Você já deve ter ouvido falar que a mensalidade de Medicina é alta. E é mesmo! A média fica em torno de R$ 5.000. Entre os principais motivos para essa “facada” podemos citar o fato de o curso necessitar de uma infraestrutura pesada de equipamentos e laboratórios, sem contar a qualificação dos professores.

E esse investimento nas mensalidades vai durar pelo menos seis anos. A graduação em Medicina é a mais longa do país. Por se tratar de um curso super puxado, que acontece geralmente em período integral, fica complicado trabalhar durante esse período.

Mas por que será que tanta gente ainda procura fazer Medicina se é tão caro assim? Explicamos: o retorno desse investimento é praticamente garantido! O mercado de trabalho é amplo e os salários são altos. E mais: dá para fazer o curso pagando bem menos, financiar as mensalidades e até estudar Medicina sem pagar um centavo. Fique aqui com a gente que vamos contar tudo.

Veja agora quanto custa uma faculdade de Medicina, quais são os gastos extras que você precisa considerar e como pagar menos para se formar em um dos cursos mais tradicionais do país!

Preços das faculdades de Medicina

Dentro de seus altos preços, os cursos de Medicina apresentam uma variação que vai de aproximadamente R$ 4.000 até mais de R$ 8.000 por mês.

Os valores variam de acordo com a região do país, a qualidade da infraestrutura oferecida aos alunos, o nível dos professores e o renome da instituição.

Veja o resultado da nossa pesquisa – dividida por faixas de preços:

Faculdades de Medicina por menos de R$ 5.000

Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA)
Faculdade Pitágoras (PITÁGORAS) – em Minas Gerais 
• Centro Universitário de Anápolis (UNIEVANGÉLICA)
• Centro Universitário do Espírito Santo (UNESC)
• Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública (EBMSP)
• Faculdade de Medicina do ABC (FMABC)
• Faculdade Evangélica do Paraná (FEPAR)
• Universidade Católica de Brasília (UCB)
• Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP)
• Universidade de Passo Fundo (UPF)
• Universidade de Santa Cruz do Sul (UNISC)

Faculdades de Medicina entre R$ 5.001 e R$ 6.000

Universidade de Franca (UNIFRAN)
Universidade Estácio de Sá (UNESA)
• Centro Universitário Belo Horizonte (UNIBH)
• Centro Universitário do Estado do Pará (CESUPA)
• Centro Universitário Maurício de Nassau (UNINASSAU)
• Faculdade de Ciências Médicas de Campina Grande (FCM)
• Faculdade de Medicina de Itajubá (FMIT)
• Universidade Católica de Goiás (UCG)
• Universidade de Caxias do Sul (UCS)
• Universidade de Mogi das Cruzes (UMC)

Faculdades de Medicina entre R$ 6.001 e R$ 7.000

Universidade Cidade de São Paulo (UNICID)
• Centro Universitário do Maranhão (UNICEUMA)
• Faculdade de Medicina Nova Esperança (FAMENE)
• Universidade de Cuiabá (UNIC)
• Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE)
• Universidade Iguaçu (UNIG)

Faculdades de Medicina por mais de R$ 7.000

• Centro Universitário Nilton Lins (UNINILTONLINS)
• Faculdade de Odontologia São Leopoldo Mandic (SLMANDIC)
• Universidade de Marília (UNIMAR)

Custos extras para estudar Medicina

Ao organizar o orçamento para entrar na faculdade, as mensalidades de Medicina são apenas uma parte dos gastos. É preciso considerar também algumas outras despesas. Por exemplo:
• Alimentação: o curso de Medicina normalmente acontece em período integral. Isso quer dizer que o estudante passa muito tempo fora de casa e terá que fazer pelo menos uma refeição em bares, lanchonetes ou no restaurante da faculdade. Pesquise os preços e coloque na ponta do lápis a sua previsão de despesas. Mesmo para quem leva comida de casa, isso representa gasto com supermercado, que também tem que ser considerado.
• Transporte: esse custo pode parecer pequeno, mas, somando todos os dias do mês, os gastos com transporte – passagens ou combustível – podem representar uma quantia importante. Se você vai de carro para a aula, não se esqueça também do custo do estacionamento.
• Material didático: o curso de Medicina usa uma grande quantidade de livros (a maioria super cara). Mesmo que você seja um frequentador assíduo da biblioteca e pegue muitas publicações emprestadas, será inevitável ter que comprar pelo menos as obras mais importantes. Veja também na faculdade se o curso pede a compra de outros materiais para uso nas aulas e laboratórios. Tente fazer a média de todos esses gastos e coloque no orçamento.
• Moradia: para quem tem que estudar em outra cidade, a moradia representa um custo alto. O principal gasto é o aluguel, mas não se esqueça também de itens como IPTU, água, luz, limpeza, internet, etc. Outros custos a considerar são o frete para a mudança e alguma eventual compra de móveis.

Formas de pagar menos para estudar Medicina

Muita gente desiste de fazer Medicina só de olhar os preços. Mas estamos aqui para não deixar você desanimar assim tão fácil.

Conheça estes dois programas do governo federal, criados para ampliar o acesso ao ensino superior:

• ProUni: é o Programa Universidade Para Todos, que distribui bolsas parciais e integrais em universidades de todas as regiões do país. Há oportunidades em todas as áreas do conhecimento, inclusive Medicina. Para ganhar uma é preciso se inscrever em um processo seletivo que exige desempenho de pelo menos 450 pontos na média das provas e nota acima de zero no Enem mais recente, além de requisitos de renda familiar e formação. As inscrições são gratuitas e acontecem duas vezes ao ano.
• FIES: o Fundo de Financiamento Estudantil ajuda a pagar a mensalidade do curso superior. Medicina está entre os cursos cobertos pelo FIES. Aqui, os juros são baixos e o prazo para quitar a dívida é longo. Quer saber o melhor de tudo? As parcelas só vêm depois da formatura. O processo seletivo para conseguir o benefício exige que o candidato cumpra requisitos de renda familiar e desempenho no Enem (vale apresentar a nota de qualquer edição do exame a partir de 2010). As inscrições são gratuitas e também acontecem duas vezes ao ano.
Não se encaixa nos critérios do FIES e do ProUni? Pois saiba que várias faculdades de Medicina reconhecidas e bem avaliadas pelo MEC oferecem descontos, bolsas próprias e financiamento sem burocracia. Conheça alguns exemplos que selecionamos para você:
Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA)
Faculdade Pitágoras (PITÁGORAS) – em Minas Gerais 
Universidade Cidade de São Paulo (UNICID) 
Universidade de Franca (UNIFRAN)
Universidade Estácio de Sá (UNESA)

Veja também:
FIES para Medicina

Vai tentar uma bolsa de estudos ou financiamento para conquistar o sonho de cursar Medicina? Conte para a gente aqui nos comentários!