As mensalidades de um curso superior tornam a conquista do diploma umsonho quase impossível para milhares de estudantes. Para atender partedessa demanda, o Ministério da Educação oferece o Fundo deFinanciamento ao Estudante do Ensino Superior (Fies). Todos os anos,cerca de 100 mil estudantes recebem auxílio do governo para manter osestudos.

Quem deseja concorrer às vagas oferecidas este ano deve ficaratento: as inscrições já começaram. Até o dia 19, os interessados devempreencher o formulário disponível no site da Caixa Econômica Federal.Os cursos considerados prioritários na formação de profissionais para odesenvolvimento do país terão mais descontos. Paula Branco de Mello,coordenadora-geral do Fies, ressalta que, desde o ano passado, ascondições de quitação da dívida foram facilitadas.

Depois de formado,o jovem tem mais tempo para pagar o financiamento. Antes o prazo era deuma vez e meia o tempo utilizado. Agora, são duas vezes, destaca.Higor Henrique Valadares Pimentel, 19 anos, estudante do 4 semestre dedireito no Centro Universitário de Brasília (UniDF), vai concorrer auma vaga no programa pela segunda vez. As mensalidades de mais de R$700 estão pesando no orçamento dos pais, que pagam o curso para ele.

Meu pai ficou desesperado quando viu o valor. Como ele também seformou com a ajuda do financiamento, me incentivou a tentar?, conta.Higor, que saiu de Unaí (MG) para estudar em Brasília, sonha ser umservidor público. ?É uma política boa e necessária. A gente tem adívida por mais tempo, mas paga parcelas menores, analisa.

O estudantese diz um bom aluno e está esperançoso. Para a coordenadora doprograma, o financiamento é importante porque oferece auxílio aosestudantes que não se encaixam no perfil exigido para disputar asbolsas do Programa Universidade para Todos (ProUni). ?Os candidatos nãoprecisam ter renda mínima ou máxima para participar do Fies. Nem todosconseguem ser atendidos pela limitação dos recursos, mas há maispossibilidades para estudantes que não são de baixa renda, pondera.Paula admite que o programa é uma garantia de pagamento para asfaculdades, por isso é bem aceito.

Segundo ela, 1,4 mil instituiçõesaderiram ao Fies. Paula lembra que os bolsistas parciais ecomplementares do ProUni que foram contemplados com vagas no Fies eainda não se apresentaram na Caixa Econômica para assinar os contratosterão até sexta-feira para fazê-lo.

PARTICIPE VOCÊ TAMBÉM

Período deinscrições Até 19 de outubro Número de vagas 100 mil Quem podeparticipar Qualquer estudante regularmente matriculado em umainstituição de ensino superior credenciada no Fies, distinguidapositivamente nas avaliações do Ministério da Educação, e que nuncatenha sido benéficiado por programas de financiamento estudantil.Pré-requisitos básicos A renda bruta total mensal familiar não pode serinferior ao valor da mensalidade do curso a ser financiado.

Paraassinar o contrato, o candidato precisa apresentar uma garantia: fiadortradicional ou fiadores solidários (grupo de alunos que, juntos, serãofiadores uns dos outros).

O financiamento O programa paga até 75% dovalor da mensalidade para alunos que fazem cursos consideradosprioritários e possuem grande empregabilidade (medicina, geologia,engenharias, tecnólogos e as licenciaturas em física, química,matemática e biologia); e até 50% dos outros cursos. O estudante devearcar com o restante da mensalidade.

A cada três meses, ele paga R$ 50,valor que vai sendo abatido de seu saldo devedor. A taxa de juros, apartir dos contratos firmados no segundo semestre de 2006, é de 3,5% aoano fixa para os cursos de licenciatura, pedagogia, normal superior etecnológicos; e de 6,5% ao ano fixa para os outros cursos. Quando seformar, o estudante contará com seis meses de carência para começar aquitar o financiamento.

O beneficiado tem duas vezes o tempo financiadopara quitar o débito. Como se inscrever Os interessados devem preenchero formulário de inscrição que estará disponível no sitewww3.caixa.gov.br/fies.

É preciso fornecer dados pessoais e um e-mail.A Caixa enviará uma mensagem com uma senha, que deverá ser utilizadapelo candidato para finalizar a inscrição. A confirmação será enviadaao email fornecido pelo candidato. Não é preciso levar nenhum documentoà instituição.

No dia 20, será divulgada a lista com os nomes dosinscritos. Se o seu não estiver lá, procure a faculdade com o e-mailrecebido com a confirmação.

Critérios de seleção Têm prioridade nasvagas os candidatos com renda bruta total mensal familiar mais baixa;que ainda não possuem diploma de ensino superior; egressos de escolaspúblicas (ensino médio); quem já trabalha como professor em escolas deensino infantil, fundamental ou médio; candidatos com deficiência eafrodescendentes e indígenas.

O desempenho do candidato no curso éfundamental: quanto melhores as notas no semestre letivo anterior, maischances ele tem de conseguir uma vaga.

Resultados

Os pré-selecionadosem primeira chamada serão conhecidos em 3 de novembro. Haverá mais duaschamadas, nos dias 1 e 22 de dezembro. EInformações www.mec.gov.br(ícone Fies) ou www3.caixa.gov.br/fies