O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) já é parte da vida dos estudantes brasileiros. Considerado o maior vestibular do País, o Exame nasceu para avaliar a qualidade do ensino, mas ganhou importância nos últimos anos.

Atualmente, é difícil encontrar um aspirante a universitário que não se preocupe com a nota do Enem. Ela serve como critério para entrar em universidades públicas e privadas, conseguir bolsas de estudos e até mesmo financiar a faculdade particular.

Todo ano, milhões de brasileiros se inscrevem para passar dois dias fazendo as provas e em 2016 não deve ser diferente! Se você é um deles, confira a seguir o guia que preparamos e descubra tudo o que você precisa saber sobre o Enem 2016!

Por que fazer o Enem 2016?

As pessoas fazem o Enem por motivos variados, mas a maioria está ligada à vida universitária e ao sonho de seguir uma carreira de nível superior para melhorar de vida.

Veja o que você pode fazer com a sua nota do Enem 2016:

  • Tentar uma bolsa do ProUni em 2017: O Programa Universidade para Todos usa a nota do Enem do ano anterior para classificar candidatos a bolsas de estudos em universidades privadas de todo o Brasil. São duas edições por ano, no primeiro e no segundo semestre. Quem fizer o Enem 2016 e se encaixar nos demais requisitos do Programa (renda, escolaridade, etc.) poderá tentar uma bolsa do ProUni em 2017. A nota mínima para se inscrever é de 450 pontos nas provas objetivas e nota maior do que zero na redação.

  • Tentar entrar na universidade pública pelo Sisu em 2017: o Sistema de Seleção Unificada usa o desempenho do Enem do ano anterior para selecionar candidatos a vagas em universidades públicas sem a necessidade de fazer vestibular. Cada vez mais instituições de renome estão aderindo a esse programa, que não tem limites de renda para participar. Quem fizer o Enem 2016 poderá se candidatar a uma vaga do Sisu em 2017. São duas edições por ano: no primeiro e no segundo semestre. A nota mínima para se inscrever varia de acordo com o curso e universidade participante.

  • Candidatar-se a um financiamento estudantil pelo FIES: as regras do FIES mudaram recentemente. Além de ter feito o Enem, é obrigatório apresentar um desempenho mínimo de 450 pontos nas provas objetivas e nota maior do que zero na redação. A regra vale para quem se formou no ensino médio a partir de 2010. É necessário também cumprir os demais requisitos do programa, como não ter diploma de nível superior e ter renda familiar bruta mensal de no máximo 2,5 salários mínimos por pessoa.

Quem pode fazer o Enem 2016?

A participação no Enem é aberta a todos os interessados. Não existe limite de idade e não é obrigatório estar matriculado em uma escola regular para fazer a prova.

A organização do Enem prevê, inclusive, situações de atendimento especial para pessoas portadoras de deficiência, idosos, gestantes e lactantes (mulheres que precisem amamentar seus bebês). Presos também podem fazer o Enem, mas o processo segue um calendário diferente de inscrições e provas.

Quando abrem as inscrições do Enem 2016?

As inscrições para o Enem 2016 abrem no dia 9 de maio e encerram no dia 20 de maio.

Precisa pagar para fazer o Enem 2016?

Depende. O Enem tem uma taxa de inscrição, cujo valor será divulgado no edital do Exame. Em 2016, a taxa é de R$ 68,00. No entanto, nem todo mundo precisa pagar o boleto.

Os alunos do terceiro ano do ensino médio de escolas públicas estão automaticamente isentos, ou seja, não precisam pagar a taxa de inscrição do Enem. Já estudantes de baixa renda que não estiverem matriculados na escola pública podem pedir isenção da taxa ao fazerem sua inscrição.

Como vai ser a prova do Enem 2016?

O Enem 2016 não deve ser diferente das edições anteriores. São 180 questões objetivas, divididas entre 4 áreas do conhecimento, e uma redação. As provas acontecem durante dois dias, sábado e domingo:

Primeiro dia do Enem 2016 – 5 de novembro - Sábado

  • 45 questões de Ciências da Natureza e suas Tecnologias
  • 45 questões de Ciências Humanas e suas Tecnologias
Duração: 4 horas e 30 minutos.
 
Segundo dia do Enem 2016 – 6 de novembro - Domingo
  • 45 questões de Matemática e suas Tecnologias
  • 45 questões de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias
  • Redação
Duração: 5 horas e 30 minutos.


Qual será o tema da redação do Enem 2016?

O tema da redação é dos segredos mais bem guardados e será revelado somente no segundo dia do Enem, no momento em que os participantes abrirem o caderno de prova.

Historicamente, são cobrados temas da atualidade que tenham algum impacto político ou social e que permitam a apresentação de um ponto de vista, a exposição de argumentos para defender esse ponto de vista e a elaboração de uma proposta de intervenção social para a questão.


Quando é a prova do Enem 2016?

O Ministério da Educação já divulgou as datas do exame: 5 e 6 de novembro. Até lá tem bastante tempo para estudar!

Quais os locais de prova do Enem 2016?

O Enem acontece em mais de mil cidades de todo o Brasil. Ao fazer a sua inscrição, você poderá consultar a lista de todos os locais onde será possível fazer a prova do Enem.

Algumas semanas antes do Exame, quando forem liberados os cartões de confirmação, você saberá o endereço exato e a sala onde vai fazer sua prova do Enem.

Quando sai o resultado do Enem 2016?

O resultado do Enem sai no dia 19 de janeiro de 2017.


Veja também:
Como usar a nota do Enem para entrar na faculdade

Pretende fazer o Enem em 2016? Já começou a se preparar? Conte para a gente aqui nos comentários!