Quem vai fazer a Fuvest sabe que tem um desafio e tanto pela frente. É como escalar uma montanha alta, pouco explorada, cheia de armadilhas. Qualquer passo em falso pode causar uma frustrante volta para a casa.

Como em qualquer desafio, existem diferentes níveis de dificuldade. De cara, o candidato já terá que enfrentar uma pedreira e tanto: a primeira fase. Aqui, apenas cerca de 30% dos que se aventuram conseguem superar as barreiras.

Passada essa etapa, vem outra maior e mais difícil: a segunda fase da Fuvest 2018. Quem conseguir superar esse paredão vai encontrar, do outro lado, uma vaga na Universidade de São Paulo (USP) ou na Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (FCMSC-PS) – instituições reconhecidas internacionalmente pelo padrão de ensino.

Se você quer transpor todas essas dificuldades, acompanhe de perto os detalhes da segunda fase da Fuvest 2018 – como são as provas, quando acontecem e tudo o que é preciso fazer para chegar lá!


As provas da segunda fase da Fuvest 2018

As provas da segunda fase da Fuvest 2018 acontecem já na primeira semana de janeiro. Só quem conseguir passar pela primeira fase estará apto a encarar esta etapa.

Quem chegar aqui terá que passar por três dias com muitas questões discursivas – ou seja: nada de assinalar! O candidato vai ter que escrever as respostas. Não tem moleza e nem dá para contar com a sorte (não tem como acertar no chute). É preciso comprovar que conhece bem o assunto em questão para poder encontrar a resposta correta.

No primeiro dia os candidatos terão que fazer uma prova com 10 questões sobre Língua Portuguesa e Literatura. Os enunciados normalmente são longos, complexos, e vão exigir uma boa dose de leitura e interpretação de texto. No mesmo dia haverá também uma redação – vamos falar sobre ela mais adiante.

No segundo dia é hora de provar que tem conhecimento em todas as matérias do ensino médio. São 16 questões sobre Química, Física, Geografia, Biologia, História, Matemática e Inglês – algumas, inclusive, misturam conteúdos de mais de uma área.

No terceiro e último dia de provas será preciso resolver 12 questões relativas à área do curso escolhido.

Quem opta por determinadas graduações ainda vai ter que passar pelas provas de habilidades específicas. Os exames são realizados em um ou mais dias, de acordo com a carreira, em épocas distintas (antes da primeira fase ou junto com a segunda etapa, por exemplo).

Os detalhes sobre todas as provas você encontra no Manual do Candidato da Fuvest 2018.


Datas e horários da segunda fase da Fuvest 2018

As provas da Fuvest 2018 serão aplicadas nos dias 7, 8 e 9 de janeiro. Diferentemente de grande parte dos vestibulares (e do Enem!), aqui os exames caem em um domingo, segunda e terça-feira.

Quem passar para esta etapa terá que estar presente no local de provas antes das 12h30 – o horário de abertura dos portões.

O acesso dos candidatos é encerrado pontualmente às 13 h. A partir deste horário começam as provas para valer. Quem se atrasar, um minutinho que seja, ficará de fora e terá que esperar o próximo ano.

Em cada dia será dado apenas quatro horas para o estudante resolver todas as questões, revisar e passar a limpo com atenção redobrada!


Como é a prova de redação da Fuvest 2018

A prova de redação da Fuvest deve ser tratada com muito carinho. Ela vale 50 pontos – metade do valor da prova de Língua Portuguesa – e pode fazer toda a diferença na sua pontuação final.

É uma prova bastante difícil. A Fuvest 2018 deve optar por um tema atual, com apelo social. O candidato será testado em seu conhecimento no assunto, capacidade de organizar ideias e propor soluções coerentes.

A redação deve ser feita no formato dissertativo, em caráter argumentativo. Os avaliadores vão testar o desempenho do candidato em três aspectos:

• Desenvolvimento do tema e organização do texto dissertativo-argumentativo.
• Coerência dos argumentos e articulação das partes do texto.
• Correção gramatical e adequação vocabular.

Ou seja: você não apenas terá que provar que conhece bem o assunto (e que é capaz de discutir sobre ele), como também terá que fazer um texto gramaticalmente impecável. A Fuvest é bastante rigorosa quanto a isso.

Redações que forem entregues em branco, que tratarem de um tema que não foi o proposto, com texto mais curto do que o mínimo permitido ou que não atendam ao formato solicitado vão receber nota zero.


Como são corrigidas as provas da segunda fase da Fuvest 2018

As provas da segunda fase são corrigidas uma a uma, manualmente, por no mínimo dois especialistas diferentes.

É um processo demorado, já que os avaliadores precisam comparar a resposta dada pelo participante com o que se considera ideal e definir se atende plenamente, parcialmente ou não atende às expectativas. Cada questão vale de 1 a 4 pontos e cada prova, com os acertos multiplicados por alguns indicadores definidos pela Fuvest, pode somar até 100 pontos.

As provas não trazem a identificação do candidato, para garantir que todo o processo de correção das questões e computação das notas seja totalmente impessoal.


Como saber se você vai fazer a segunda fase da Fuvest 2018

Para fazer a segunda fase da Fuvest 2018 é preciso, antes de mais nada, passar pela primeira.

A primeira fase é composta de 90 questões objetivas sobre matérias do ensino médio: Língua Portuguesa, Língua Inglesa, Geografia, História, Biologia, Química, Física e Matemática. Algumas questões são transdisciplinares, ou seja, podem exigir conhecimento em mais de uma área.

Menos de 30% dos mais de 120 mil candidatos inscritos na Fuvest conseguem superar a barreira da primeira fase. A nota de corte de alguns cursos é altíssima, e só passa para a próxima etapa quem realmente fizer uma ótima pontuação. Candidatos que não acertarem pelo menos 27 questões já ficam automaticamente desclassificados.

A primeira fase acontece em um único dia, um domingo: 26 de novembro de 2017. Os horários são os mesmos da segunda fase: os portões abrem às 12h30 e fecham pontualmente às 13 h. A diferença é que aqui os candidatos terão cinco horas para fazer a prova.

A relação com os aprovados na primeira fase sai no dia 18 de dezembro de 2017.

Cidades onde acontece a segunda fase da Fuvest 2018

Na primeira fase, as provas da Fuvest acontecem em mais de 30 cidades paulistas, incluindo a capital e a região metropolitana.

Na segunda, o cenário muda um pouco. São menos cidades, e alguns candidatos terão que se deslocar até o município mais próximo para conseguir fazer a prova.

Veja a relação de cidades onde acontece a segunda fase da Fuvest 2018:

• Barueri
• Bauru
• Campinas
• Carapicuíba
• Franca
• Guarulhos
• Jundiaí
• Limeira
• Lorena
• Mogi das Cruzes
• Mogi Mirim
• Osasco
• Piracicaba
• Pirassununga
• Presidente Prudente
• Ribeirão Preto
• Santana de Parnaíba
• Santo André
• Santos
• São Bernardo do Campo
• São Caetano do Sul
• São Carlos
• São José do Rio Preto
• São José dos Campos
• São Paulo
• Sorocaba
• Taboão da Serra
• Taubaté

Os locais de prova da segunda fase são divulgados no mesmo dia da convocação para essa etapa: 18 de dezembro de 2017.

Quando sai o resultado da segunda fase da Fuvest 2018
O resultado da segunda fase da Fuvest 2018 deve sair no dia 2 de fevereiro de 2018.

Quem estiver na lista já pode se matricular na USP ou na FCMSC-SP.

A Fuvest normalmente faz até seis chamadas posteriores, que podem se estender até março. Ou seja, se o candidato não aparecer na primeira lista, tem ainda mais seis chances de ser chamado. O segredo é ficar bem ligado no site da Fuvest e cruzar os dedos.

Depois das seis chamadas regulares, a Fuvest ainda dá outra colher de chá. É a chamada “reescolha”, realizada para preencher aquelas vagas que não tenham sido ocupadas no processo regular.

Outras datas importantes da Fuvest 2018

Agora que você já sabe quando ocorrem as provas e quando saem os resultados, anote outras datas importantes para quem vai fazer a Fuvest:

21 de agosto a 11 de setembro – Inscrições

As inscrições para a Fuvest 2018 ficam abertas por mais de 20 dias. Portanto, nada de deixar para a última hora. Tudo o que você tem que fazer é preencher os dados solicitados, baixar, imprimir e pagar o boleto com a taxa de inscrição, que este ano custa R$ 170. Essa última ação não é necessária para os que conseguirem isenção total do valor de inscrição.

A inscrição só pode ser feita pelo site da Fuvest.

17 de novembro – Divulgação dos locais de prova da primeira fase da Fuvest 2018

Pouco antes da realização da prova objetiva (26 de novembro), a Fuvest divulga os locais onde cada candidato irá fazer a prova. Para consultar o seu, basta acessar entrar no site com seu número de CPF e senha.

18 de dezembro de 2017 – Divulgação do resultado da primeira fase e dos locais de prova da segunda fase da Fuvest 2018

Junto com a lista de aprovados na primeira fase, a Fuvest libera a consulta aos locais de prova da segunda fase. A informação pode ser consultada no próprio site da Fuvest, por meio do número de CPF e senha.


Outras faculdades boas onde estudar

Se você não estiver a fim de encarar a pedreira que é a Fuvest ou não conseguir vaga neste processo seletivo, saiba que existem diversas outras faculdades legais onde você pode fazer seu curso com a segurança de que seu diploma será bem visto – e bem recebido – no mercado de trabalho.

São instituições reconhecidas e bem avaliadas pelo MEC que oferecem cursos em diversas áreas do conhecimento e em diferentes modalidade de ensino.

Confira:

Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA) 
Universidade Estácio de Sá (UNESA)
Centro Universitário UNISEB (UNISEB-Estácio)
Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL) 
Universidade Cidade de São Paulo (UNICID) 
Universidade de Franca (UNIFRAN) 
Universidade Norte do Paraná (UNOPAR) 
Faculdade Pitágoras (PITÁGORAS) – em Minas Gerais 
Faculdade Unime (UNIME) – na Bahia

Veja também:
Primeira fase Fuvest 2018

Vai prestar a Fuvest em 2018? Conte para a gente quais são suas expectativas em relação à segunda fase!