Se você perguntar a qualquer professor de cursinho o que cai na Fuvest 2018, provavelmente vai ouvir algo como “tudo o que está no Manual do Candidato”.

E ele tem toda razão. A Fuvest tem adotado uma postura de abordar um número cada vez maior de assuntos a cada edição – e na de 2018 não deve ser diferente.

Embora esse dinamismo seja evidente nas provas, é certo que os professores que elaboram as questões ainda têm um certo apego por alguns temas – e são justamente eles que formam o mapa da mina para quem quer se dar bem neste que é um dos vestibulares mais complexos do Brasil.

Para ajudar você a encontrar o tesouro – ou descolar uma vaga na Universidade de São Paulo (USP), o que dá no mesmo – a gente foi atrás dos assuntos que caem na Fuvest com certa frequência.

O que encontramos você vê a seguir!


O que cai na Fuvest 2018

Como a gente já adiantou no começo do texto, a Fuvest tem mexido muito nos conteúdos que aborda nas provas objetivas e dissertativas. Isso significa que, na real, não tem exatamente como prever o que vai aparecer na edição de 2018.

O jeito é acreditar nas estatísticas e fazer sua aposta. Como não existe vida fácil para quem vai fazer a Fuvest, o lance é estudar tudo – absolutamente tudo – o que está no edital, mas dedicar uma atenção a mais aos temas que apresentaremos a seguir.

Cada disciplina tem a sua lista. Confira:

O que cai em Matemática na Fuvest 2018

Essa é uma das provas mais difíceis da Fuvest. E não tem como fugir dela, nem na primeira nem na segunda fase.

Matemática tem tirado muita gente da disputa justamente porque se tornou uma prova abrangente, que exige do candidato um bom fundamento em todos os assuntos e, principalmente, demonstração de que domina de verdade o raciocínio matemático – e isso, acredite, só se adquire com muito estudo e dedicação.

Alguns assuntos ainda são frequentes nesta prova. Portanto, é provável que você encontre em 2018 os seguintes temas:

• Geometria
• Logaritmos
• Polinômios
• Progressão Aritmética
• Progressão Geométrica
• Números complexos
• Porcentagem
• Triângulos
• Teorema de Pitágoras
• Seno e cosseno
• Análise combinatória

O que cai em Química na Fuvest 2018

A prova de Química é onde a gente mais percebe essa mudança de postura da Fuvest nos últimos anos.

Os professores que elaboram as questões têm optado por pular de assunto em assunto, tentando abranger o máximo possível do que consta no edital. A ideia é uma só: testar os conhecimentos fundamentais do candidato e verificar se ele domina pra valer todos os conteúdos dessa disciplina vistos nos três anos do ensino médio.

Os temas que têm aparecido com maior frequência são:

• Cinética química
• Propriedades coligativas
• Química orgânica
• Ligações intermoleculares
• Equilíbrio químico
• Eletroquímica
• Ligações químicas
• Cálculos estequiométricos
• Soluções
• Termoquímica
• Atomística
• Funções inorgânicas

O que cai em Física na Fuvest 2018

Física também está seguindo os mesmos passos da Química. Temas como Mecânica, Óptica e Eletricidade ainda são recorrentes, mas cada vez mais os professores estão incluindo questões de outras áreas – uma delas é a Ondulatória, por exemplo.

A dica, portanto, é uma só: focar no conhecimento geral e estudar bem as teorias de base.

Nesta prova o que mais aparece é:

• Trabalho e energia
• Eletrostática
• Eletrodinâmica
• Termodinâmica
• Dinâmica
• Ondulatória
• Hidrostática
• Magnetismo
• Cinemática

O que cai em Português na Fuvest 2018

Não tem outro jeito de se dar bem em português e literatura que não seja pelo domínio da leitura e da interpretação de textos. Esse tipo de questão é o que mais cai na Fuvest. Para isso é preciso ler, analisar e relacionar um conteúdo com vários outros.

Nas questões sobre Literatura é a mesma coisa. O candidato precisa conhecer a fundo as obras obrigatórias e ser capaz de posicioná-las em seu contexto histórico, econômico e cultural.

Veja o que você provavelmente vai encarar nesta prova:

• Modernismo
• Romantismo
• Realismo-Naturalismo
• Ortografia
• Regência
• Classes de palavras
• Concordância
• Tempos verbais e não verbais

Independentemente do tempo que você tem para estudar, deixar de lado a leitura dos livros obrigatórios é roubada. Quem ficar apenas no resumo técnico ou nas análises dos professores corre o risco de não conseguir articular os conhecimentos necessários para resolver as questões.

As obras de leitura obrigatória que caem na Fuvest 2018 são:

• Minha vida de menina – Helena Morley
• Vidas secas – Graciliano Ramos
• O cortiço – Aluísio Azevedo
• Iracema – José de Alencar
• Claro enigma – Carlos Drummond de Andrade
• Memórias póstumas de Brás Cubas – Machado de Assis
• Mayombe – Pepetela
• A cidade e as serras – Eça de Queirós
• Sagarana – João Guimarães Rosa

O que cai em Inglês na Fuvest 2018

Quem quiser se dar bem na prova de Inglês vai ter que investir bastante em leitura e interpretação em língua estrangeira. Ampliar o vocabulário pode fazer uma diferença danada.

A gente não recomenda que os candidatos percam muito tempo estudando gramática pura. É raríssimo cair alguma questão do tipo. A Fuvest quer testar seu domínio sobre o idioma, não necessariamente em saber se você diferencia um adjetivo de um substantivo.

O que cai em História na Fuvest 2018

A prova de História ainda trabalha com dois grandes temas, que são o Brasil República e História Contemporânea Geral. Nenhum deles pode ficar de fora do seu roteiro de estudos.

Não precisa ficar gastando toda a sua energia tentando decorar datas exatas e nomes. A Fuvest quer mesmo é testar seu conhecimento da disciplina.

São só quatro temas mais frequentes:

• Golpe militar
• Período Vargas
• Globalização
• Guerras mundiais

O que cai em Geografia na Fuvest 2018

A prova de Geografia é um tantinho mais complicada. Isso porque a Fuvest tem explorado nos últimos anos os aspectos específicos da área, exigindo que o candidato tenha um bom domínio técnico do tema – como, por exemplo, o tipo de clima que ocorre no norte da Rússia, suas características morfológicas, reação ao aquecimento global, etc.

Os temas que mais têm caído são os seguintes:

• Ecossistemas brasileiros
• Situação política brasileira
• Cartografia
• Climas
• Petróleo e pré-sal
• Bacias hidrográficas
• Urbanização
• Problemas ambientais
• Fontes alternativas de energia
• Situação dos refugiados no mundo
• Demografia
• A questão urbana e social
• Disparidades socioeconômicas mundiais
• Agronegócio no brasil
• Globalização

O que cai em Biologia na Fuvest 2018

Biologia também está se tornando adepta do rodízio de conteúdos. Nosso conselho: invista no conhecimento de base, para não ser pego de surpresa. Só que aqui o ritmo de alternâncias tem sido um pouco menor.

Os assuntos que mais dão as caras são:

• Genética e Evolução
• Embriologia
• Ecologia
• Zoologia
• Biologia celular e Bioquímica
• Vírus, Grupo Monera, Protistas e Fungos
• Sistema circulatório
• Fotossíntese

Quando serão as provas da Fuvest 2018

As provas da Fuvest 2018 vão ocorrer em duas etapas.

A primeira fase será aplicada no dia 26 de novembro de 2017, um domingo, na capital, na Grande São Paulo e em algumas cidades do interior paulista.

Essa etapa consiste em uma prova de 90 questões objetivas sobre todas as disciplinas do ensino médio (as que você viu acima). Quem passar, segue para a segunda fase – que é ainda mais complicada. Detalhe: apenas 30% de todos os inscritos conseguem esse feito!

O resultado da primeira fase sai no dia 18 de dezembro de 2017.

A segunda fase acontece nos dias 7, 8 e 9 de janeiro de 2018. Aqui as provas são dissertativas e estão divididas da seguinte maneira:

• 10 questões sobre Língua Portuguesa e Literatura, mais uma redação
• 16 questões sobre Biologia, Física, Geografia, História, Inglês, Matemática e Química
• 12 questões sobre duas ou três disciplinas ligadas à carreira escolhida pelo candidato

O listão de aprovados tem divulgação prevista para o dia 2 de fevereiro de 2018. As chamadas subsequentes podem se estender por várias semanas.


Dicas rápidas de como se dar bem na Fuvest 2018

Veja a seguir algumas técnicas que você pode incorporar para se dar bem nas provas da Fuvest 2018.
• Estude usando as provas das edições anteriores. Esse é o melhor atalho para entender o nível de dificuldade e o formato utilizado pelo vestibular.
• Só estude o que consta no edital. A Fuvest não pode incluir assuntos que não estejam previstos no documento.
• Além de leitura e interpretação de texto, dê foco ao estudo de gráficos e tabelas. Eles caem com frequência em todas as provas da Fuvest.
• Estudar temas da atualidade também é vital. Fique de olho nos principais assuntos do Brasil e do mundo, em especial nos mais polêmicos. Há grandes chances de aparecerem nas provas ou de serem tema da redação na segunda fase.
• Como falta pouco tempo para as provas, comece agora mesmo a estudar ou revisar os temas que caem com maior frequência.
• Não se esqueça de dar um descanso para sua cabeça de vez em quando!

Se não rolar Fuvest, você já tem um plano B na manga?

É claro que ninguém quer ser reprovado na Fuvest, mas a realidade é que poucos vão conseguir a tão sonhada vaga. Se não acontecer com você, não tem porque ficar triste pelo resto do ano. Saiba que existe a opção de entrar em faculdades reconhecidas e bem avaliadas pelo MEC e começar 2018 dando os primeiros passos rumo ao sucesso profissional.

Selecionamos algumas bem legais para você conhecer:

Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA)
Universidade Estácio de Sá (UNESA) 
Centro Universitário UNISEB (UNISEB-Estácio)
Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL) 
Universidade Cidade de São Paulo (UNICID) 
Universidade de Franca (UNIFRAN) 
Universidade Norte do Paraná (UNOPAR) 
Faculdade Pitágoras (PITÁGORAS) – em Minas Gerais
Faculdade Unime (UNIME) – na Bahia

Veja também:
Temas redação Fuvest 2018


Já está firme e forte para encarar a Fuvest 2018? Conte para a gente como você está estudando!