01.(UECE) Exerce função de sujeito o termo destacado em:
a. “O corpo me doía todo, a cabeça também...”
b. “...mas tranquei a boca.”
c. “...o sujeito já tirava a outra mão do punho da rede e segurava o joelho.”
d. “...e o homem puxou a mão ferida.”
e. “Havia ali um enorme corte.”

02.(UFSC)
“Resolveu sair, nunca, o trataram assim, havia ali muitas pessoas que não gostavam dele...”
Indique a soma das alternativas verdadeiras.
01 – O sujeito do período Resolveu sair é indeterminado.
02 – O sujeito do verbo havia é oculto.
04 – O sujeito de trataram é indeterminado.
08 – O sujeito de gostavam é simples.
16 – A oração havia ali muitas pessoas não possui sujeito.
32 – O sujeito de havia é muitas pessoas.

03.(UFPR) – Dê a soma da(s) alternativa(s) que apresente(m) sujeito indeterminado.
01 – Alugaram-se muitos apartamentos na praia.
02 – Neste estado há muitos desempregados.
04 – Ontem fecharam a loja bem cedo.
08 – Trabalhou-se muito na última eleição.
16 – Espera-se você no próximo feriado.
32 – Duvidou-se de sua palavra.

04.(PUC-SP) – O verbo ser, na oração:
“Eram cinco horas da manhã...”, é:
a) pessoal e concorda com o sujeito indeterminado.
b) impessoal e concorda com o objeto direto.
c) impessoal e concorda com o sujeito indeterminado.
d) Impessoal e concorda com a expressão numérica.
e) Pessoal e concorda com a expressão numérica.

05.Dê a soma das alternativas que apresentem oração sem sujeito:
Artigo: França – Português
01 – Havia, naquela estrada, pessoas sem direção.
02 – Houveram-se comigo naquela manhã.
04 – Ocorreu, dois dias após sua morte, aquela invasão.
08 – Fez muito frio no inverno passado.
16 – Eram dez horas.
32 – Reclamaram do atendimento.
64 – Existe um prêmio para o vencedor.

06. Dê a soma das alternativas em que o sujeito está classificado corretamente:
01 – Nesta fábrica, trabalha-se muito. (sujeito indeterminado)
02 – Não se aceita devolução de produtos. (sujeito indeterminado)
04 – Vieram todos bêbados da festa. (sujeito simples)
08 – Aconteceu um momento de silêncio. ( sujeito inexistente)
16 – Crê-se em vocês. (sujeito simples)
32 – Vendeu-se o carro ontem pela manhã.( sujeito simples)

07. Dê a soma das alternativas que apresentem sujeito indeterminado:
01 – Nunca se pensou em vender o carro.
02 – Deixou-se levar pela amargura.
04 – Ontem se lembrou de vocês.
08 – Nesta cidade faz muito frio durante o inverno.
16 – Recordou-se dos bons tempos idos.
32 – Estavam atentos ao placar do jogo.
64 – Esperava-se muita ajuda naquela ocasião.

08.(PUC) – “Nesse momento começaram a feri-lo nas mãos a pau” – Nessa frase o sujeito do verbo é:
a) nas mãos;
b) indeterminado;
c) eles (determinado;
d) inexistente ou eles, depende do contexto.
e) N.d.a.

09.(UNIRIO) – Em: “Na mocidade, muitas coisas lhe haviam acontecido”, temos oração:
a) sem sujeito;
b) com sujeito simples e claro;
c) com sujeito oculto;
d) com sujeito composto;
e) com sujeito indeterminado.

10.(FUVEST) – Assinale a alternativa em que há oração sem sujeito.
a) Existe um povo que a bandeira empresta.
b) Embora com atraso, haviam chegado.
c) Existem flores que devoram insetos.
d) Alguns de nós ainda tinham esperança de encontrá-lo.
e) Há de haver recurso desta sentença.

11.(FMU-SP) –
“Ouviram do Ipiranga as margens plácidas
De um povo heróico brado retumbante...”
Artigo: França – Português
O sujeito desta afirmação com que se inicia o Hino Nacional é:
a) indeterminado
b) “um povo heróico”
c) “as margens plácidas”
d) “do Ipiranga”
e) “o brado retumbamte”

12.(OSEC-SP) – Nas seguintes orações:
“Pede-se silêncio.”
“A caverna anoitecia aos poucos.”
“Fazia um calor tremendo naquela tarde.”
O sujeito se classifica respectivamente como:
a) indeterminado, inexistente, simples
b) oculto, simples, inexistente
c) inexistente, inexistente, inexistente
d) oculto, inexistente, simples
e) simples, simples, inexistente

13.(PUC) – “O que há entre a vida e a morte?”
a) O sujeito do verbo haver é o pronome interrogativo QUE.
b) Tem-se uma oração sem sujeito.
c) O sujeito está oculto.
d) O sujeito é indeterminado.
e) O sujeito é “uma curta ponte.”

14.(UEPG) – Só num caso a oração é sem sujeito. Assinale-a.
a) Faltavam três dias para o batismo.
b) Houve por improcedente a reclamação do aluno.
c) Só me resta uma esperança.
d) Havia tempo suficiente para as comemorações.
e) N.d.a.

15.(FOC-SP) – Duas orações abaixo têm sujeito indeterminado. Assinale-as:
I. Projetavam-se avenidas largas.
II. Há alguém esperando você.
III. No meio das exclamações, ouviu-se um risinho de mofa.
IV. Falava-se muito sobre a possibilidade de escalar a montanha.
V. Até isso chegaram a dizer.
a) I e II
b) III e IV
c) IV e V
d) III e V
e) I e V

16.(UNIMAR-SP) – Nas orações a seguir:
I. As chuvas abundantes, pródigas, violentas, fortes anunciavam o verão.
II. Eu e você vamos juntos.
III. Vendeu-se a pá.
O sujeito é, respectivamente:
a) composto, simples, indeterminado
b) composto, composto, indeterminado
Artigo: França – Português
c) simples, simples, oculto
d) simples, composto, “a pá”
e) composto, simples, “a pá”

17.(MACK) – Assinale a alternativa em que nada funciona como sujeito.
a) Nada vi.
b) Nada quer.
c) Nada somos.
d) Nada me perturba.
e) N.d.a.

18.(FMPA-MG) – “Quando me procurar o desencanto, eu direi, sereno e confiante, que a vida não foi de todo inútil.”
O sujeito de procurar é:
a) indeterminado
b) eu (elíptico)
c) o desencanto
d) me
e) inexistente

19.(UFMA) – Há  sujeito indeterminado em:
a) O pássaro voou assustado.
b) Surgiram reclamações contra o cruzado.
c) Ouvem-se vozes na sala vizinha.
d) Ali, rouba-se no atacado e no varejo.
e) Vendeu-a casa.

20.(FMC-SP) – Em relação a frase: “Precisa-se de trabalhadores”, indique a alternativa incorreta.
a) sujeito indeterminado.
b) “de trabalhadores” é objeto indireto.
c) “se” é índice de indeterminação do sujeito.
d) A frase é ativa de sujeito indeterminado.
e) A frase é passiva.

21.(FMU-SP) – Na oração: “Mas uma diferença houve”, o sujeito é:
a) agente.
b) indeterminado.
c) paciente.
d) inexistente.
e) oculto.

22.(UEMA) – Em qual das alternativas existe oração sem sujeito?
a) Houveram-se bem nos estudos.
b) Havia sido aprovado com distinção.
c) Fazia móveis em casa.
d) Bateu quatro horas o relógio.
e) Fazia horas que procuravam uma sombra.

23.(UNIRIO) – Assinale a frase cujo sujeito se classifica do mesmo modo que o da frase “Faz muito calor no Rio o ano inteiro.”
Artigo: França – Português
a) Devia haver mais interesse pela boa formação profissional.
b) Falaram muito mal dos estimuladores de conflitos.
c) Vive-se bem no clima de montanha.
d) Almejamos dias melhores.
e) Haviam chegado cedo todos os candidatos.

24.(FAAP-SP) – “Triste ironia atroz que o senso humano irrita: Ele que doira a noite e ilumina a cidade...”
O sujeito do verbo irritar é:
a) ironia
b) que(ironia)
c) senso humano
d) ele(senso humano)
e) indeterminado

25.(FESP) - Em “Retira-te, criatura ávida de vingança!”, o sujeito é:
a) te
b) inexistente
c) oculto determinado
d) criatura
e) n.d.a.


GABARITO
1. A
2. 04+08+16=28
3. 04+08+32=44
4. D
5. 01+08+16=25
6. 01+04+32=37
7. 01+16=17
8. B
9. B
10.E
11.C
12.E
13.B
14.D
15.C
16.D
17.D
18.C
19.D
20.E
21.D
22.E
23.A
24.B
25.C