O Prouni já atendeu, desde sua criação até o primeiro semestre de 2013, mais de um milhão de estudantes, que receberam bolsas integrais e parciais (de 50%) para cursar o ensino superior em universidades e faculdades particulares.

Saiba mais sobre o programa, os requisitos para pedir uma bolsa do Prouni, o processo seletivo e mais informações a seguir:

[Ache os cursos e faculdades ideais para você!]

O que é o Prouni

O Prouni - Programa Universidade para Todos é um programa do Governo Federal que concede bolsas de estudo integrais e parciais em cursos superiores (de graduação e sequenciais) em instituições privadas de todo o Brasil. O Prouni foi criado em 2004 e passou a funcionar em janeiro de 2005.

O Prouni conta com duas edições anuais, uma para o processo seletivo do primeiro semestre (normalmente em janeiro) e uma para o processo seletivo do segundo semestre, com data de inscrição normalmente divulgada entre maio e junho.

Quem pode pedir bolsa do Prouni

 Os requisitos para solicitar uma bolsa do Prouni são:

  • ter feito o ensino médio na rede pública, ou na rede privada como bolsista integral;
  • ter uma renda familiar de no máximo 3 salários mínimos por pessoa;
  • ter prestado o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e ter conseguido pelo menos 400 pontos na média das cinco notas (ciências da natureza e suas tecnologias; ciências humanas e suas tecnologias; linguagens, códigos e suas tecnologias; matemática e suas tecnologias e redação) e
  • não ter zerado na redação do Enem.
Professores da rede pública que estejam exercendo a função e sejam funcionários permanentes dessa instituição pública podem concorrer a bolsas exclusivamente nos cursos de licenciatura, normal superior ou pedagogia sem a necessidade de comprovar renda mínima.

Como calcular a renda familiar por pessoa

Para calcular a renda familiar e descobrir se você se encaixa no perfil atendido pelo Prouni, você deve somar todas as rendas brutas das pessoas s família que moram na mesma casa que você. Pai, padrasto, mãe, madrasta, esposo(a), companheiro(a), filho(a), enteado(a), irmãos e avós são devem ser considerados, desde que morem na mesma residência e componham a renda para mantê-la.

Em seguida, divida o valor dessa renda bruta pelo número de familiares (incluindo você). O resultado é a renda familiar bruta por pessoa (ou per capita).

Tipos de bolsa do Prouni

O Prouni concede dois tipos de bolsa, integral e parcial:

  • Bolsa integral: para quem tem renda familiar por pessoa de até um salário mínimo e meio.
  • Bolsa parcial de 50%: para estudantes que tem uma renda familiar por pessoa de até três salários mínimos.

Como é o processo seletivo do Prouni?

A seleção do Prouni é totalmente informatizada e leva em consideração a nota do Enem. Quanto maior a nota do Enem, maiores as chances de conseguir uma das vagas liberadas por instituições de ensino superior da rede privada.

Além disso, algumas instituições podem pedir que os pré-selecionados façam um exame específico para a seleção. Para esse exame de seleção, não pode ser cobrada nenhuma taxa adicional, ele deve ser gratuito para os candidatos do Prouni.

Quais são as universidades e faculdades que participam do Prouni?

Durante o período de inscrições, é possível consultar as instituições participantes no site do Prouni:  http://siteprouni.mec.gov.br

Como fazer a inscrição no Prouni?

As inscrições para pedir uma bolsa do Prouni devem ser feitas exclusivamente pela Internet, no site Prouni:  http://siteprouni.mec.gov.br.

Todas as instituições que participam do Prouni devem oferecer acesso gratuito à Internet para quem quiser se inscrever.

Qual a diferença entre, Prouni , Sisu e FIES?

Tanto o Prouni, como o Sisu e o FIES são programas do Ministério da Educação (MEC).

Enquanto o Prouni oferece bolsas de estudos em instituições privadas, o Sisu é um sistema de seleção informatizado, baseado exclusivamente na nota do Enem, só que voltado a vagas em instituições públicas de ensino superior.

Já o FIES é um financiamento estudantil no qual é possível quitar o débito após a conclusão do curso.

Quem se inscreve no SiSU também pode se inscrever no Prouni?

Sim, é possível fazer a inscrição no Sisu e no Prouni simultaneamente. No entanto, vale lembrar que é proibido ser bolsista do Prouni e fazer um curso superior em instituição pública ao mesmo tempo. Ou seja, embora possa se inscrever nos dois, é preciso optar por apenas um ao ser selecionado.

Quem tem bolsa de 50% do Prouni pode usar o FIES para pagar o restante?

Sim, o bolsista pode usar o FIES para complementar o valor da mensalidade, desde que a instituição onde estuda tenha aderido ao FIES.

O Prouni paga algum tipo de ajuda de custo ao bolsista?

Sim, existe uma ajuda de custo para bolsistas do Prouni. Chama-se Bolsa Permanência e é destinada a quem tem bolsa integral em utilização do Prouni, matriculados em cursos presenciais com no mínimo seis semestres de duração, com carga horário de seis horas por dia ou mais. A seleção para conseguir a Bolsa Permanência é feita no início de cada mês, quando também é definido o valor.