Só de falar em Sisu já dá um certo arrepio. O processo seletivo que usa a nota do Enem para distribuir vagas em universidades públicas em todo o país tem se tornado cada vez mais concorrido e difícil de entrar!

Aqui, o critério de seleção é somente o desempenho no Enem mais recente – para se inscrever é preciso apenas ter nota acima de zero na redação, não há limites de renda para participar. Quanto mais alta a pontuação no Exame, maiores as chances de conseguir uma vaga pelo Sisu. Sabendo disso, os candidatos estão caprichando nos estudos e obtendo desempenhos cada vez mais surpreendentes no Enem.

É por isso que hoje, em certas universidades, para passar em cursos mais disputados – como Medicina e Engenharia, por exemplo – é preciso apresentar acima de 850 pontos!

Ainda bem que nem só de notas estratosféricas vive o Sisu.

Tem muita vaga dando sopa por aí, exigindo pontuação bastante inferior às notas de corte dos cursos mais concorridos. Para descobrir quais são, basta ficar ligado a seguir. Vamos contar quais são os cursos mais fáceis do Sisu!


Quais são os cursos mais fáceis do Sisu?

No Sisu, o que define se um curso é fácil ou difícil de entrar é a relação entre o número de vagas ofertadas, o grau de interesse que a graduação desperta nos candidatos e o desempenho de quem concorre a essas vagas.

Se o número de vagas for relativamente pequeno, o desempenho dos alunos for bom e o interesse for grande, isso normalmente gera uma nota de corte nas alturas. É o caso de Medicina, por exemplo, que chega a ter notas de corte acima de 900!

Mas existem cursos que, embora sejam muito procurados, como Direito e Administração, têm oferta de vagas bem maior do que a de Medicina. Como resultado, há grande variação entre as notas de corte – normalmente ficam muito altas em instituições mais conceituadas e mais baixas nas demais.

Existem, ainda, aqueles cursos que têm uma oferta razoável de vagas e são menos visados – e esses sim são os mais fáceis de entrar mesmo.

Neles, dá para passar com pouco mais de 500 pontos no Enem. Para você ter uma ideia, a nota de corte média para conseguir vaga na maioria dos cursos do Sisu é de 660 pontos, aproximadamente.

Veja quais foram os 45 cursos mais fáceis de entrar nas últimas edições desse processo seletivo:

Cursos do Sisu com nota de corte de até 540 pontos

• Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia – Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA)
• Gestão Ambiental – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul-Rio-Grandense (IFSUL)
• Produção de Grãos – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Farroupilha (IFFARROUPILHA)
• Ciências Exatas – Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA)
• Física – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí (IFPI)
• Letras – Português e Espanhol – Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA)
• Ciências Naturais e Matemática-Física – Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT)
• Produção Sucroalcooleira – Universidade Estadual do Mato Grosso do Sul (UEMS)
• Ciências da Natureza – Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA)
• Matemática – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Farroupilha (IFFARROUPILHA)
• Computação – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Farroupilha (IFFARROUPILHA)
• Gestão de Turismo – Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA)
• Gestão Ambiental – Universidade Estadual do Mato Grosso do Sul (UEMS)
• Ciências da Natureza – Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF)
• Gestão de Cooperativas – Universidade Federal do Tocantins (UFT)

Cursos do Sisu com nota de corte de até 600 pontos

• Pedagogia – Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP)
• Gestão da Tecnologia da Informação – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Goiano (IF GOIANO)
• Gestão em Logística – Universidade de Pernambuco (UPE)
• Agronomia – Universidade Federal da Paraíba (UFPB)
• Ciências Contábeis – Universidade do Estado de Mato Grosso (UNEMAT)
• Análise e Desenvolvimento de Sistemas – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo (IFES)
• Letras – Português – Universidade Estadual de Montes Claros (UNIMONTES)
• Alimentos – Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
• Zootecnia – Universidade Federal de Roraima (UFRR)
• Engenharia Florestal – Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA)
• Gestão de Recursos Humanos – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amapá (IFAP)
• Educação Física – Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN)
• Turismo – Universidade Estadual do Piauí (UESPI)
• Engenharia de Biossistemas – Universidade Federal de Campina Grande (UFCG)
• Ciências Agrícolas – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Catarinense (IF CATARINENSE)

 Cursos do Sisu com nota de corte de até 630 pontos

• Química – Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM)
• Administração – Universidade Federal do Tocantins (UFT)
• Filosofia – Universidade Federal da Integração Latino-Americana (UNILA)
• Pedagogia – Universidade Federal de Uberlândia (UFU)
• Filosofia – Universidade Federal do Maranhão(UFMA)
• Engenharia Têxtil – Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR)
• Engenharia Florestal – Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE)
• Química – Fundação Universidade Federal do Rio Grande (FURG)
• Biblioteconomia – Universidade Estadual de Londrina (UEL)
• Matemática – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro (IFRJ)
• Ciências Biológicas – Universidade Federal de Alagoas (UFAL)
• Gestão de Políticas Públicas – Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN)
• Ciências Contábeis – Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA)
• Design de Moda – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS)
• Radialismo – Universidade Federal da Paraíba (UFPB)

Os cursos mais fáceis em outros processos seletivos

Existem outros processos seletivos que usam a nota do Enem como critério para selecionar novos alunos. Conheça os dois principais:

ProUni (Programa Universidade para Todos)
O ProUni oferece bolsas de estudo integrais e parciais em instituições particulares de todo o Brasil. Para concorrer é obrigatório apresentar pelo menos 450 pontos na média das provas e nota acima de zero na redação do Enem mais recente.

O Ministério da Educação também exige que o candidato ao ProUni se encaixe em certos critérios de escolaridade e renda familiar.

A disputa aqui também é bastante acirrada, mas existem sempre aqueles cursos onde é possível entrar com a nota próxima ao mínimo exigido.

Veja a relação de alguns dos cursos mais fáceis de entrar (com nota de 450 pontos ou pouco acima disso) pelo ProUni em faculdades bem conceituadas pelo MEC que escolhemos a dedo:

1. Gestão de Recursos Humanos - Universidade Estácio de Sá (UNESA) 
2. Análise e Desenvolvimento de Sistemas - Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL)
3. Engenharia Mecânica - Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA) 
4. Administração - Centro Universitário UNISEB (UNISEB-Estácio)
5. Ciência da Computação - Universidade Cidade de São Paulo (UNICID)
6. Marketing - Universidade de Franca (UNIFRAN) 
7. Processos Gerenciais - Universidade Norte do Paraná (UNOPAR) 
8. Enfermagem - Centro Universitário do Distrito Federal (UDF)
9. Educação Física - Faculdade Pitágoras (PITÁGORAS) – em Minas Gerais
10. Gestão de Recursos Humanos - Faculdade Unime (UNIME) – na Bahia

FIES (Fundo de Financiamento Estudantil)
Com o FIES o estudante pode financiar o curso superior a juros baixos e prazo longo para quitar a dívida. É uma boa facilidade para quem não pode mais adiar o sonho de fazer uma faculdade mas está com a grana curta no momento.

No FIES a nota mínima para participar do processo seletivo é igual à do ProUni: 450 pontos na média das provas e nota acima de zero na redação. A diferença aqui é que o candidato pode usar qualquer edição do Enem a partir de 2010.

Também é preciso atender às exigências de renda familiar máxima.

Embora o programa esteja cada vez mais restrito, o que faz com que as notas para conseguir vaga subam bastante, ainda dá para financiar algumas graduações com a nota mínima.

Confira alguns exemplos recentes de cursos com nota de corte de 450 pontos ou um pouco acima disso para conseguir o FIES em faculdades bem conceituadas junto ao MEC:

Ainda não deu? Veja outra alternativa para entrar no curso desejado
Se o seu desempenho no Enem não foi lá essas coisas, não desanime. O que não falta é opção para entrar na faculdade.

Existe um processo seletivo que é mais simples que o Sisu, o ProUni ou o FIES e está se tornando bastante popular nas faculdades particulares de todo o país (ainda bem!).

Estamos falando de uma modalidade chamada “ingresso direto”. Com ela, basta apresentar a nota do Enem e, caso tenha obtido a nota mínima necessária (que nunca é tão alta quanto a dos outros processos), já pode fazer a matrícula e garantir a vaga. Essa facilidade vale tanto para cursos presenciais como a distância e geralmente sai de graça para o estudante.


Veja também:
Que nota preciso tirar no Enem para passar no Sisu?

 
O que achou dos cursos mais fáceis do Sisu? A lista está dentro daquilo que você esperava? Conte para a gente aqui nos comentários!