Cursar Direito é o sonho de muita gente, seja devido ao prestígio da profissão, à possibilidade de ganhar altos salários ou à estabilidade de carreira proporcionada pelos concursos públicos.

No entanto, a concorrência para ingressar em uma universidade pública é feroz e os preços das mensalidades em instituições privadas podem ser bem proibitivos. Mas não é por isso que você vai desistir! Saiba que há muitas formas de conseguir bolsas de estudo para cursar Direito em boas faculdades por todo o país.

Preparamos esse guia com as principais informações sobre as bolsas em Direito. Tem desde o ProUni até descontos oferecidos pelas próprias universidades. Vamos explicar direitinho o que cada uma delas exige dos candidatos para que você possa se preparar e conquistar seu diploma. Vamos lá?

Como conseguir uma bolsa em Direito pelo ProUni

O Programa Universidade para Todos (ProUni) é a forma mais conhecida e divulgada de obter uma bolsa para fazer um curso superior, incluindo o de Direito.

O ProUni foi criado em 2004 e tem o objetivo de facilitar o ingresso de estudantes de baixa renda no ensino superior privado.

Por esse motivo, para se candidatar é necessário se enquadrar no padrão de renda familiar bruta mensal estabelecido, de até um salário mínimo e meio por pessoa (no caso das bolsas integrais) ou até três salários mínimos por pessoa (para as bolsas parciais).

Como o programa quer dar oportunidade aos estudantes que mais precisam, o candidato não pode ter diploma de nível superior. O ProUni é voltado apenas para a primeira graduação.

Tirar boas notas também tem um peso grande na disputa por uma vaga. Para fazer a inscrição, são necessários pelo menos 450 pontos na média das provas e nota acima de zero na edição mais recente do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Se você se encaixa nos requisitos de renda familiar, fez o Enem mais recente e atingiu a pontuação mínima necessária,     ótimo! Agora só é preciso se encaixar em um destes critérios:

• Ter feito o ensino médio em escola pública ou em escola particular na condição de bolsista integral
• Ser deficiente
• Ser professor da rede pública concorrendo a uma bolsa em curso superior de licenciatura (nesse caso não precisa comprovar renda)
Vale lembrar que os 450 pontos para se inscrever são apenas uma referência. Como o curso de Direito é um dos mais concorridos, o desempenho para garantir uma vaga pode ser bem maior. A nota para garantir uma bolsa em Direito vai depender da instituição desejada, campus, turno e modalidade de concorrência (cotas ou não). Em edições recentes, ficou entre 450 e mais de 740 pontos no Enem.

O ProUni ocorre duas vezes por ano e as inscrições são gratuitas.

Como conseguir uma bolsa em Direito pela internet

O ProUni pode ser um bocado específico e nem todo mundo consegue se enquadrar nos critérios de participação. Mas não é por isso que você deve desistir de seu sonho de cursar Direito!

Uma ótima maneira de conseguir bolsas de estudos é por meio da internet. Há sites especializados nisso, onde dá para conseguir descontos de até 70% nas mensalidades sem precisar comprovar renda, apresentar desempenho no Enem ou fazer qualquer tipo de processo seletivo.

Os dois principais portais de bolsa do país são o Quero Bolsa e o Educa Mais Brasil.
Eles são bem parecidos: basta acessar o site e fazer a busca na página inicial. Selecione a cidade, digite “Direito” no campo do curso, escolha entre graduação e pós-graduação e, se tiver uma faculdade em mente, é só colocar o nome ou a sigla.

Quando os resultados aparecerem, escolha o que lhe agradar e leia o contrato com bastante atenção. Aí é só pagar a taxa de pré-matrícula, que vai garantir o mesmo percentual de descontos nas mensalidades até o final do curso. Super simples e sem burocracia!

Como conseguir bolsa em Direito oferecida pela faculdade

Muitas faculdades privadas têm seus próprios programas de bolsa. Há dois tipos mais comuns:
  • Bolsa por mérito: Várias instituições de ensino concedem bolsas integrais e parciais para os primeiros colocados no vestibular, a fim de atrair novos talentos. Algumas trabalham com a excelência acadêmica de outra forma, oferecendo bolsas aos alunos que obtiverem boas notas ao longo do curso.
  • Bolsa por necessidade financeira: Nesse caso, basta comprovar insuficiência de renda para custear os estudos. A gente pode pensar que não, mas muitas faculdades operam com esse tipo de bolsa, inclusive as mais conceituadas. O processo é mais fácil do que parece. Se você se enquadrar nos critérios da bolsa, basta apresentar os documentos necessários.
Há outras maneiras de conseguir descontos para realizar sua graduação em Direito. Cada instituição tem suas regras, mas as mais comuns são:
• Desconto por indicação de amigos
• Desconto por mensalidades pagas em dia
• Desconto para integrantes da mesma família
• Desconto para a terceira idade

Como conseguir bolsa em Direito por meio de associações e entidades de classe

Se você já trabalha e é associado a algum sindicato, verifique se a entidade tem convênio com alguma faculdade que oferece o curso de Direito. Esse benefício é bem comum e geralmente garante bons descontos nas mensalidades.

Faculdades que oferecem o curso de Direito

Preparamos uma lista com várias instituições de ensino reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC), o que garante a validade do diploma em todo o território nacional. E não é só isso: todas elas oferecem o curso de Direito e participam de diversos programas de bolsas de estudos. Confira!
Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA)
Universidade Estácio de Sá (UNESA) 
Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL) 
Universidade Cidade de São Paulo (UNICID)
Universidade de Franca (UNIFRAN) 
Universidade Norte do Paraná (UNOPAR) 
Faculdade Unime (UNIME) – na Bahia 
Faculdade Pitágoras (PITÁGORAS) – em Minas Gerais

Veja também:
Quanto ganha um advogado?


Quer cursar Direito e está procurando uma bolsa? Já sabe qual vai tentar? Conte para a gente aqui nos comentários!