No processo de inscrição do Prouni, assim como nos procedimentos para consulta da classificação e resultado, são utilizadas siglas e termos específicos. Neste glossário, você pode consultar o significado dos principais termos e siglas utilizados no Prouni.

[Ache os cursos e faculdades ideais para você.]

Ações afirmativas: são políticas federais ou institucionais que oferecem cotas de vagas para candidatos que preenchem certos requisitos. Algumas das instituições de ensino superior que participam do Prouni reservam vagas para candidatos portadores de deficiência e autodeclarados pretos, pardos ou indígenas, que concorrem em um processo seletivo específico para essas vagas.

Bacharelado: é o curso superior que dá ao diplomado o grau de bacharel. A formação é generalista e pode ser de áreas científicas ou humanas, capacitando o aluno a exercer atividade profissional, acadêmica ou cultura. É uma das opções de curso que o candidato pode encontrar nas bolsas ofertadas pelo Prouni.

Bolsa integral: na bolsa integral, o Prouni paga 100% dos encargos educacionais do curso superior. Para concorrer às bolsas integrais, o candidato deve comprovar renda bruta familiar, por pessoa, de até um salário mínimo e meio.

Bolsa parcial: na bolsa parcial, o Prouni paga 50% dos encargos educacionais do curso superior. O restante fica a cargo do aluno, que também pode usar o FIES para complementar a bolsa.  Para as bolsas parciais, a renda bruta familiar deve ser de até três salários mínimos por pessoa.

Cotas: o Prouni reserva bolsas às pessoas com deficiência e aos autodeclarados indígenas, pardos ou pretos.

Critérios de Desempate: No caso de notas iguais no Enem, os critérios de desempate do Prouni consideram a seguinte ordem de importância:

  • Maior nota obtida na redação
  • Maior nota obtida na prova de Linguagens, Códigos e Suas Tecnologias
  • Maior nota obtida na prova de Matemática e suas Tecnologias
  • Maior nota obtida na prova de Ciências da Natureza e suas Tecnologias
  • Maior nota obtida na prova de Ciências Humanas e suas Tecnologias

Enem: Exame Nacional do Ensino Médio. Para fazer a inscrição no Prouni é necessário ter feito o Enem no ano anterior, ter obtido uma média de 450 pontos nas provas e não ter zerado na redação. A média é calculada somando-se todas as notas obtidas nas provas do Enem (ciências da natureza e suas tecnologias; ciências humanas e suas tecnologias; linguagens, códigos e suas tecnologias; matemática e suas tecnologias e redação) e dividindo por cinco. O candidato a uma bolsa do Prouni precisa informar o número de inscrição e a senha usados no Enem do ano anterior no ato da inscrição.

FIES: Fundo de Financiamento Estudantil, um programa do Governo Federal que aplica juros mais baixos do que os financiamentos bancários para pagamento de cursos em instituições privadas de ensino superior. O bolsista parcial de 50% poderá utilizar o Fundo de FIES para custear os outros 50% da mensalidade, sem a necessidade de apresentação de fiador na contratação do financiamento. Para isso, é necessário que a instituição de ensino para a qual o candidato foi selecionado participe do FIES e tenha firmado o Termo de Adesão ao Fundo de Garantia de Operações de Crédito Educativo (FGEDUC).

Grupo familiar: é a unidade nuclear composta por uma ou mais pessoas que morem na mesma casa, eventualmente ampliada por outras pessoas que contribuam para o rendimento ou tenham suas despesas atendidas por aquela unidade familiar. É usado para calcular a renda bruta mensal por pessoa, um dos critérios do Prouni para a concessão de bolsas.

IES: Instituição de Ensino Superior. É a Universidade ou Faculdade onde o candidato ao Prouni pode candidatar-se a uma bolsa.

Licenciatura: é um curso superior com foco em desenvolver competências para atuar como professor na educação básica e confere ao diplomado o grau de licenciado. É uma das opções de curso que o candidato pode encontrar nas bolsas ofertadas pelo Prouni.

Lista de espera: após o resultado da segunda chamada do resultado do Prouni, é divulgado um período para manifestação do interessado em participar da lista de espera e ser chamado, por ordem de chegada, para ocupar as eventuais ofertas de bolsa que não tenham sido preenchidas. Para entrar na lista de espera o candidato deve confirmar o interesse pelo site do Prouni. A participação na lista de espera somente poderá ser feita na primeira opção de vaga do candidato.

Nota de corte: A nota de corte do Prouni corresponde à menor nota do Enem para o candidato ficar entre os potencialmente pré-selecionados. Ela é calculada uma vez por dia pelo sistema, com base no curso oferecido, o número de bolsas disponíveis para o curso, a modalidade de concorrência que o candidato selecionou  e  quantidade e a nota do Enem dos candidatos a uma bolsa naquele curso. Ela pode ser consultada a partir do segundo dia de inscrições e é apenas uma referência para o acompanhamento da inscrição, não correspondendo ao resultado final.

Pré-seleção: é como se chama a "aprovação" no Prouni. Por si só, a pré-seleção não garante a bolsa automaticamente, apenas a expectativa do direito à bolsa. É que o candidato precisa ainda passar pelas fases seguintes do processo, apresentar a documentação regular e que seja formada a turma para o período letivo inicial do curso.

Prouni: Programa Universidade para Todos. O candidato que se inscreveu no Sisu também pode se inscrever no Prouni e vice-versa, desde que atenda aos critérios dos programas.

Protocolo de Recebimento de Documentação do Prouni: é o documento que a instituição privada de ensino superior deve entregar obrigatoriamente ao candidato quando receber sua documentação.

Renda familiar bruta mensal por pessoa: essa renda serve para determinar se o estudante pode conseguir uma bolsa integral (se for de até um salário mínimo e meio) ou parcial de 50%(se for maior que um salário mínimo e meio e menor ou igual três salários mínimos). Ela é calculada somando a renda bruta mensal dos componentes do grupo familiar e dividindo pelo número de pessoas que formam este grupo familiar.

Sisu: Sistema de Seleção Unificada. Programa do Governo Federal que destina vagas em instituições públicas de ensino superior para a seleção de candidatos a partir da nota do Enem, em processo totalmente informatizado. O candidato do Prouni também pode participar do Sisu, desde que atenda às exigências do programa.

 

Tecnológico: é o curso superior de formação especializada em áreas científicas e tecnológicas, que desenvolve competências para atuar em áreas profissionais específicas. Ao concluir um curso dessa modalidade, o diplomado recebe o grau de tecnólogo. É uma das opções de curso que o candidato pode encontrar nas bolsas ofertadas pelo Prouni.

*Este glossário foi elaborado a partir das informações disponibilizadas pelo site oficial do Prouni, em janeiro de 2013. Para mais informações, consulte siteprouni.mec.gov.br.