Para conseguir uma bolsa de estudos do ProUni (Programa Universidadepara Todos) em cursos muito concorridos como medicina e engenharia, oaluno terá de ter acima de 800 pontos no Enem, segundo o Agora apurou.

A nota mínima para que ele participe do programa é de 400, porém como onúmero de inscritos supera o de bolsas, a pontuação será usada comodesempate entre os candidatos que atenderem ao critério do programa. Anota do Enem é a média das provas objetivas mais a redação.

As bolsas para os cursos de média procura como os de licenciatura,tecnologia e ensino a distância, entre outros, vão exigir pontuação nafaixa de 650. Os candidatos que fizeram até 500 pontos, têm chances deconseguirem bolsas para as graduações de menor procura comoadministração, direito, psicologia, jornalismo, entre outras.

O aluno que se inscreveu no programa com a pontuação mínima exigida,400, terá poucas chances de conseguir ser contemplado, segundo o MEC(Ministério da Educação). O ProUni disponibiliza 165 mil bolsas deestudos, integrais e parciais, em faculdades particulares de todo opaís. As inscrições para a primeira fase terminam às 23h59 de hoje. Atéas 18h horas de ontem, o MEC havia recebido 570.110 inscrições. Elassão feitas exclusivamente pelo site www.mec.gov.br/prouni, onde serão divulgados os primeiros resultados, no sábado.

A expectativa do ministério é de que o número de inscrições atinja acasa dos 800 mil candidatos, e supere em 25% a previsão inicial.

Em uma última etapa para ser contemplado pelo programa, o aluno podeser encaminhado para um processo de seleção feito pela própria unidadede ensino.

Para entrar na disputa do ProUni, ele precisa ter feito o ensinomédio na rede pública de ensino ou como bolsista na particular. Ascondições socioeconômicas também são critério. As bolsas integrais sãooferecidas apenas aos alunos que tenham renda familiar de até umsalário mínimo e meio (R$ 765) por pessoa. Os que possuem até o dobrodessa renda (R$ 1.530) estão dentro dos critérios para a disputa dasbolsas parciais que cobrem metade do curso.

Para garantir o benefício, o universitário tem de ter aproveitamentomínimo de 75% nas disciplinas cursadas em cada período letivo, senão obenefício será suspenso pelo programa.

Quem perder o prazo e não conseguir se inscrever no ProUni até hoje,pode aproveitar a segunda etapa que ocorre entre os dias 4 e 7 demarço. O resultado dessa fase sai em 10 de março. A comprovação dedados e a matrícula dos aprovados deverão ser efetivadas entre os dias10 e 12.