As usinas vivas

Química e vida - À primeira vista, a noção que seres vivos são “máquinas químicas”constituídas por moléculas. Essas “máquinas” recebem outras moléculas do ambiente, transformando-as constantemente, e despejam no ambiente os resíduos. Enfim organismos vivos funcionam como verdadeiras usinasquímicas, sendo essa atividade chamada de metabolismo.

A composição químicas das moléculas - Que substâncias compõe um organismo? Podemos, analisar quimicamente um pedaço de fígado de boi, triturado; verificaremos nele a presença de muitas substancias, como mostra atabela

Água

Carbroidratos

Sais minerais diversos

Lipídios

Ácidos nucléicos

Aminoácidos

Na tabela, que funciona como uma lista básica do que existe nos seres vivos, separamos as substâncias orgânicas e inorgânicas. As substâncias inorgânicas, são simples, de moléculas pequenas, e podem ser encontradas facilmente fora dos seres vivos. As substâncias orgânicas, são mais complexas e tem moléculas de tamanho maior, em que existem “fileiras” de átomos de carbono.

Freqüência das diversas substâncias - Carbono, hidrogênio, oxigênio e nitrogênio constituem aproximadamente 96% dos átomos da maior parte dos organismos. Esses elementos podem fazer parte das moléculas simples como água (HO ), ou então de moléculas complexas, como proteínas e ácidos nucléicos.

Em qualquer organismo a maior porcentagem é de água , em seguida pelas proteínas , nas células animais.

Água: Solvente por excelência - Por que a água é tão fundamental? Na verdade, ela é um dos melhores solventes que existem na natureza; em outras palavras, dissolve uma infinidade de tipos de substâncias. Grande parte das substâncias dos seres vivos fica, então, dissolvida na água. Todo transporte de substâncias tanto dentro das células e outra dependem assim da água. Alimentos, gases da respiração, excretas, tudo isso se difunde nesse líquido e é por ele carregado.

A águafavorece a ocorrência de reações químicas. As moléculas nela dissolvidas ficam em constante movimento, podendo se “encontrar” e reagir quimicamente. O metabolismo depende sem dúvida da água.

Em um nível de organismo, a água tem muita importância na manutenção da temperatura de animais e plantas terrestres.

Sais minerais: funções diversificadas

Os sais minerais são encontrados tanto nas células vivas quanto na natureza não-viva.

Dissolvidos em água sob forma de íons : na sua porcentagem modificam profundamentea permeabilidade, a viscosidade a capacidade de responder estímulos das células. Além disso:a concentração total dos íons minerais nos líquidos celulares tem relação com a entrada e saídade água na célula.

Imobilizados como componentes de estruturas esqueléticas: neste caso são pouco solúveis.É o caso dos esqueletos das cascas de ovos, das carapaças de insetose caranguejos.

Os íons e suas observações

Sódio: Sua concentração na célulaé sempre menor do que a externa. As membranas celulares expulsão constantemente o sódio que tende a penetrar na célula.

Potássio: Inversamente ao sódio, é mais abundante dentro das células do que fora delas. Sódio e potássio se relacionam com fenômenos de condução nervosa.

Cálcio: Necessário para ação de certas enzimas, como na coagulação, por exemplo.

Magnésio: Presente na clorofila, portanto necessário ao processo de fotossíntese.

Ferro: Presente na hemoglobina, que transporta o oxigênio. Faz parte dos citocromos, substâncias importantes que participam do processo de respiração celular.

Açúcares e gorduras

Os Carbroidratos: principalmente energia

Os Carbroidratos, moléculas orgânicas constituídas por carbono, hidrogênio e oxigênio, são as principaissubstâncias produzidasnasplantas durante o processo da fotossíntese. De modo geral, são utilizados pelas célulascomo combustível.

Os monossacarídeos - Os monossacarídeostêmnormalmente a fórmulaCn(H2 O)n , onde n varia de 3 a 7. Assim nosmonossacarídeos existe a proporção de um carbono para dois hidrogênios e para um oxigênio. Eles são classificados de acordo com o número de átomos, como mostra a tabela:

Tipos de monossacarídeos

Fórmula

Trioses

C3H6O3

Tetroses

C4H8O4

Pentoses

C5H10O5

Hexoses

C6H12O6

Heptoses

C7H14O7

Osoligossacarídeos e os polissacarídeos - Os oligossacarídeos são moléculas constituídas pela união de dois a dez monossacarídeos. Os monossacarídeos unem-se por uma reação em que ocorre saída de uma molécula de água por ligação (desidratação). Os oligossacarídeos mais importantes são os dissacarídeo, como a sacarose, lactose e a maltose.Os polissacarídeos são moléculas enormes, às vezes ramificadas, constituídas por numerosos monossacarídeos, como o amido e a celulose. Quando um animal ingere oligossacarídeos ou polissacarídeos , seu tubo digestivo tem a função de transforma-los em monossacarídeos. Se isto não ocorrer a absorção da parede do intestino não se efetua. Esta quebra de moléculas é chamada de Hidrólise, porque se faz adição de moléculas de água.

Apesar de amido, celulose e glicogênio serem constituídos pelas mesmas unidades, a diferença entre eles se deve ao tipo de ligação entre a glicose e a conformação espacial das moléculas.

Os lipídeos: construção e reserva de energia - São substâncias muito abundantes em animais e vegetais. Compreendem os óleos , as gorduras, as ceras, os lipídeos compostos e finalmente os esteróides, que apesarde estruturalmente diferentes dos outros lipídios, ainda assim são considerados lipídios.

Lipídios simples - São sempre originados da reação entre um álcool e um ácido graxo. Nos óleos e gorduras, chamamos glicerídeos, o álcool é sempre o glicerol; nas ceras, o álcool é uma molécula de cadeia longa, e nãoglicerol.

Lipídioscompostos -Na formação de um lipídio composto, além do ácido graxo e do álcool, entra uma substância adicional, como o fósforo.

Esteróides - Os esteróides têm estrutura química bastante diferente do resto dos lipídios. São todos semelhantes à molécula docolesterol, da qual derivam. Além de componentes das membranas animais, funcionam como hormônios importantes no metabolismo animal.

Equação química da respiração

C6H12O6 + O2 ®CO2 + H2O



Aeróbica a nível celular

E ->Energia química

Molécula: ATP -> é facilmente desdobrada em energia para a célula.

- Síntese de proteína

- Reprodução

- Locomoção ( flagelos, cílios, pseudópodes ).

- ATP - Trifosfato de adenosina “moeda energética da célula”

Uma molécula de glicose se transforma em 38 moedas de energia ( ATP ).

Na fermentação:

C6H12O62 -> moedas de ATP

O ATP quebra, perde um fósforo e sai calorias.

ATP-> Calorias

3 fósforos -> 2 fósforos

1 fósforo sai

Depois que o ATP perde 1 fósforo ele é chamado de ADP.

O ATP é uma das moléculas da mesma família do DNA, RNA.