O curso de Educação Física

O curso de Educação Física é ideal para as pessoas que gostam de esportes e de manter um corpo saudável. O curso de graduação é oferecido nas modalidades licenciatura e bacharelado e possui duração média de 4 anos. Além disso, o curso pode ser encontrado em instituições que ofereçam ensino a distância.

A ementa do curso envolve disciplinas destinadas à área de biológicas, como anatomia e fisiologia, mas também disciplinas de informática, estatística, etc. Além dessas disciplinas, existem outras específicas do curso de Educação Física, como as de esportes em geral.


Faculdades públicas que oferecem o curso

Muitas universidades públicas oferecem o curso de Educação Física. Abaixo você encontra uma lista com alguns deles, retirados do site do Ministério da Educação (e-MEC).

  • Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT)
  • Universidade de Brasília (UnB)
  • Universidade Federal do Amazonas (UFAM)
  • Universidade Federal do Piauí (UFPI)
  • Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP)
  • Universidade Federal de Viçosa (UFV)
  • Universidade do Estado da Bahia (UNEB)
  • Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP)
  • Universidade de São Paulo (USP)
  • Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (UNESP)
  • Universidade Estadual de Maringá (UEM)
  • Universidade Federal do Espírito Santo (UFES)
  • Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ)
  • Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)
  • Universidade Federal de Goiás (UFG)
  • Universidade Federal de Lavras (UFLA)
  • Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS)
  • Universidade do Estado do Amazonas (UEA)
  • Universidade Federal do Amazonas (UFAM)
  • Universidade Federal de São João del Rei (UFSJ)
  • Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)

Profissão

O profissional de Educação Física está apto a ministrar atividades para uma pessoa ou um grupo de pessoas. Além disso, pode exercer sua profissão em escolas da educação básica como docente no ensino fundamental e médio, em academias, clubes esportivos, como treinador pessoal, recreador e animador de grupos.Em equipes de esportes, como treinadores e preparadores físicos no desenvolvimento do rendimento técnico, tático e físico.Como pesquisadores no campo da corporeidade, do rendimento esportivo, da ergonomia, da metodologia do ensino, da preservação da saúde ou de mecanismos de interação social. Atualmente, muitos profissionais optam por trabalhar por conta própria, como treinador físico pessoal, ou montando a própria academia.

Outra opção seria a realização de uma especialização que torne o profissional apto a trabalhar em instituições de ensino superior, seja ministrando aulas ou participando de projetos da universidade.

O mercado de trabalho

A sociedade atual busca, cada vez mais, a saúde plena do corpo e da mente. Por conta disso, o mercado de trabalho para o profissional de educação física está crescendo consideravelmente.

O profissional pode trabalhar também em campanhas sociais que auxiliem o ingresso de crianças e adolescentes em programas educativos que, por meio do esporte, promovam a inserção de cultura e arte.