Uma bolsa de estudos é a chave para muita gente conseguir cursar instituições particulares sem precisar pagar a mensalidade, fazer um intercâmbio no exterior ou até receber uma ajuda de custo enquanto faz a pós-graduação. No Brasil, existem diversos programas patrocinados pelo Governo e instituições privadas que concedem bolsas de estudos nacionais e internacionais.

Preparamos o guia a seguir com as principais bolsas para estudar no Brasil e no exterior. A quantidade de alunos beneficiados muda com frequência, assim como os países que recebem estudantes brasileiros.

Confira o caminho das pedras com indicações de sites e instituições confiáveis para começar a sua busca por uma bolsa!

Bolsas de estudos em faculdades particulares

O Programa Universidade para Todos (ProUni) oferece bolsas parciais (50%) e integrais (100%) para estudantes brasileiros de baixa renda em faculdades particulares de todo o País. Para participar, é necessário ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no ano anterior, obtido média de pelo menos 450 pontos nas provas e não ter zerado na redação. As bolsas integrais são para candidatos com renda familiar bruta mensal de até um salário mínimo e meio por pessoa e as parciais são para quem ganha até três salários mínimos por pessoa.

As inscrições para o ProUni são gratuitas e acontecem duas vezes por ano, no primeiro e no segundo semestre.

Confira algumas instituições autorizadas pelo MEC a oferecer cursos superiores que têm seus próprios programas de bolsas ou participam do ProUni:

Capes

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) é uma fundação do Ministério da Educação (MEC) que oferece bolsas para alunos de pós-graduação estudarem no Brasil e no exterior. A Capes tem diversos programas em andamento:

Bolsas da Capes no Brasil:
DINTER Novas Fronteiras
Programa de Demanda Social (DS)
Programa de Apoio à Pós-Graduação (PROAP)
MINTER e DINTER – CAPES/SETEC
Programa de Apoio a Eventos no País (PAEP)
Programa Institucional de Qualificação Docente para a Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica (PIQDTEC)
Programa Nacional de Pós Doutorado (PNPD/CAPES-2013)
Plano Nacional de Pós-Doutorado (PNPD)
Programa de Apoio a Projetos Institucionais com a Participação de Recém-Doutores (PRODOC)
Programa de Formação Doutoral Docente (PRODOUTORAL)
Programa de Excelência Acadêmica (PROEX)
Programa de Suporte à Pós-Graduação de Instituições de Ensino Particulares (PROSUP)
Programa Professor Visitante Nacional Sênior (PVNS)
Programa Professor Visitante Sênior (PVS Capes-UNILA)

Bolsas da Capes no Exterior:
Doutorado
Doutorado Sanduíche no Exterior - PDSE
Pesquisa Pós-Doutoral
Estágio Sênior
Apoio a Eventos no Exterior (AEX)
Programa de Áreas Estratégicas e Institutos Nacionais de Ciência e Tecnologia
Grande Prêmio CAPES de Teses

Mais informações no site da Capes.

CNPq

O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) é uma agência de fomento à pesquisa vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI). O CNPq tem uma série de programas de bolsas para alunos do Ensino Médio, graduação, pós-graduação e pesquisadores, tanto no Brasil como no Exterior:

Bolsas do CNPq no Brasil:
- Ensino Médio:
 Iniciação Científica Júnior – ICJ

- Graduação:
Iniciação Científica – IC

- Pós-graduação:
Mestrado – GM
Doutorado Pleno – GD
Doutorado Sanduíche no País – SWP

- Pesquisa:
Pós-Doutorado Júnior – PDJ
Pós-Doutorado Sênior – PDS
Desenvolvimento Científico e Tecnológico Regional – DCR
Pesquisador Visitante – PV
Pesquisador Visitante Especial – PVE
Produtividade em Pesquisa – PQ
Pesquisador Sênior - PQ-Sr
Produtividade em Desenvolvimento Tecnológico e Extensão Inovadora – DT
Apoio Técnico – AT
Atração de Jovens Talentos – BJT

Bolsas do CNPq no Exterior:
- Graduação:
SWG - Graduação Sanduíche

- Pós-graduação:
Doutorado Pleno – GDE
Doutorado Sanduíche - SWE

- Pesquisa:
Pós-Doutorado – PDE
Estágio Sênior – ESN
Treinamento no Exterior – SPE
Desenvolvimento Tecnológico e Inovação no Exterior Junior em TIC's – DEJ
Desenvolvimento Tecnológico e Inovação no Exterior Sênior em TIC's – DES

Além desses programas, o CNPq oferece bolsas para pequenas e médias empresas investirem na formação de pessoal qualificado e implementarem projetos de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação.

Mais informações no site do CNPq.

Ministério das Relações Exteriores

A Divisão de Temas Educacionais do Ministério das Relações Exteriores trata de assuntos relacionados à cooperação educacional entre o Brasil e outros países e divulga, em sua página na internet, todas as oportunidades de bolsas de estudo oferecidas no Brasil para estrangeiros e no exterior para brasileiros.

As modalidades vão desde cursos profissionalizantes e de graduação até especialização e pós-graduação (mestrado e doutorado). As informações sobre a quantidade de bolsas oferecidas, os países com oportunidades em aberto e o procedimento para inscrição são atualizados regularmente.

Mais informações no site do Ministério das Relações Exteriores.

Veja também:
Como entrar no ProUni com a nota do Enem

E aí, vai tentar alguma dessas bolsas de estudo? Qual delas? Conte para a gente aqui nos comentários!