O vestibular da Fuvest é composto por duas etapas: a primeira fase, que funciona como um “peneirão”, e a segunda, que serve para testar o real conhecimento do candidato a respeito das disciplinas do ensino médio.

Nem uma nem outra é fácil de encarar. As duas etapas vão exigir o máximo de dedicação, atenção total aos detalhes e capacidade de articular diferentes conhecimentos na busca pela resposta correta.

E como a primeira fase é decisiva para quem quer continuar na disputa por uma vaga numa das melhores faculdades do mundo, é preciso tratar dela com bastante carinho.

Por isso a gente foi buscar todas as informações que você precisa saber sobre a primeira fase da Fuvest 2018: a data em que acontece, o nível de dificuldade das questões e, principalmente, as dicas para se dar muito bem na prova. Confira a seguir!


Quando acontece a primeira fase da Fuvest 2018

A primeira fase da Fuvest acontece em um único dia. A prova é aplicada ainda em 2017, no dia 26 de novembro – um domingo.

Os candidatos devem comparecer ao local dos exames antes do horário de abertura dos portões, que acontecerá a partir das 12h30. O acesso dos candidatos pode ser feito até a hora de fechamento, que acontecerá pontualmente às 13 h. Quem se atrasar vai ficar de fora, e não tem desculpa ou choro que convença o fiscal do contrário.

Nossa primeira dica é: não se arrisque! Antes das provas, faça o caminho de sua casa até o local para conhecer bem o trajeto. No dia, saia de casa com uma super antecedência para não ser vítima de imprevistos (o trânsito costuma ficar mais pesado próximo ao local das provas).

Formato da prova da primeira fase da Fuvest 2018

A prova da primeira fase da Fuvest é composta por 90 questões de múltipla escolha, com cinco alternativas cada uma. As disciplinas abordadas são todas aquelas que compõem a grade básica do ensino médio: Português, Geografia, Biologia, Física, História, Inglês, Química e Matemática.

Perguntas multidisciplinares, com conteúdos que exigem domínio em diversas áreas do conhecimento, são comuns na primeira fase.

Para encarar tudo isso e ainda preencher o cartão-resposta, a Fuvest dará um total de cinco horas – e nem um minuto a mais.

A primeira fase é comum a todos os cursos. Ela funciona como uma forma de escolher os poucos candidatos que seguirão para a segunda etapa do concurso, que acontece em janeiro de 2018.


Quais são os locais da prova da primeira fase da Fuvest 2018

Os locais de prova da primeira fase da Fuvest 2018 só serão divulgados pouco antes da aplicação do exame, no dia 17 de novembro de 2017.

Até lá, o jeito é controlar a ansiedade e esperar.

Os exames são aplicados em mais de 30 cidades espalhadas pela Grande São Paulo e pelo interior.

A lista completa você poderá conferir no Manual do Candidato da Fuvest 2018.


Outras datas essenciais para quem vai fazer a primeira fase da Fuvest 2018

Anote as principais datas da Fuvest 2018 para não perder nenhum detalhe:

  • 10 de julho a 7 de agosto: Esse é o prazo para quem pretende pedir isenção total ou parcial da taxa de inscrição. Não haverá prorrogação. Pode solicitar o benefício quem comprovar renda mensal individual ou por pessoa da família (que moram sob o mesmo teto) de até R$ 1.405. Para a isenção parcial, que cobre metade do valor da inscrição, a renda mensal familiar por pessoa ou individual vai de R$ 1.406 a, no máximo, R$ 2.811. Estudantes do ensino médio, de cursinhos, matriculados em cursos superiores ou que estejam desempregados também podem solicitar a liberação de pagamento da taxa, desde que tenham renda de até R$ 1.873.

  • 21 de agosto a 11 de setembro: Anote bem esse prazo, pois é o período de inscrições para a Fuvest 2018. Quem perder o bonde vai ter que esperar até o próximo ano para participar. O processo é todo feito pela internet, no site oficial do vestibular. A organização permite que os candidatos se inscrevam até as 23h59 do dia 11 de setembro. O prazo não será prorrogado. A efetivação da inscrição está condicionada ao pagamento da taxa em uma agência bancária conveniada – exceto, é claro, para aqueles que receberam isenção total.

  • 17 de novembro: Essa é a data de divulgação dos locais de prova da primeira etapa da Fuvest 2018. A organização normalmente libera a consulta uma semana antes das provas. Os alunos podem conhecer onde irão fazer a prova pelo site do concurso.

  • 18 de dezembro: A Fuvest irá divulgar o nome dos candidatos que passaram para a segunda fase do vestibular e o local de prova. Cruze os dedos!

As provas da segunda fase acontecem nos dias 7, 8 e 9 de janeiro de 2018. O resultado geral - o famoso listão dos aprovados - sai no dia 2 de fevereiro.

Como se dar bem na primeira fase da Fuvest 2018

Confira a seguir algumas dicas rápidas que vão ajudar você a se dar muito bem na prova da Fuvest 2018.
1. Tenha em mente que não há moleza para quem vai fazer a Fuvest. As provas têm um nível elevado de dificuldade e a primeira fase serve justamente para separar quem vai para a segunda etapa – que são muito poucos! Estude com dedicação para ficar entre este seleto grupo.

2. Teste o nível de dificuldade da Fuvest fazendo as provas das edições anteriores. Elas podem ser baixadas gratuitamente pela internet, com gabarito e tudo.

3. Conheça a concorrência que espera por você no curso escolhido – isso é fundamental para definir seu ritmo de estudos.

4. Leia o Manual do Candidato da Fuvest 2018 com toda atenção do mundo. O documento tem o “caminho das pedras” para quem quer se dar bem.

5. Fique atento às principais datas, os horários de abertura e fechamento dos portões, o que pode levar no dia da prova, o que rende desclassificação, etc.

6. Pesquise os assuntos que aparecem com maior frequência na prova da primeira fase da Fuvest 2018. Isso vai ajudar você a traçar um plano de estudos mais racional, com foco naquilo que realmente interessa. Resumidamente, as questões mais frequentes abordam movimentos literários, interpretação de texto, Geometria e Trigonometria, Geografia do Brasil, História Contemporânea, Brasil República, Mecânica, Óptica e Eletricidade, Termoquímica e Genética. Mas não deixe de estudar os demais conteúdos!

7. Aprenda a priorizar seus estudos. Conforme a data da prova vai se aproximando, vá mudando o foco dos assuntos no seu dia a dia. Os mais difíceis, que levam mais tempo para aprender, devem perder posições na sua fila – sem dó!

8. Leia todos os livros que a Fuvest pede. São nove, no total:

• A cidade e as serras – Eça de Queirós
• Claro enigma – Carlos Drummond de Andrade
• Iracema – José de Alencar
• Mayombe – Pepetela
• Memórias póstumas de Brás Cubas – Machado de Assis
• Minha vida de menina – Helena Morley
• O cortiço – Aluísio Azevedo
• Sagarana – João Guimarães Rosa
• Vidas secas – Graciliano Ramos
9. Sempre que estiver fazendo um simulado ou as provas das edições anteriores, marque o tempo que você leva para terminar tudo. Isso é fundamental para criar ritmo e encarar numa boa a maratona da primeira fase em novembro.

10. Não se esqueça de estudar as atualidades. Elas são importantes para você entender o contexto das questões das provas.

11. Não se esqueça de dar uma relaxada de vez em quando – ninguém vive só de estudo pesado. Mas só de vez em quando, ok?

Não passou na Fuvest 2018? Não se preocupe, tem boas alternativas por aí!

A gente sabe que tanto a Universidade de São Paulo (USP) quanto a Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (FCMSC-SP) são instituições de peso, reconhecidas internacionalmente.

Mas se você não conseguir passar na Fuvest em 2018, não tem porque ficar choramingando pelos cantos. Existem várias outras faculdades bem conceituadas junto ao Ministério da Educação (MEC) onde você pode entrar com muito mais facilidade e fazer o curso dos seus sonhos com a garantia de que terá um diploma bem aceito no mercado.

E o melhor: com mensalidades acessíveis e formatos diferenciados de estudos – a distância, presencial e semipresencial.

Selecionamos algumas opções para você. Confira:

Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA)
Universidade Estácio de Sá (UNESA) 
Centro Universitário UNISEB (UNISEB-Estácio)
Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL) 
Universidade Cidade de São Paulo (UNICID) 
Universidade de Franca (UNIFRAN)
Universidade Norte do Paraná (UNOPAR)
Faculdade Pitágoras (PITÁGORAS) – em Minas Gerais
Faculdade Unime (UNIME) – na Bahia

Veja também:
Calendário Fuvest 2018

Como está seu ritmo de estudos para encarar a primeira fase da Fuvest 2018? Compartilhe com a gente aqui nos comentários!