Monera, também conhecido como Prokaryotae (Procariotos), é uma classe de organismos primitivos constituída pelas bactérias e pelas algas verde-azuladas. Os genes dos procariotos têm uma disposição de fibra circular, que não está contida numa membrana. 

Bactérias:

Importância:

Médica: causadoras de doenças.

Doenças epidêmicas: Quando em uma população aparece uma doença com alto número de casos ( aumento fora do padrão ). Ex: dengue,meningite, lepra, tuberculose e pneumonia.

Doenças endêmicas: É aquela que têm elevados números , mas por todo o ano. Ex: Doença de chagas , malária .

Reciclagem de matéria orgânica -bactérias decompositoras (liberam O2 )

Indústria alimentícia ( principalmente laticínios )

Biotecnologia: técnica em que o homem faz com que microorganismos produzam substâncias químicas de seu interesse. Ex :insulina - modifica-se o DNA das bactérias usando DNA de ratos.

CEPA: conjunto de bactérias melhoradas geneticamente

Estrepnocnase: ( estrepnococos ) - usada no controle de enfartes , ela dilata os vasos sangüíneos.

BACTÉRIAS DO ORGANISMO: simbióticas

Organização celular:

Parede celular: formada pela fusão de 2 substâncias : pequena seqüência de aminoácidos +Glicose= PEPTOGLICANO .

parede celular é a principal proteção das bactérias. A maioria dos antibióticos , agem destruindo a PC bacteriana .A outra parte atravessa a PC e a Membrana Plasmáticae provoca mutações no DNA bacteriano .

Cápsulas:

Algumas bactérias possuem cápsulas por fora da Parede Celular. Elas são formadas por MONOPOLISSÁCARIDEOS. Nos pneumococos a cápsula está relacionada àvirulência * da célula.Os acapsulados não provocam a doença.

Virulência: capacidade de invasão da célulahospedeira e de provocar a doença.

Fímbrias e flagelos:

Particularidade bacteriana.

Os flagelos bacterianos são diferentes dos das células eucariotas ( são formados por um arranjo entre fios de proteínas - flagelina ). Os flagelos servem para a adesão de superfícies e para facilitar a conjugação .

Esporos : Forma de resistência das bactérias ( é a maneira de ela se conservar quando o meio fica desfavorável ) - a bactéria espessa sua parede celular , comprimindo o seu citoplasma( O volume de moléculas da PC aumenta e o citoplasma libera seu material para o meio ) .O metabolismo baixa para níveis mínimos , passando a gastar poucos nutrientes e ATP.

OBS: O bacilo do tétano vive em forma de esporos no meio ambiente (água, ar terra ) . Ao penetrar no ferimento ele volta a ter atividades metabólicas . (Eles só penetram em ferimentos profundos por serem anaeróbios estritos).

Nutrição das bactérias:

Heterotróficas: absorção (difusão pela Membrana Plasmática )

Autotróficas: ocorre no citoplasma - endomembranas (são a sede para a síntese de matéria orgânica e para a respiração celular)

RESPIRAÇÃO :Aeróbica (38 ATPs) e fermentação lática ou alcóolica( 2 ATPs )

Reprodução bacteriana:

ASSEXUADA: (“mitose” - divisão simples +comum)

Clones-população de bactérias idênticas

A reprodução assexuada das bactérias é uma mitose disfarçada .Existem algumas particularidades .

SEXUADA: Qualquer fenômeno que leve à variação genética .

Transformação:

Bactérias vivas absorvem material genético de bactérias mortas.

Transducção: É uma forma de reprodução sexuada , que conta com a participação de um vírus (bacteriófago) ,que injeta o seu DNAna bactéria , que se incorpora ao DNAb. É uma variação genética intermediada por um vírus.

Conjugação: Acontece entre duas bactérias que possuem afinidades químicas. Elas constróem uma ponte citoplasmática, por onde vai haver a passagem de material genético.

F+: bactéria doadora (tem naturalmente ,além do DNA um fragmento adicional que é duplicado ,sendo um doado. É sempre doadora.

F -: bactériareceptora. Ou ela incorpora o DNA recebido ou o isola tornando-se uma F+

F: fator de fertilidade.

Material Genetico:

DNA: fita simples

Plasmídeo: DNA a mais.

Toda bactéria e haplóide

Fotorredução: Não usa água , não usa luz branca ( usa a infravermelha ) , não tem clorofila e sim , bacterioclorofila .

H2 S + CO2 Ù S + ( HCO )N

Quimiossíntese: A energia provem da oxidação de um composto inorgânico .

Fixação de nitrogênio: Processo realizado por algumas bactérias e cianofíceas, que transformam o N2 em amônia, que e utilizado por leguminosas.

As bactérias nitrificantes são quimiossintetizantes .

Fungos e bactérias decompositores fazem o inverso , convertem NH 3 em N2 : desfixação do nitrogênio ( bactérias desnitrificantes).


Cianofíceas :

 

Reprodução assexuada.

Autotrófica fotossintetizante. ( endomembrana )

Endomembranas : também relacionadas a fixação de nitrogênio.

Formação de colônias.

Possuem grande capacidade de adaptação por possuírem pequena exigência de nutrientes, proliferando em qualquer ambiente, onde haja apenas CO2, N2, água , alguns minerais e luz.


Bactérias X Cianofíceas:

A maior parte e heterotrófica

Autotróficas

As autotróficas fazem quimiossíntese ou fotorredução.

fazem fotossíntese vegetal , com lamelas fotossintetizantes .

forma de resistência : esporos.

forma de resistência : acineto .

Reprodução sexuada ou assexuada

reprodução sexuada ( bipartição ) .


Principais doenças bacterianas do homem

Doença

Bactéria

Transmissão

Sintoma

Vacina

Tétano

Clostridium Tetani

Bacilo

Ferimentos profundos, provocados por objetos contaminados

Intoxicação aguda com enrijecimento muscular

Tríplice

Difteria

Corynebacterium diphteriae

(Bacilo)

Secreções do nariz e garganta

Placas na Faringe e garganta

Tríplice

Coqueluche

(tosse comprida)

Haemophilus pertussis

(Bacilo)

Saliva. Secreções da laringe e brônquios.

Acesso de tosse longa e prolongada

Tríplice

Tuberculose

Mycobacterium tuberculosis

(bacilo de Koch)

Saliva e Catarro

Tosse, expectoração, inapetência, cansaço, sudorese noturna

Cólera

Vibrio Cholerae

(Vibrião)

Contaminação fecal da água e alimentos

Forte diarréia, com desidratação, e prostração

Lepra

Mycobacterium

Leprae

(bacilo de Hansen)

Secreções em contato com narinas, boca e pele.

Lesões cutâneas, perda da sensibilidade, manchas na pele.

Pneumonia

Diplococos pneumoniae

Secreções nasobucais

Febre alta, e fortes dores pulmonares na região dorsal.