Entrar em uma universidade pública é o sonho de muita gente. Desde 2010, uma das possibilidades de ingresso é participar do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que preenche vagas em instituições públicas de ensino superior usando como critério o desempenho no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Quem passa no Sisu se livra do vestibular! O sistema é totalmente informatizado, as inscrições são feitas pela internet e há vagas em mais de cem universidades espalhadas por todo o Brasil.

Em 2017, serão duas edições: uma em janeiro, logo após a divulgação do resultado do Enem, e outra no meio do ano (junho ou julho, em data a ser definida).

Veja a seguir como funcionam as inscrições para o Sisu 2017. Entenda os requisitos mínimos, confira o cronograma e saiba como se candidatar a uma vaga!

Quem pode participar do Sisu 2017?

Para participar do Sisu 2017 é obrigatório ter feito o Enem 2016, com nota acima de zero na prova de redação.
O Sisu não tem limite de renda para participar. A seleção é aberta a todos que cumprirem o requisito de participação e nota do Enem, independentemente da condição socioeconômica, tipo de escola onde fez o ensino médio (pública ou privada) e idade.

Qual nota é preciso ter no Enem para se inscrever no Sisu 2017?

A inscrição no Sisu 2017 exige apenas não ter zerado na redação do Enem 2016. No entanto, as universidades podem exigir um desempenho mínimo no Exame para concorrer às suas vagas. A nota pode variar de acordo com o curso.

A informação da nota mínima aparece para o candidato no momento em que ele seleciona determinado curso. O sistema recupera automaticamente a pontuação do Enem e avisa se o participante atende ou não ao requisito para concorrer àquela vaga.

Quando posso me inscrever no Sisu 2017?

O Sisu tem duas edições por ano, sempre no início de cada semestre.

A primeira edição do Sisu 2017 acontece em janeiro. É preciso ficar de olho bem aberto para não perder as datas. As inscrições abrem no dia 24 (terça-feira) e encerram no dia 27 (sexta-feira). O resultado já sai na segunda, dia 30.

A segunda edição do Sisu 2017 deve abrir inscrições em junho ou julho. Assim que o MEC definir o cronograma, vamos avisar por aqui.

A inscrição de janeiro no Sisu 2017 vale para junho também?

Não. As edições do Sisu são independentes. Se você se inscrever para a primeira edição e não passar, terá que se inscrever novamente para participar do processo seletivo do meio do ano. As condições são as mesmas: ter feito o Enem 2016 e não ter zerado na redação.

Como funciona a inscrição para o Sisu 2017?

As inscrições do Sisu só podem ser feitas pela internet, no site oficial do processo seletivo. Assim que abrirem as inscrições, faça o seguinte:
1. Acesse o site do Sisu.
2. Informe o número de inscrição e senha do Enem 2016. Se você não lembra dessas informações, poderá recuperar os dados no site do Enem.
3. Confira todos os dados apresentados na tela, principalmente suas informações de contato (e-mail e telefone). Caso alguma destas informações tenha mudado ou esteja incorreta, você poderá fazer as alterações necessárias.
4. Faça uma busca pelas vagas oferecidas, escolha sua primeira opção de curso, faculdade, campus e turno e verifique se atende ao requisito de nota mínima.
5. Escolha a modalidade de concorrência: “ampla concorrência” ou “ações afirmativas” (cotas). Cada universidade pode ter políticas afirmativas diferentes (ex.: afrodescendentes, egressos de escolas públicas, indígenas, etc.). Verifique se você cumpre as exigências para concorrer como cotista e selecione a opção correspondente.
6. Selecione sua segunda opção de curso, universidade, campus, turno e modalidade de concorrência.
7. Confira os dados e confirme sua inscrição.
Enquanto durarem as inscrições, você pode modificar suas opções de curso quantas vezes quiser. Para fazer a seleção final, o Sisu vai considerar a última informação que você salvou no sistema.
Atenção: o período de inscrições do Sisu dura apenas poucos dias. Não deixe para a última hora!

Quanto custa a inscrição do Sisu 2017?

A inscrição do Sisu é gratuita.

Qual nota preciso ter no Enem para passar no Sisu 2017?

Depende de sua opção de curso, universidade, campus, turno e modalidade de concorrência. Você só vai concorrer com os participantes que fizeram exatamente as mesmas escolhas.

A nota para passar no Sisu varia entre as edições e é calculada em função do desempenho no Enem dos candidatos que se inscreveram para a mesma vaga que você – com opções idênticas de faculdade, unidade, curso, turno e modalidade de concorrência.

Durante o período de inscrições, o Sisu divulga as notas de corte parciais – nota mínima para passar naquela opção de curso até o momento. Vale muito a pena consultar essa informação e, se for o caso, mudar suas escolhas até encontrar uma em que sua nota do Enem ofereça mais chances de passar.

A nota de corte final só é divulgada após o resultado do Sisu. O que se sabe, no entanto, é que a concorrência é feroz!

Em edições recentes, a maioria dos cursos exigiu pelo menos 600 pontos para conquistar uma vaga. Algumas engenharias, Medicina e Direito em universidades muito procuradas, por exemplo, tiveram nota de corte acima de 800 pontos.

Aqui não tem segredo. Quanto maior a nota do Enem, maior a probabilidade de conquistar vaga em universidade pública pelo Sisu!

O que fazer se eu não passar no Sisu 2017?

Caso fique de fora da lista de aprovados do Sisu, não desanime! Além do vestibular, você pode tentar uma bolsa de estudos pelo ProUni ou financiamento do FIES (se cumprir os requisitos de participação nesses programas), ou ainda usar sua nota do Enem para entrar direto na faculdade.

Confira algumas instituições reconhecidas pelo MEC que participam do ProUni, oferecem vagas pelo FIES e aceitam a nota do Enem para ingresso direto:

Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA)
Centro Universitário do Distrito Federal (UDF) 
Centro Universitário UNISEB (UNISEB-Estácio)
Faculdade Pitágoras (PITÁGORAS) – em Minas Gerais
Faculdade Unime (UNIME) – na Bahia
Universidade Cidade de São Paulo (UNICID) 
Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL) 
Universidade de Franca (UNIFRAN)
Universidade Estácio de Sá (UNESA)
Universidade Norte do Paraná (UNOPAR)
 
Veja também:
Regras do Sisu 2017


Vai participar do Sisu 2017? Conte para a gente aqui nos comentários!