Como a maioria dos vestibulares já terminou e as primeiras chamadas já foram divulgadas, muitos estudantes podem já ter conhecimento que não foram aprovados. Mas e agora, não há nenhuma chance de aprovação, será necessário outro ano inteiro de estudos? Nem tudo está perdido, ainda há sim possibilidade de entrada em um curso superior!Fique por dentro de 4 dicas imprescindíveis!

Listas de Espera

A primeira dica importantíssima aos estudantes é ficar muito atento às listas de espera dos vestibulares que já aconteceram. Isso é muito importante, afinal alguns estudantes participam de diversos vestibulares e conseguem mais de uma aprovação, fazendo com que as vagas ofertadas não sejam preenchidas, mesmo após algumas chamadas realizadas. Os prazos para realizar a matrículas nesses casos são muito curtos, por isso a atenção e a constante verificação por parte dos candidatos é imprescindível, para não perder o prazo estabelecido e garantir a vaga desejada.

SiSU e Prouni

Outra dica importante é aguardar o início das inscrições e conhecer como acontecem os processos seletivos organizados pelo Ministério da Educação (MEC). Os principais, que oferecem vagas para cursos superiores, são o Sistema de Seleção Unificada (SiSU) e o Programa Universidade Para Todos (Prouni). O primeiro oferece vagas para cursos de graduação em universidades públicas em todo o Brasil. Já o segundo, oferece vagas em instituições privadas de ensino superior com bolsas de 50% e 100%. Ambos os processos utilizam a nota da última edição do ENEM como critério de classificação.

Vestibulares Tradicionais

Instituições particulares: Provas Agendadas e Nota do Enem

É possível ainda optar pelos vestibulares tradicionais que podem ser agendados em universidades particulares. Nesse caso os estudantes interessados devem agendar uma data para realizar a prova do vestibular e aguardar o resultado. Existe ainda os casos de universidades que utilizam a no ENEM, para isso basta se inscrever e registrar o número de inscrição no local indicado e aguardar o resultado.

Vestibulares de Inverno

Além disso, existem os vestibulares de inverno que costumam acontecer entre os meses de junho e julho e visam classificar os estudantes para as vagas com ingresso no segundo semestre letivo. Nesse caso é possível concorrer às vagas do SiSU, Prouni e dos outros tipos de vestibulares tradicionais.

Estude!

Mas, se todas essas possibilidades se esgotarem e você ainda não tiver conquistado sua vaga no ensino superior, o jeito é se preparar para continuar estudando e se esforçar ainda mais do que os outros anos.

Analise as notas

Primeiramente analise suas notas e tente identificar seu ponto fraco para poder enfatizar os estudos e melhorar sua média final. Esse pode ainda ter sido o motivo pelo qual você não foi aprovado, então o jeito é estudar e aprender com a experiência.

Motive-se

Para ter um bom aproveitamento nos estudos é preciso estar motivado. A motivação pode vir de diversas maneiras, como: estar decidido sobre o curso que deseja ingressar; lembrar-se dos benefícios do curso superior para o futuro; ou até na prática esportiva. Cabe a você encontrar sua motivação e colocar em prática.

Definir a abordagem

E, por fim, é preciso definir a abordagem ideal dos estudos. Nesse caso, cabe uma avaliação da abordagem anterior e se esta está adequada ou não para o próximo ano. Dedique-se aos estudos e procure estudar diariamente, dessa forma a matéria é fixada da melhor maneira e o conhecimento adquirido é mais sólido.

Estratégia nos Vestibulares

Apesar de um grande número de estudantes conseguirem a aprovação, a esmagadora maioria não consegue, o segredo é não se desesperar e identificar as possibilidades e prioridades para o próximo ano, desde o ingresso em uma instituição privada de ensino superior, ou a participação nos processos seletivos que o utilizam a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) como critério de classificação.É sempre interessante ter uma estratégia definida e planos de contenção, caso a primeira escolha de vestibular não seja alcançada. O estudante deve ter em mente quanto tempo está disposto a investir para passar no vestibular. Se a primeira opção for em instituições públicas, é interessante também estudar possibilidade em realizar uma universidade particular.