O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é o maior vestibular do país. Criado para avaliar a qualidade do ensino, passou a ser usado como critério para diversos processos seletivos e virou uma espécie de passaporte para a universidade.

Todo ano, milhões e milhões de estudantes se inscrevem para fazer essa prova, que acontece em todos os estados brasileiros.

Em 2017, a procura deve continuar alta. No entanto, o Ministério da Educação (MEC) anunciou uma série de mudanças que passam a valer este ano.

Se você pretende participar do Exame, não perca o guia que preparamos a seguir. Nele vamos explicar tudo sobre o Enem 2017: o que muda, como serão as provas, o calendário, quando sai o resultado e algumas faculdades onde você pode entrar com sua nota!

O que muda no Enem 2017

Faz tempo que o MEC sinaliza a intenção de promover mudanças no Enem. No comecinho de 2017, lançou até uma consulta pública, pela internet, para saber o que a população achava de algumas alterações. Eram poucas perguntas, relacionadas principalmente ao formato de aplicação das provas – se deveria ser em um dia só (com menos questões), ficar como estava (sábado e domingo) ou acontecer em dois domingos. 

Pois bem. Acabou o mistério. O Enem 2017 vai acontecer em dois domingos consecutivos.

A ordem das questões também será alterada. Este ano, no primeiro dia os participantes farão as provas de Ciências Humanas, Linguagens e Redação. No segundo domingo, é a vez de Matemática e Ciências da Natureza.

No quesito segurança, também tem novidade: os cadernos de prova, cartões de resposta e folhas de redação serão identificados com o nome de cada candidato.

Outra mudança, já anunciada no início do ano, é que a partir de 2017 o Enem não servirá mais para obter o certificado do ensino médio. Essa possibilidade era voltada a quem tinha mais de 18 anos e não estava matriculado em uma escola regular. A partir de 2017, essas pessoas poderão obter o certificado por meio de outra prova, o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja).

E tem ainda uma boa notícia para quem precisa fazer o Exame mas não tem condições de arcar com a taxa de inscrição. Além dos estudantes de escola pública regularmente matriculados no terceiro ano do ensino médio, em 2017 também estarão automaticamente isentos os inscritos no CadÚnico, cadastro do Governo Federal para famílias em situação de pobreza e de pobreza extrema.

Quais serão as matérias cobradas no Enem 2017?

As matérias cobradas no Enem permanecem as mesmas – todo o conteúdo do ensino médio, organizado em quatro áreas do conhecimento:
• Ciências Humanas e suas Tecnologias
• Ciências da Natureza e suas Tecnologias
• Linguagens, Códigos e suas Tecnologias
• Matemática e suas Tecnologias

Vai ter redação no Enem 2017?

Sim. Na consulta pública, o MEC deixou bem claro que a prova de redação não seria eliminada do Enem.

Em 2017, ela vai ser aplicada no primeiro dia do Exame.

Quando sai o edital do Enem 2017?

O Edital do Enem 2017, com todos os detalhes do Exame, está disponível a partir do dia 10 de abril.

Quando abrem as inscrições para o Enem 2017?

As inscrições para o Enem 2017 ficarão abertas entre os dias 8 e 19 de maio. O processo deve continuar da mesma forma, pela internet, com pagamento de taxa para quem não se encaixar nos critérios de isenção.

Quanto vai custar a inscrição do Enem 2017? 

A taxa de inscrição do Enem 2017 vai custar R$ 82. O valor pode ser pago em qualquer agência bancária, casa lotérica ou agência dos correios.

O prazo para pagamento da taxa vai até o dia 24 de maio.

As provas do Enem 2017 vão ser feitas pelo computador?

Não. Esse é uma ideia antiga, comentada pelo MEC muitas vezes, mas por enquanto não vai rolar. Inclusive, na consulta feita à população, pela internet, o a prova pelo computador teve uma rejeição de 70%. O Enem 2017 continua sendo presencial.

Quando acontecem as provas do Enem 2017?

É aqui que está a grande mudança para os candidatos. Em vez de ser aplicado em um único final de semana, o Enem 2017 vai acontecer em dois domingos consecutivos, no mês de novembro. Em vez de fazer as provas em dias seguidos, os participantes terão uma semana entre uma parte e outra do Exame. Confira a programação:

Primeiro dia do Enem 2017 – 5 de novembro (domingo)
Provas de:

• Ciências Humanas e suas Tecnologias
• Linguagens, Códigos e suas Tecnologias
• Redação
Duração: 5 horas e meia

Segundo dia do Enem 2017 – 12 de novembro (domingo)
Provas de:

• Ciências da Natureza  e suas Tecnologias
• Matemática e suas Tecnologias
Duração: 4 horas e meia

Assim que sair o Edital, leia o documento inteiro com muita atenção. Ali estarão todos os detalhes sobre o Exame, como o conteúdo exigido, o que pode e o que não pode fazer durante as provas e, principalmente, os horários de abertura e fechamento dos portões.

Você não vai querer entrar para a galeria dos atrasados do Enem, não é mesmo? O MEC não dá colher de chá para ninguém. Quem perder a hora, por qualquer motivo, só vai poder fazer o Exame novamente em 2018!

Qual será o tema da redação do Enem 2017?

Esse é um segredo muito bem guardado. Todo ano rolam boatos de vazamento do tema da redação do Enem, mas na prática ninguém sabe qual vai ser o assunto da dissertação até a hora de abrir o caderno de prova.

O que a gente sabe é que o Exame escolhe temas relevantes para a sociedade brasileira. Veja o que já rolou em edições anteriores:

• 2009: O indivíduo frente à ética nacional
• 2010: O trabalho na construção da dignidade humana
• 2011: Viver em rede no século XXI: os limites entre o público e o privado
• 2012: O movimento imigratório para o Brasil no século XXI
• 2013: Os efeitos da implantação da Lei Seca no Brasil
• 2014: Publicidade Infantil em questão no Brasil
• 2015: A persistência da violência contra a mulher na sociedade brasileira
• 2016: Caminhos para combater a intolerância religiosa no Brasil

Na dúvida, comece a treinar desde já. Aproveite a lista para praticar o modelo de redação pedido no Enem. Quando começar a pegar o jeito da coisa, procure melhorar o tempo. No dia da prova, você terá uma hora para desenvolver sua redação e passá-la a limpo – o Enem não corrige rascunhos, é preciso entregar o texto na folha de redação.

Quais serão os locais de prova do Enem 2017?

O Enem 2017 acontece em todos os estados brasileiros e no Distrito Federal.
Quando fizer sua inscrição, você poderá selecionar a cidade onde quer fazer a prova.

Algumas semanas antes do Exame, o MEC libera a consulta ao local de prova. Você deverá, então, acessar a página do participante com sua senha e consultar o cartão de confirmação de inscrição. Ali constará o endereço exato onde você fará o Exame. E não se preocupe: a organização do Enem cuida para que os candidatos sejam remanejados para a cidade mais próxima, caso não haja candidatos suficientes para abrir locais de prova em seu município.

E atenção: é responsabilidade do candidato consultar essa informação. O MEC não envia mais o cartão de confirmação com o local de prova pelo correio.

Quando sai o gabarito do Enem 2017?

O MEC leva uns dias para divulgar o gabarito oficial de cada dia de prova. Mas a gente dá uma forcinha para você aliviar a ansiedade. No mesmo dia, algumas horas após o encerramento do Exame, a gente divulga o gabarito extraoficial por aqui!

Quando sai o resultado do Enem 2017?

Outra coisa que não mudou no Enem foi o tempo de espera – e agonia – para consultar resultado. São mais de dois meses!

O resultado do Enem 2017 deve sair em janeiro de 2018. A partir dessa data, os participantes poderão acessar o boletim de desempenho individual, com a nota obtida em cada uma das cinco provas.


Como usar a nota do Enem 2017?

Você vai poder usar seu desempenho no Enem 2017 para entrar na faculdade e concorrer a benefícios do Governo Federal. Veja as opções:

Ingresso direto, sem vestibular. Inúmeras faculdades privadas aceitam a nota do Enem como substituição às provas do vestibular. Os critérios variam entre as instituições, por isso o ideal é consultar o edital do ingresso via Enem na faculdade do seu interesse.

Participar do Sisu em 2018. O Sistema de Seleção Unificada usa a nota do Enem como critério para preencher vagas em universidades públicas. O requisito para participar das duas edições do Sisu em 2018 é ter feito o Enem 2017 e não ter zerado na redação.

Participar do ProUni 2018. O Programa Universidade para Todos usa a nota do Enem mais recente para conceder bolsas integrais e parciais em faculdades reconhecidas pelo MEC a candidatos de baixa renda. Para participar é preciso se encaixar nos critérios de escolaridade, renda e desempenho no Exame.

Concorrer a um financiamento do FIES. Esse benefício do Governo Federal ajuda a pagar a faculdade por meio de um empréstimo. Os juros são baixos e o prazo para pagamento da dívida é longo. Para concorrer é necessário cumprir requisitos de desempenho no Enem e renda familiar.


Confira algumas instituições autorizadas pelo MEC a oferecer cursos superiores que aceitam a nota do Enem como forma de ingresso, além de participarem com frequência do ProUni e do FIES:

Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA)
Universidade Estácio de Sá (UNESA) 
Centro Universitário UNISEB (UNISEB-Estácio)
Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL)
Universidade Cidade de São Paulo (UNICID)
Centro Universitário do Distrito Federal (UDF)
Universidade de Franca (UNIFRAN) 
Universidade Norte do Paraná (UNOPAR)
Faculdade Unime (UNIME) – na Bahia
Faculdade Pitágoras (PITAGORAS) – em Minas Gerais

Veja também:
Como usar a nota do Enem para entrar na faculdade
 

E aí, preparado para encarar o Enem 2017? Conte para a gente aqui nos comentários!