O Sisu é o Sistema de Seleção Unificada, um programa do governo federal brasileiro que oferece vagas em universidades públicas sem usar o vestibular.

Com inscrições duas vezes por ano, o Sisu é totalmente informatizado e os candidatos não precisam fazer prova, pois são classificados pela nota do Enem. O processo é totalmente gratuito e são várias opções de curso em universidades públicas de todas as regiões do Brasil.

Saiba como entrar  no Sisu com a nota do Enem:

Como entrar no Sisu com a nota do Enem?

Ter participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) mais recente com nota acima de zero na redação é o requisito principal para fazer inscrição no Sisu e tentar uma vaga na universidade pública sem precisar passar pelo vestibular.

Como funciona a inscrição do Sisu com a nota do Enem

A participação no Sisu é feita totalmente pela internet. Durante o período de inscrições o candidato deve:

•1) acessar o site oficial do programa

2) digitar o mesmo número de inscrição e senha que usou para o Enem

3) preencher os dados pedidos em cada tela

4) escolher até duas opções de curso entre as vagas disponíveis

5) escolher a modalidade de concorrência (cotas ou não)

6) reler e confirmar todos os dados

7) enviar a inscrição

8) imprimir a inscrição, se quiser

Esqueceu qual era sua senha do Enem? Não tem problema. Na página do Enem na internet você pode recuperar sua senha, basta seguir o passo a passo:

•1) Acessar o site do Enem

2) Clicar em “Acompanhe sua inscrição”

3) Clicar no botão “Esqueci minha senha”

4) Preencher os dados pedidos, clicar em “Pesquisar” e seguir as instruções do sistema.

Apesar de as inscrições do Sisu estarem abertas para todos os participantes do Enem que não tiraram zero na redação, alguns cursos podem pedir notas mínimas para os candidatos. Nesse caso, o sistema do Sisu avisa, na hora da inscrição, qual a nota mínima necessária para participar e se o candidato atende o requisito.

Como o Enem é usado para conseguir vaga no Sisu?

O Sisu é totalmente informatizado. Quando o candidato se inscreve, usando o número de inscrição e a senha do Enem, o sistema já recupera automaticamente todas as notas que ele obteve nas provas. Ou seja, quando você se inscreve no Sisu não precisa lembrar nem digitar as notas que tirou no Enem. É tudo automático.

O sistema do Sisu compara as notas de todos os candidatos e, ao final do período de inscrições, classifica aqueles que tiveram as maiores notas do Enem. A seleção é por curso em determinada universidade, turno e modalidade de concorrência.

Ou seja, ao entrar no Sisu, você está concorrendo com pessoas que querem fazer o mesmo curso que você, na mesma cidade, universidade, período (matutino, vespertino, noturno) e modalidade de concorrência (alunos de escola pública, negros, pardos, indígenas etc.). É como no vestibular: quanto maiores as notas, maior a chance de conseguir uma vaga.

Caso dois candidatos tenham a mesma pontuação no Enem, o sistema do Sisu usa dá prioridade para quem teve a maior nota na Redação. Se as notas de redação também forem iguais, o que vale é a prova de Linguagens e assim por diante. Os critérios de desempate do Sisu são, nesta ordem:

•1) Redação;

2) Linguagens, Códigos e suas Tecnologias;

3) Matemática e suas Tecnologias;

4) Ciências da Natureza e suas Tecnologias;

5) Ciências Humanas e suas Tecnologias.

Não fiz o Enem, posso entrar no Sisu?

De acordo com as regras do Sisu, somente candidatos que tenham participado do Enem podem fazer a inscrição e entrar no processo seletivo e disputar uma vaga em universidade pública por esse sistema. Isso porque a classificação é totalmente automatizada e baseada nas notas do Enem. Quem não fez o Exame Nacional do Ensino Médio não pode entrar no Sisu.

Como faço para entrar no Sisu?

O Sisu acontece duas vezes por ano, geralmente no começo dos semestres letivos, com uma edição no início do ano (janeiro ou fevereiro) e outra na metade do ano (junho ou julho).

Para entrar no Sisu, você deve ter participado do Enem na edição pedida naquele processo seletivo e fazer a inscrição pela internet, escolhendo duas opções de curso entre as vagas disponíveis.

É importante ficar de olho nos prazos, pois o período de inscrições costuma ser breve. Em uma semana, aproximadamente, as inscrições abrem, encerram e sai o resultado do Sisu.

Alternativas ao Sisu

É bem difícil entrar no Sisu. Se você não conseguiu e não pode mais adiar o sonho de fazer uma faculdade, saiba que há alternativas. Nas faculdades da lista a seguir você pode estudar com a ajuda de bolsas de estudos, financiamentos, descontos e convênios. Todas elas são reconhecidas e bem avaliadas pelo Ministério da Educação (MEC). Confira:

Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA) 

• Universidade Estácio de Sá (UNESA)

Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL)

Universidade Cidade de São Paulo (UNICID)

Centro Universitário do Distrito Federal (UDF) - no Distrito Federal

Universidade de Franca (UNIFRAN)

Faculdade Pitágoras (PITÁGORAS) – em Minas Gerais 

Veja também:

Sisu: O que é?

E você? Vai tentar uma vaga em universidade pública pelo Sisu? Para qual curso? Conte para a gente aqui nos comentários!