Sabia que o curso de Enfermagem é super popular no Brasil?

Com cerca de 300 mil alunos matriculados, a graduação está presente em nada menos que 700 instituições de ensino em todo o país. É o sexto curso superior com mais estudantes, de acordo com o último Censo da Educação Superior!

A gente já até imagina os motivos para tamanho sucesso: alta empregabilidade no mercado de trabalho, diversidade de formatos de estudos e grande disponibilidade de vagas.

Com tanta opção disponível, é natural encontrar valores que cabem em bolsos de todos os tamanhos – uma ótima notícia para quem está pensando em ingressar nessa carreira.

Confira a seguir o preço da faculdade de Enfermagem, como conseguir descontos para pagar ainda menos e como encontrar instituições de qualidade onde estudar.

Preço da faculdade de Enfermagem

Como a maioria dos cursos na área de Saúde, a mensalidade média de Enfermagem não é assim tão barata.
Essa graduação exige bastante infraestrutura por parte das faculdades, como laboratórios e equipamentos super especializados, aumentando os custos consideravelmente.

Ainda bem que o curso superior de Enfermagem pode ser feito tanto no formato presencial quanto a distância. Este último é uma novidade relativamente recente no Brasil, mas está se popularizando depressa. Isso ajuda a dar uma certa aliviada nos preços das mensalidades.

Vamos ver a seguir os valores médios, máximos e mínimos nas duas modalidades de ensino: presencial e a distância.

Preço da faculdade de Enfermagem presencial

O valor médio do curso de Enfermagem presencial no Brasil é de R$ 1.250 por mês, mas existem faculdades por aí que cobram mais de R$ 2.000.

Parece muito? Não se assuste: é possível encontrar mensalidades mais baratas, de aproximadamente R$ 850.
O que faz o preço ser alto ou baixo são fatores como a faculdade, o turno em que o curso está disponível e a cidade onde você quer estudar.

Preço do curso de Enfermagem a distância

Bom, na verdade o curso de Enfermagem a distância é oferecido apenas no formato semipresencial. Isso significa que não dá para se formar sem sair de casa. É preciso reservar um ou mais dias da semana para comparecer à faculdade ou ao polo de apoio para acompanhar as aulas, participar de atividades de laboratório e cumprir as atividades presenciais programadas.

Ainda são poucas as instituições autorizadas pelo Ministério da Educação (MEC) a oferecer o curso de Enfermagem a distância – e muitas deles nem sequer abriram matrícula ainda.

Entre as mais conhecidas, destacamos a Universidade Estácio de Sá (UNESA) e o Centro Educacional Anhangeura (ANHANGUERA).

É importante saber que somente a parte teórica do curso pode ser feita remotamente, com a ajuda de um ambiente virtual de aprendizagem.  Isso faz com que o curso de Enfermagem a distância não seja assim tão mais barato do que o presencial. Aqui, o valor médio das mensalidades é de R$ 1.100 – mas calma! Você vai ver a seguir que dá para estudar pagando bem menos.


Preço do curso de Enfermagem com desconto

É aqui que a coisa se torna bem mais interessante. Quem não está com tanta disponibilidade de grana para pagar as mensalidades pode correr atrás de bolsas e descontos. Com eles, o valor do curso chega a cair pela metade.
Veja o caso, por exemplo, dos descontos que muitas faculdades concedem aos alunos que pagam as mensalidades em dia. Eles podem se aproximar de 30%. Assim, uma faculdade que custa R$ 1.300, por exemplo, acaba saindo por R$ 975 (o que dá R$ 325 de economia assim, facinho).

Isso vale tanto para as faculdades mais baratas quanto para as mais caras. Aquelas que custam cerca de R$ 800 ficam por R$ 600 com os descontos. Uma que custa R$ 2.000 acaba saindo por R$ 1.470 no fim do mês, por exemplo.
O mesmo esquema vale para as faculdades a distância. Nas mais em conta dá para economizar quase R$ 200 só por pagar em dia.

E não acaba aqui não. Tem muito mais descontos para quem procura. Eles podem vir na forma de bolsa incentivo (para estudantes com bom desempenho, transferidos de outras faculdades, reingressantes no ensino superior, etc.), bolsas integrais para os primeiros colocados no vestibular e até promoções pontuais para atrair novos alunos.

Fora isso, existem dois grandes programas do governo federal que facilitam – e muito! – o acesso ao ensino superior:

Programa Universidade para Todos (ProUni): Concede bolsas de estudos. Dependendo do perfil do aluno, o governo pode arcar com 100% das mensalidades ou com metade do valor. Para concorrer ao benefício é preciso ter feito o Enem mais recente e se encaixar em critérios de renda familiar, escolaridade e desempenho no exame. O ProUni é bastante concorrido e abre inscrições duas vezes por ano, sempre no início dos semestres letivos. Fique ligado.
Fundo de Financiamento Estudantil (FIES): Com o FIES o estudante pode receber ajuda para fazer um curso superior agora e só começar a pagar a dívida depois da formatura, com juros baixos e prazo a perder de vista. O programa é destinado a quem se encaixa em determinados critérios de renda e desempenho no Enem. O FIES abre inscrições duas vezes ao ano.

Sobre o curso de Enfermagem

Enfermagem é um bacharelado com cinco anos de duração. O curso tem um perfil bastante prático e aborda conteúdos de Medicina, Psicologia, Química e Biologia desde o primeiro até o último dia de estudos.

O aluno também terá que encarar uma carga horária considerável de prática clínica – é um momento importante para entender como a profissão funciona de verdade.

Os enfermeiros encontram emprego com facilidade em hospitais, clínicas e centros de reabilitação de diversos portes.
As portas estão abertas também em clubes esportivos, empresas de eventos e no atendimento domiciliar. As oportunidades acompanham o forte crescimento do setor médico em geral, em todas as regiões brasileiras.

Onde estudar Enfermagem

Enfermagem é um curso com grande disponibilidade no Brasil. Isso exige o dobro de atenção na hora de escolher uma faculdade.

É preciso verificar se a instituição tem o reconhecimento do MEC e autorização para oferecer a graduação, pois somente com um diploma válido e reconhecido pelo MEC será possível exercer a profissão legalmente.

Por isso, nada de marcar bobeira. Escolha instituições como as que listamos a seguir, que têm boa infraestrutura, boa avaliação junto ao MEC e, de quebra, estão presentes em quase todo o país!
Conheça:

Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA)
Universidade Estácio de Sá (UNESA) 
Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL) 
Universidade Cidade de São Paulo (UNICID)
Universidade de Franca (UNIFRAN) 
Faculdade Pitágoras (PITÁGORAS) – em Minas Gerais
Todas as faculdades da lista acima oferecem bolsas, descontos e financiamentos próprios, além de participarem do FIES e do ProUni.

Veja também:
Qual o salário de um enfermeiro?

Está pensando em fazer Enfermagem? Conte para a gente o que você achou do valor das mensalidades!