Que tal estudar uma língua estrangeira em curso de qualidade sem precisar pagar nada? O programa Idioma sem Fronteiras, lançado pelo MEC em novembro de 2014, está oferecendo uma série de bolsas de estudos em oito idiomas diferentes.

Saiba tudo sobre o programa e veja quem pode participar do Idiomas sem Fronteiras

O que é o Idioma sem Fronteiras?

O Idioma sem Fronteiras é um programa do MEC que oferece cursos de idiomas gratuitos em todo o Brasil. Lançado em 2014, a iniciativa já conta com um programa de inglês e as primeiras turmas de francês já começam a se formar.

Quem pode participar do Idiomas sem Fronteiras?

Podem se candidatar a uma vaga no Idiomas sem Fronteiras:

- estudantes, professores e funcionários técnico-administrativos de instituições públicas e privadas de ensino superior;

- professores de idiomas da rede pública de educação básica (ensino fundamental e ensino médio).

Preciso ter feito o Enem para participar do Idiomas sem Fronteiras?

O MEC não coloca o Enem como quesito obrigatório para participação no Idiomas sem Fronteiras, mas informa que terão prioridade aqueles estudantes que tenham feito o Enem a partir de 2010, com nota maior ou igual a 600 nas provas.

Qual o critério para conseguir uma vaga no Idiomas sem Fronteiras?

O MEC divulga os critérios para o preenchimento das vagas no programa Idioma sem Fronteiras nos editais de cada curso. O primeiro deles foi para o francês e, de acordo com o Diário Oficial, terão prioridade na classificação os estudantes que:

1) sejam alunos de cursos elegíveis ao programa Ciência sem Fronteiras (CsF);

2) tenham feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010, com média de pelo menos 600 pontos incluindo a redação;

3) possuam bom rendimento acadêmico; e

4) bolsistas ou ex-bolsistas do Programa Jovens Talentos para a Ciência de qualquer curso de graduação, com vínculo institucional e que atendam aos demais critérios de seleção.

Quais são os cursos do Idiomas sem Fronteiras?

No momento, o Idiomas sem Fronteiras oferece cursos de inglês e de francês. Estão previstos também os seguintes idiomas: alemão, espanhol, italiano, japonês, mandarim e português para estrangeiros.

O Inglês sem Fronteiras acabou?

Não. O Inglês sem Fronteiras agora vai fazer parte do programa Idiomas sem Fronteiras.

Sou estudante do Ensino Médio. Posso me inscrever no Idioma sem Fronteiras?

Por enquanto, não. O Idiomas sem Fronteiras está voltado para alunos do ensino superior, professores universitários, funcionários de universidades e professores de idiomas da rede pública de ensino.

Estou fazendo doutorado. Posso tentar uma bolsa no Idiomas sem Fronteiras?

Sim. O programa também se estende a alunos de pós-graduação stricto sensu.

Sou aluno de mestrado. Posso participar do Idiomas sem Fronteiras?

Sim. O programa também se estende aos alunos de mestrado.

Meu curso não faz parte da lista do Ciência sem Fronteiras. Posso participar do Idiomas sem Fronteiras mesmo assim?

Pode. Embora a prioridade seja para os cursos elegíveis ao programa Ciência sem Fronteiras, se sobrarem vagas os alunos de outros cursos também podem conseguir uma bolsa de idiomas.

Como faço para me inscrever no Idiomas sem Fronteiras?

Ao abrir novas vagas, o MEC publica as instruções sobre como se inscrever no Diário Oficial da União.

O primeiro curso do novo programa é o de francês: “Français Sans Frontières”. São 1.500 vagas distribuídas em 95 instituições de ensino superior em vários estados brasileiros.

As inscrições para o programa Idiomas sem Fronteiras devem ser feitas no site: isf.mec.gov.br/frances.

Saiba mais:

Como conseguir uma bolsa no exterior pelo Ciência sem Fronteiras?

O que preciso para participar do Ciência sem Fronteiras?

Tem alguma dúvida sobre o programa Idiomas sem Fronteiras? Conte para a gente nos comentários!