A faculdade de Farmácia possui a habilitação em bacharelado, tem duração média de cinco anos e pode ser cursada nas modalidades presencial e a distância.

O farmacêutico estuda a composição e os processos produtivos de medicamentos, cosméticos, produtos de higiene pessoal e também de alimentos industrializados.

Ele observa as reações que determinados componentes exercem em nosso organismo e é capaz de manipular fórmulas de remédios.

Para exercer a profissão, o farmacêutico deverá possuir o diploma de bacharelado em Farmácia em curso reconhecido pelo MEC e obter o registro junto ao Conselho Regional de Farmácia (CRF) de seu estado.

Descubra mais sobre a faculdade de Farmácia, saiba o que se estuda, onde cursar esta graduação e como está o mercado de trabalho para um farmacêutico!

Sobre a faculdade de Farmácia

A faculdade de Farmácia tem como objetivo formar profissionais capacitados a produzirem medicamentos e cosméticos em qualquer escala.

A matriz curricular do curso conta com várias disciplinas nas áreas de Química, Ciências Biológicas e da Saúde, como por exemplo: Microbiologia, Anatomia, Genética, Bioquímica, Química Orgânica, etc.

Além das disciplinas generalistas, a faculdade possui disciplinas mais específicas da prática da profissão, tais como: Controle de Qualidade de Medicamentos, Tecnologia de Alimentos, Assistência Farmacêutica e Cosmetologia, entre outras.

Na faculdade de Farmácia encontramos também algumas disciplinas práticas, ministradas em laboratórios, onde o estudante tem a oportunidade de realizar exames hematológicos e citológicos, fazer análises toxicológicas e preparar fórmulas de medicamentos e cosméticos.

Todas as disciplinas são organizadas de forma a propiciar ao estudante uma formação voltada à prevenção, promoção e recuperação da saúde humana.

Dentre as práticas que o estudante aprende durante a faculdade de Farmácia, citamos algumas:

  • Identificar as reações que determinadas substâncias exercem em nosso organismo.
  • Examinar e testar novos componentes e princípios ativos.
  • Analisar a composição e controlar a qualidade de alimentos industrializados.
  • Formular cosméticos e produtos de higiene.
  • Preparar medicamentos personalizados.

Ao final da faculdade de Farmácia, o aluno deverá realizar um estágio supervisionado na área. Algumas instituições exigem também um Trabalho de Conclusão de Curso (TCC).

Onde estudar Farmácia

Existem cerca de 400 instituições de ensino, credenciadas pelo MEC e em atividade, que oferecem a graduação em Farmácia.

Confira algumas das principais faculdades de Farmácia:


Perfil do profissional formado em Farmácia

O profissional formado em Farmácia deve ser humanista e ter consciência que suas ações podem interferir na saúde de muitas pessoas.
Gostar de Biologia e ter alguma aptidão em Ciências Exatas ajuda bastante o estudante durante a faculdade.
Outras características importantes deste profissional são a curiosidade, a vontade de fazer novos experimentos, descobrir novas substâncias e realizar estudos com substâncias já existentes.

Grade curricular do curso de Farmácia

A estrutura curricular da faculdade de Farmácia depende da instituição de ensino que oferece o curso.
De modo geral, encontramos as seguintes disciplinas na faculdade de Farmácia:
  • Análise Instrumental
  • Anatomia Humana
  • Assistência Farmacêutica
  • Bioestatística
  • Biologia Celular e Tecidual
  • Bioquímica Clínica
  • Biossegurança e Primeiros Socorros
  • Controle de Qualidade de Produtos Farmacêuticos
  • Cosmetologia
  • Ética e Legislação Farmacêutica
  • Farmácia Homeopática
  • Farmácia Hospitalar
  • Farmacologia
  • Farmacotécnica
  • Física
  • Físico-Química
  • Fisiologia Humana
  • Genética Humana
  • Gestão em Saúde
  • Hematologia e Citologia Clínica
  • Imunologia Geral e Clínica
  • Matemática
  • Microbiologia
  • Parasitologia Geral e Clínica
  • Patologia
  • Psicologia em Saúde
  • Química
  • Saúde Pública e Farmacoepidemiologia
  • Síntese de Fármacos
  • Tecnologia de Alimentos
  • Tecnologia Farmacêutica
  • Toxicologia

Mercado de trabalho para quem faz Farmácia

O mercado de trabalho para profissionais formados em Farmácia está bastante aquecido. Segundo dados do Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada (Ipea), Farmácia é uma das áreas com maior taxa de ocupação: 94,3% dos farmacêuticos do país estão empregados.

O farmacêutico pode trabalhar em farmácias e drogarias, que por lei devem ter em seus quadros de funcionários um profissional de Farmácia como responsável técnico.
Ele também encontra oportunidades de emprego em:

  • Hospitais
  • Laboratórios de análises clínicas
  • Indústrias de medicamentos, cosméticos ou alimentos
  • Institutos de pesquisa
  • Saúde Pública
  • Vigilância Sanitária

Outra opção para este profissional é seguir a carreira acadêmica, ministrando aulas para faculdades da área da saúde.

Além de trabalhar em farmácias, cuidar da qualidade de medicamentos e alimentos e combater remédios falsificados, existem mais de 70 áreas de atuação para um farmacêutico. Confira algumas:

  • Acupuntura – Realiza a prática de acupuntura em clínicas.
  • Auditoria Farmacêutica – Verifica se a indústria farmacêutica está dentro das normas.
  • Banco de Sangue – Coleta e realiza testes no sangue.
  • Banco de Órgãos – Atua na conservação dos órgãos para doação e realiza testes e análises.
  • Controle de Pragas Urbanas – Estabelece uma rotina para exterminar uma determinada praga.
  • Farmácia Veterinária – Produz medicamentos específicos para animais.
  • Fitoterapia – Utiliza medicamentos fitoterápicos na cura de doenças.
  • Gerenciamento de Resíduos dos Serviços de Saúde – Cuida dos materiais descartados para que não contaminem o meio ambiente.
  • Parasitologia Clínica – Identifica parasitas.
  • Toxicologia Forense – Investiga overdoses e mortes por decorrência de produtos químicos.

Veja também:
Melhores Faculdades de Farmácia do Brasil

Você gostaria de cursar uma faculdade de Farmácia? Conte para a gente aqui nos comentários!