Estas são dicas simples que podem ajudar a organizar os estudos e preparar os ânimos para enfrentar a maratona de provas que está por vir. Boa sorte!

Resista à tentação de tentar aprender tudo o que ainda não sabe às vésperas da prova. Essa overdose de informação só irá sobrecarregar a sua cabeça e pode até prejudicar o seu desempenho na prova. Não perca tempo com assuntos que nunca teve facilidade para entender.

Cuide da alimentação. Coma muitas frutas e verduras e beba bastante líquido. Evite alimentos estimulantes, como chocolate e café, pois não contribuem para o melhor funcionamento do cérebro e podem até aumentar o nervosismo. Alimentos muito gordurosos também devem ser evitados, pois demoram mais tempo para serem digeridos e podem dar sono e mal-estar.
Faça uma cópia autenticada da carteira de identidade e do cartão de convocação por precaução. Lembre-se de não guardar as cópias junto com os originais para evitar perdas maiores.

Chegue ao local da prova com cerca de 40 minutos de antecedência. Evite o desgaste de ter de se apressar para chegar a tempo e, principalmente, não corra o risco de encontrar os portões fechados e ser impedido de participar do processo seletivo.
No local da prova, afaste-se dos pessimistas e dos chatos de plantão. Fuja também dos "sabe-tudo"; muitas vezes eles sabem menos do que você, mas adoram deixar os concorrentes nervosos. Relaxe e aproveite.

Comece pelas questões que você sabe e deixe aquelas que julgar mais difíceis para o final.

Ao término da prova, evite o desgaste emocional de ficar discutindo com outros colegas sobre as respostas. Melhor ir para casa descansar e recomeçar todo o processo de preparação para a próxima prova.

Assuma uma atitude positiva. Acredite no seu potencial e faça o melhor que puder. Não se faça de vítima. De acordo com um levantamento feito pelo MEC em 2004, todos os anos cerca de 5 milhões de se candidatam a uma vaga no ensino superior brasileiro. Portanto, você não é o único a enfrentar a pressão de prestar vestibular.