O momento mais esperado depois da prova do Enem é, obviamente, a divulgação dos resultados.

O pior é que entre a primeira prova do Exame e o momento de acessar a lista de aprovados são cerca de dois meses de espera. Enquanto o resultado não sai, não dá para dormir no ponto. É bom ficar de antena ligada, pois logo em seguida começam os processos seletivos para quem pretende disputar vaga em universidades públicas, descolar bolsas de estudos ou financiar o curso.

Por isso a gente preparou um calendário com os resultados do Enem, os processos seletivos e as diversas faculdades onde você vai poder entrar com sua nota no exame. Conheça tudo a seguir!


Quando acontece o Enem

As datas exatas de aplicação do Enem variam todo ano, mas o período é sempre o mesmo: em dois domingos seguidos entre o final de outubro e o início de novembro.

Os participantes ficam sabendo do dia da prova meses antes, ainda em abril, quando o Ministério da Educação (MEC) costuma divulgar o edital do Enem.


Quando sai o resultado do Enem

Depois da aplicação das provas do Enem, é preciso esperar até janeiro do ano seguinte para ter acesso ao tão esperado boletim de desempenho individual.

E não tem jeito: a menos que o MEC resolva divulgar o resultado com antecedência, não tem muito o que fazer a não ser esperar.

As datas exatas de divulgação também variam. Já teve ano em que saiu nos primeiros dias de janeiro, teve outros em que foi na segunda semana.

O ideal é se preparar psicologicamente para esperar o resultado por volta da metade de janeiro.

O boletim de desempenho individual traz as notas do candidato em cada uma das provas do Enem:

• Linguagens, Códigos e suas Tecnologias
• Ciências Humanas e suas Tecnologias
• Ciências da Natureza e suas Tecnologias
• Matemática e suas Tecnologias
• Redação

Logo após o resultado do Enem começam os principais processos seletivos que usam a nota do Exame. Vamos falar sobre eles mais adiante.

Tem outro resultado do Enem no segundo semestre?

Embora os processos seletivos que utilizam a nota do Enem aconteçam duas vezes ao ano, o Enem só acontece uma vez por ano.

Isso significa exatamente o que você está pensando: que fazendo uma única edição do Enem o candidato tem duas chances por ano de passar em cada um desses processos seletivos que usam o Exame como critério de classificação.

Outras datas importantes do Enem

Além das provas e dos resultados, o candidato que quiser fazer um bom Enem tem que ficar ligado nas principais datas que antecedem os exames. Isso é importante para não perder nenhuma etapa e não correr o risco de ficar de fora.

Anote as principais:

Maio – Geralmente as inscrições para o Enem abrem no começo de maio e ficam no ar até praticamente o fim do mês. São cerca de 20 dias para o candidato fazer todo o processo – que consiste basicamente em preencher dados pessoais, de contato e pagar a taxa de inscrição.

Outubro – Na segunda quinzena de outubro, pouco antes das provas, devem ficar disponíveis no site do Enem os cartões de confirmação de inscrição. Esse documento é importante porque traz o local onde cada candidato fará sua prova.


Processos seletivos que usam a nota do Enem

Passada a espera pelo resultado do Enem, é hora de encarar a corrida por uma vaga no ensino superior.

São quatro grandes processos. Três deles acontecem duas vezes ao ano, sempre no início de cada semestre letivo.

Conheça:

• Sistema de Seleção Unificada (Sisu) – Na terça-feira seguinte à divulgação dos resultados do Enem costuma ser aberta a primeira edição anual do maior processo seletivo do Brasil. O Sisu distribui vagas em universidades públicas de todo o país e é concorridíssimo. As inscrições ficam no ar por apenas quatro dias seguidos. Para participar basta ter feito o Enem mais recente e ter tirado nota maior do que zero na redação.

• Programa Universidade para Todos (ProUni) – O ProUni concede bolsas de estudos parciais e integrais a estudantes de baixa renda de todo o Brasil. Para participar da seleção, que geralmente abre na semana seguinte ao encerramento do Sisu, é preciso ter feito o Enem mais recente, com desempenho de pelo menos 450 pontos na média das provas e nota acima de zero na redação. O MEC ainda exige que os candidatos se enquadrem em alguns critérios de renda e escolaridade.

• Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) –
Com o FIES dá para financiar os estudos a juros baixos (e em alguns casos até a juro zero) e prazo longo para pagamento da dívida. Para concorrer ao benefício é preciso ter feito qualquer edição do Enem a partir de 2010, apresentando desempenho de pelo menos 450 pontos na média das provas e nota acima de zero na redação. As inscrições para o FIES, tanto no primeiro como no segundo semestre, abrem após sair o resultado do ProUni.

• Ingresso direto – Um número cada vez maior de faculdades privadas está aceitando a nota do Enem como forma de selecionar novos estudantes. O processo todo é muito simples: o candidato apresenta seu boletim de desempenho e, caso tenha pontuação suficiente, já pode fazer a matrícula. Não existe um calendário unificado para esse processo, cada faculdade define quando vai abrir novas vagas para ingresso via Enem.

Onde usar o resultado do Enem

Além das mais de 130 universidades públicas que aceitam o Enem, existem centenas e centenas de outras opções de cursos em faculdades particulares.

São instituições que, por lei, precisam ser bem avaliadas pelo Ministério da Educação para participarem dos programas governamentais. Elas oferecem cursos em diferentes áreas do conhecimento e trabalham tanto com o FIES quanto com o ProUni. Além de tudo, aceitam a nota do Enem como forma de ingresso direto.

Conheça algumas sugestões interessantes que selecionamos para você:

Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA)
Universidade Estácio de Sá (UNESA) 
Centro Universitário UNISEB (UNISEB-Estácio)
Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL) 
Universidade Cidade de São Paulo (UNICID) 
Universidade de Franca (UNIFRAN) 
Universidade Norte do Paraná (UNOPAR)
Faculdade Pitágoras (PITÁGORAS) – em Minas Gerais 
Faculdade Unime (UNIME) – na Bahia

Veja também:
Como concluir o ensino médio através do Enem?


Vai fazer o Enem? Está contando as horas para o resultado? Conte para a gente aqui nos comentários!