’ll be at the table
When company comes.
Nobody’ll dare
Say to me,
“Eat in the kitchen,”
Then.
Besides,
They’ll see how beautiful I a
And be ashamed
I, too, am America.

HUGHES, L. In: RAMPERSAD, A.; ROESSEL, D. (Ed.) The collected poems of Langston Hughes. New York: Knopf, 1994.

Langston Hughes foi um poeta negro americano que viveu no século XX e escreveu I, too em 1932. No poema, a personagem descreve uma prática racista que provoca nela um sentimento de:

Resposta: letra A. O poema diz:
Eu, também, canto a América
Eu sou o irmão de pele mais escura.
Eles mandam que eu coma na cozinha
Quando há visitas,
Mas eu dou risada,
E como bem,
E cresço forte.
Amanhã,
Eu estarei à mesa
Quando houver visita.
Ninguém ousará
Dizer para mim,
“Coma na cozinha”, Então.
Além disso,
Eles verão como eu sou bonito
E carão envergonhados.
Eu, também, sou a América.
  • a) coragem, pela superação.
  • b) vergonha, pelo retraimento.
  • c) compreensão, pela aceitação.
  • d) superioridade, pela arrogância.
  • e) resignação, pela submissão.
3. Do one thing for diversity and inclusion

The United Nations Alliance of Civilizations (UNAOC) is launching a campaign aimed at engaging people around the world to Do One Thing to support Cultural Diversity and Inclusion. Every one of us can do ONE thing for diversity and inclusion; even one very little thing can become a global action if we take part in it.

Simple things YOU can do to celebrate the World Day for Cultural Diversity for Dialogue and Development on May 21.

1. Visit an art exhibit or a museum dedicated to other cultures.
2. Read about the great thinkers of other cultures.
3. Visit a place of worship different than yours and participate in the celebration.
4. Spread your own culture around the world and learn about other cultures.
5. Explore music of a different culture.

There are thousands of things that you can do, are you taking part in it?

UNITED NATIONS ALLIANCE OF CIVILIZATIONS. Disponível em: www.unaoc.org. Acesso em: 16 fev. 2013 (adaptado).

Internautas costumam manifestar suas opiniões sobre artigos on-line por meio da postagem de comentários. O comentário que exemplifica o engajamento proposto na quarta dica da campanha apresentada no texto é:

Resposta: letra C. A quarta dica da campanha apresentada no texto afirma : “Spread your own culture around the world and learn about other cultures”, cuja tradução é “Espalhe a sua própria cultura ao redor do mundo e aprenda sobre outras culturas”.
  • a) “Lá na minha escola, aprendi a jogar capoeira para uma apresentação no Dia da Consciência Negra.”
  • b) “Outro dia assisti na TV uma reportagem sobre respeito à diversidade. Gente de todos os tipos, várias tribos. Curti bastante.”
  • c) “Eu me inscrevi no Programa Jovens Embaixadores para mostrar o que tem de bom em meu país e conhecer outras formar de ser.”
  • d) “Curto muito bater papo na internet. Meus amigos estrangeiros me ajudam a aperfeiçoar minha proficiência em língua estrangeira.”
  • e) “Pesquisei em sites de culinária e preparei uma festa árabe para uns amigos da escola. Eles adoraram, principalmente, os doces!”
4. After prison blaze kills hundreds in Honduras, UN warns on overcrowding
15 February 2012
A United Nations human rights official today called on Latin American countries to tackle the problem of prison overcrowding in the wake of an overnight fire at a jail in Honduras that killed hundreds of inmates. More than 300 prisoners are reported to have died in the blaze at the prison, located north of the capital, Tegucigalpa, with dozens of others still missing and presumed dead. Antonio Maldonado, human rights adviser for the UN system in Honduras, told UN Radio today that overcrowding may have contributed to the death toll. “But we have to wait until a thorough investigation is conducted so we can reach a precise cause,” he said. “But of course there is a problem of overcrowding in the prison system, not only in this country, but also in many other prisons in Latin America.”
Disponível em: www.un.org. Acesso em: 22 fev. 2012 (adaptado).
Os noticiários destacam acontecimentos diários, que são veiculados em jornal impresso, rádio, televisão e internet. Nesse texto, o acontecimento reportado é a:
Resposta: letra A. O principal acontecimento relatado no texto é a ocorrência de um incêndio em um presídio super -lotado em Honduras. Lê-se no texto: “More than 300 prisoners are reported to have died in the blaze at the prison, located north of the capital, Tegucigalpa...”
• Blaze: incêndio
• Pioneer: pioneiro
• To pave the way: abrir caminho
  • a) ocorrência de um incêndio em um presídio superlotado em Honduras.
  • b) questão da superlotação nos presídios em Honduras e na América Latina.
  • c) investigação da morte de um oficial das Nações Unidas em visita a um presídio.
  • d) conclusão do relatório sobre a morte de mais de trezentos detentos em Honduras.
  • e) causa da morte de doze detentos em um presídio superlotado ao norte de Honduras.
5. Steve Jobs: A Life Remembered 1955-2011
Readersdigest.ca takes a look back at Steve Jobs, and his contribution to our digital world. CEO. Tech-Guru. Artist. There are few corporate figures as famous and well-regarded as former-Apple CEO Steve Jobs. His list of achievements is staggering, and his contribution to modern technology, digital media, and indeed the world as a whole, cannot be downplayed. With his passing on October 5, 2011, readersdigest.ca looks back at some of his greatest achievements, and pays our respects to a digital pioneer who helped pave the way for a generation of technology, and possibilities, few could have imagined.
Disponível em: www.readersdigest.ca. Acesso em: 25 fev. 2012.
Informações sobre pessoas famosas são recorrentes na mídia, divulgadas de forma impressa ou virtualmente. Em relação a Steve Jobs, esse texto propõe:
Resposta: letra C. Em relação a Steve Jobs, esse texto propõe enaltecer sua contribuição para o mundo digital. Lê-se no texto: “With his passing on October 5, 2011, readersdigest.ca looks back at some of his greatest achievements, and pays our respect to a digital achievements who helped pave the way for a generation of technology …”.
• Achievements: realizações
  • a) expor as maiores consquistas da sua empresa.
  • b) descrever suas criações na área da tecnologia.
  • c) enaltecer sua contribuição para o mundo digital.
  • d) lamentar sua ausência na criação de novas tecnologias.
  • e) discutir o impacto de seu trabalho para a geração digital.
6. National Geographic News
Christine Dell’Amore
Published April 26, 2010
Our bodies produce a small but steady amount of natural morphine, a new study suggests. Traces of the chemical are often found in mouse and human urine, leading scientists to wonder whether the drug is being made naturally or being delivered by something the subjects consumed. The new research shows that mice produce the “incredible painkiller” — and that humans and other mammals possess the same chemical road map for making it, said study co-author Meinhart Zenk, who studies plant-based pharmaceuticals at the Donald Danforth Plant Science Center in St. Louis, Missouri.
Disponível em: www.nationalgeographic.com. Acesso em: 27 jul. 2010.
Ao ler a matéria publicada na National Geographic, para a realização de um trabalho escolar, um estudante descobriu que:
Resposta: letra B. Encontra-se a resposta no seguinte trecho do texto: “The new research shows that mice produce the ‘incredible painkiller’ – and that humans and other mammals possess the same chemical road map for making it, …”.
  • a) os compostos químicos da morfina, produzidos por humanos, são manipulados no Missouri.
  • b) os ratos e os humanos possuem a mesma via metabólica para produção de morfina.
  • c) a produção de morfina em grande quantidade minimiza a dor em ratos e humanos.
  • d) os seres humanos têm uma predisposição genética para inibir a dor.
  • e) a produção de morfina é um traço incomum entre os animais.
7. Aproveitando-se de seu status social e da possível influência sobre seus fãs, o famoso músico Jimi Hendrix associa, em seu texto, os termos love, power e peace para justificar sua opinião de que:
Resposta: letra B. Em sua citação, Jimi Hendrix explica que o poder do amor deve superar (overcome) o amor pelo poder.
  • a) a paz tem o poder de aumentar o amor entre os homens.
  • b) o amor pelo poder deve ser menor do que o poder do amor.
  • c) o poder deve ser compartilhado entre aqueles que se amam.
  • d) o amor pelo poder é capaz de desunir cada vez mais as pessoas.
  • e) a paz será alcançada quando a busca pelo poder deixar de existir.
8.
Cartuns são produzidos com o intuito de satirizar comportamentos humanos e assim oportunizam a reflexão sobre nossos próprios comportamentos e atitudes. Nesse cartum, a linguagem utilizada pelos personagens em uma conversa em inglês evidencia a:
Resposta: letra B. O cartum apresenta um diálogo entre homens que usam variedades do idioma, e nenhum está disposto a aceitar o modo como o outro se comunica. O primeiro, que abusa da linguagem oral, não percebe seus próprios erros gramaticais, e o 2, corrige o 1, apontando seus erros e parecendo não reconhecer a variação do idioma.
  • a) predominância do uso da linguagem informal sobre a língua padrão.
  • b) dificuldade de reconhecer a existência de diferentes usos da linguagem.
  • c) aceitação dos regionalismos utilizados por pessoas de diferentes lugares.
  • d) necessidade de estudo da língua inglesa por parte dos personagens.
  • e) facilidade de compreensão entre falantes com sotaques distintos.