Para onde quer que você olhe, é possível encontrar o trabalho de um arquiteto. Naquele edifício novo que está subindo no seu bairro, no shopping center, nas lojas, nos jardins...

É uma carreira dinâmica e abrangente, que vai desde a decoração de um ambiente até a projeção de uma cidade inteira. No Brasil, é uma profissão bastante procurada por estudantes de todos os recantos do País. Não é raro o curso de Arquitetura e Urbanismo aparecer entre os mais concorridos, tanto nas universidades públicas quanto nas particulares.

Esta graduação dura cinco anos e é facilmente encontrada nas principais instituições de ensino superior. As mensalidades são as mais variadas possíveis: encontramos diferenças de até 500% de uma faculdade para outra!

Se você está interessado em entrar no fascinante mundo da Arquitetura, descubra a seguir quanto será preciso desembolsar seguir esta carreira. De quebra, ainda contamos como estudar Arquitetura com qualidade pagando menos. Confira!

Mensalidades de Arquitetura

Com mensalidades que começam em R$ 600 e podem ultrapassar os R$ 3.000, o curso de Arquitetura e Urbanismo cabe em diversos bolsos. O segredo é se planejar bem para encarar os cinco anos dessa graduação.

O motivo para esse planejamento é a alta carga horária: o aluno terá que dedicar o dia inteiro aos estudos (aulas teóricas e práticas em laboratório), e isso pode atrapalhar os planos daqueles que precisam trabalhar para pagar a faculdade.

De qualquer forma, existem alternativas para cursar Arquitetura sem gastar tanto. Confira a seguir.

Cursos de Arquitetura com mensalidades mais baixas:

Manaus (AM)

Faculdade Metropolitana de Manaus (FAMETRO)

Valor: R$ 600

Salto (SP)

Centro Universitário Nossa Senhora do Patrocínio (CEUNSP)

Valor: R$ 650

Jaboatão dos Guararapes (PE)

Faculdade dos Guararapes (FG)

Valor: R$ 650

Uberlândia (MG)

Centro Universitário do Triângulo (UNITRI)

Valor: R$ 750

Brasília (DF)

Instituto de Ensino Superior Planalto (IESPLAN)

Valor: R$ 750

Cursos de Arquitetura com mensalidades dentro da média:

São Paulo (SP)

Universidade Cidade de São Paulo (UNICID)

Valor: R$ 800

Foz do Iguaçu (PR)

Faculdade União das Américas (UNIAMÉRICA) 

Valor: R$ 850

Aracaju (SE)

Universidade Tiradentes (UNIT)

Valor: R$ 950

Anápolis (GO)

Centro Universitário de Anápolis (UniEVANGÉLICA)

Valor: R$ 950

São Paulo (SP)

Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL)

Valor: R$ 1.000

Curitibanos (SC)

Universidade do Contestado (UnC) 

Valor: R$ 1.000

Campo Grande (MS)

Centro Universitário Anhanguera (ANHANGUERA)

Valor: R$ 1.350

Salvador (BA)

Faculdade Unime (UNIME)

Valor: R$ 1.300

Cursos de Arquitetura com mensalidades mais altas:

Belo Horizonte (MG)

Faculdade Pitágoras (PITÁGORAS)

Valor: R$ 1.900

Brasília (DF)

Centro Universitário de Brasília (UniCEUB)

Valor: R$ 1.700

Porto Alegre (RS)

Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS)

Valor: R$ 2.100

Rio de Janeiro (RJ)

Universidade Estácio de Sá (UNESA)

Valor: R$ 2.100

São Paulo (SP)

Fundação Armando Alvares Penteado (FAAP)

Valor: R$ 3.100

Curso de Arquitetura a distância

Os cursos a distância geralmente custam menos do que os presenciais e são uma boa alternativa para estudantes que estão com o orçamento apertado. Infelizmente, o MEC ainda não autorizou o funcionamento de cursos Arquitetura e Urbanismo nesta modalidade. Também não há previsão de quando isso irá acontecer.

Dá para estudar Arquitetura pagando menos?

Sim! Existem pelo menos duas alternativas para quem quer realizar o sonho de fazer um curso superior. Confira:

ProUni

O ProUni oferece bolsas de estudo parciais e integrais a estudantes de baixa renda com bom desempenho no Enem. Para entrar na disputa, são necessários pelo menos 450 pontos nas provas objetivas e nota acima de zero na redação. Quanto maior a nota, maiores as chances de ganhar o benefício.

O programa é destinado a estudantes com renda familiar bruta mensal de até três salários mínimos por pessoa.

FIES

O FIES é um financiamento estudantil a juros baixos que permite ao aluno fazer uma universidade particular e pagar a dívida só depois de formado. O prazo para pagamento é de até três vezes o tempo do curso financiado. Para concorrer ao benefício, são necessários pelo menos 450 pontos na média das provas objetivas e não ter zerado na redação do Enem.

Conheça algumas faculdades de Arquitetura reconhecidas e bem avaliadas pelo MEC que participam do ProUni e do FIES, além de trabalharem com descontos, convênios e outros programas de bolsas e financiamento estudantil:

Veja também:

 Como usar o FIES para pagar a faculdade.

O que achou das mensalidades de Arquitetura? Cabem no seu orçamento? Conte para a gente nos comentários!