Software é o artefato tecnológico que dirige e dá vida aos computadores. Ele está presente em muitos lugares: na edição de textos, na lista de contatos do celular, no controle de estoque das empresas, no tratamento de imagens, nos aplicativos para smartphones, no funcionamento e uso da internet. Ou seja, quase não dá para imaginar a vida sem software, e é por isso que as empresas buscam cada vez mais profissionais nessa área. Um dos cursos que você pode fazer para entrar nesse mercado é Engenharia de Software.

Saiba mais sobre profissão, o curso e o mercado de trabalho em Engenharia de Software!

O que é Engenharia de Software?

A Engenharia de Software é uma área de conhecimento da computação voltada à especificação, desenvolvimento e manutenção de sistemas de software. Utiliza-se das teorias, modelos, técnicas e ferramentas da ciência da computação para obter programas confiáveis e com bom desempenho.

Essas técnicas englobam linguagens de programação, ferramentas, bases de dados, bibliotecas, plataformas, padrões, processos e controle de qualidade.

A Engenharia de Software se ocupa dos aspectos práticos da produção de um sistema de software de qualquer natureza, seja para computadores pessoais, servidores ou dispositivos móveis.

O curso de Engenharia de Software

O curso de Engenharia de Software prepara o profissional para desenhar, programar e experimentar soluções que potencializem o mercado tecnológico. Tem como principal objetivo capacitar o estudante a especificar, projetar e programar softwares com qualidade, além de realizar atividades de manutenção de software.

A graduação mais comum é do tipo bacharelado, com duração média de quatro anos.

Além disso, para profissionais graduados nas diversas áreas de tecnologia, existe uma boa oferta de cursos de especialização e pós-graduação em Engenharia de Software. A duração dos cursos varia e há opções nos formatos: presencial, semipresencial e a distância (EAD).

Disciplinas do curso de Engenharia de Software

A grade curricular dos cursos de Engenharia de Software varia conforme o grau conferido ao formando (graduação, especialização ou pós-graduação) e a instituição de ensino.

Dentre as disciplinas que fazem parte da grade curricular do curso de graduação em Engenharia de Software, citamos:

  • Fundamentos e Arquitetura de Computadores
  • Algoritmos e Lógica de Programação
  • Fundamentos de Engenharia de Software
  • Cálculo
  • Engenharia de Requisitos
  • Análise Orientada a Objetos
  • Modelagem de Software
  • Probabilidade e Estatística
  • Estrutura de Dados
  • Projeto, Implementação e Teste de Software
  • Sistemas Operacionais
  • Qualidade de Software
  • Pesquisa Operacional
  • Banco de Dados
  • Gerenciamento de Software
  • Programação
  • Design e Interação
  • Segurança e Auditoria de Sistemas
  • Gerenciamento de Projetos
  • Programação de Aplicações
  • Programação para Internet
  • Programação para Dispositivos Móveis
  • Interface Humano-computador
  • Segurança em Tecnologia da Informação
  • Computação Gráfica

Onde estudar Engenharia de Software

No Brasil existe uma oferta grande de cursos de especialização ou pós-graduação em Engenharia de Software. Já o número de cursos de graduação é um pouco mais reduzido. Ao todo, existem 21 instituições de ensino reconhecidas pelo MEC que oferecem o curso de bacharelado em Engenharia de Software. São elas:

  • Universidade de Brasília – UNB

    Brasília – DF

  • Universidade Federal do Amazonas – UFAM

    Itacoatiara – AM

  • Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul – PUCRS

    Porto Alegre – RS

  • Universidade do Estado de Santa Catarina – UDESC

    Ibirama – SC

  • Universidade da Região de Joinville – UNIVILLE

    Joinville – SC

  • Universidade do Oeste de Santa Catarina – UNOESC

    Videira – SC

  • Centro Universitário das Faculdades Associadas de Ensino – FAE – UNIFAE

    São João da Boa Vista – SP

  • Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora – CES/JF

    Juiz de Fora – MG

  • Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais – PUC MINAS

    Belo Horizonte – MG

  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte – UFRN

    Natal – RN

  • Universidade Federal do Ceará – UFC

    Quixadá – CE

  • Universidade Federal de Goiás – UFG

    Goiânia – GO

  • Universidade Tecnológica Federal do Paraná – UTFPR

    Cornélio Procópio e Dois Vizinhos – PR

  • Universidade Federal de Mato Grosso do Sul – UFMS

    Campo Grande – MS

  • Centro Universitário Salesiano de São Paulo – UNISAL

    Lorena – SP

  • Centro Universitário UNIVATES – UNIVATES

    Lajeado – RS

  • Instituto de Ensino Superior FUCAPI – CESF

    Manaus – AM

  • Centro Universitário de Maringá UNICESUMAR – UNICESUMAR

    Maringá – PR

  • Faculdade de Ensino Superior de São Miguel do Iguaçu – FAESI

    São Miguel do Iguaçu – PR

  • Instituto INFNET Rio de Janeiro – INFNET

    Rio de Janeiro – RJ

  • Fundação Universidade Federal do Pampa – UNIPAMPA

    Alegrete - RS

Sobre o Profissional de Engenharia de Software

O profissional formado em Engenharia de Software está apto a:

  • Propor melhorias e inovações no planejamento, construção, gestão e manutenção de processos, serviços e produtos computacionais
  • Desenvolver Banco de Dados;
  • Desenvolver programas técnico-científicos;
  • Desenvolver softwares para tablets e smartphones;
  • Desenvolver softwares para sistemas eletrônicos embarcados;
  • Desenvolver jogos e programas educativos;
  • Desenvolver sistemas de gerenciamento.

Dentre as atividades que um engenheiro de software pode desenvolver, citamos as seguintes:

  • Elaborar relatórios técnicos;
  • Prover a análise da necessidade do cliente, convertendo-as em projetos de customizações;
  • Participar na implantação, documentação, treinamento e configuração de sistemas;
  • Desenvolver o design estrutural de grupos de informações relacionadas à organização e rotulação de Websites, intranet, comunidades online e software;
  • Preparar ambiente de construção de software;
  • Implantar estratégias relacionadas ao gerenciamento de configuração;
  • Implementar os scripts para fornecer soluções rápidas às novas exigências;
  • Gerenciar as rotinas de técnicas de qualidade de software;
  • Customização visual de aplicações;
  • Desenvolver e coordenar testes de aceitação de software;
  • Atuar com manutenção de entradas de banco de dados.

Mercado de Trabalho em Engenharia de Software

O mercado de trabalho para os profissionais ligados à Engenharia de Software está em ascensão. Além da possibilidade de trabalharem como autônomos; empresas de todos os tamanhos, públicas e privadas, estão buscando profissionais formados em Engenharia de Software para assumir diferentes cargos. São eles:

  • Administrador de Sistemas de Informação e Comunicação
  • Analista de Sistemas
  • Arquiteto de Software
  • Analista de Qualidade de Software
  • Gerente de Projeto de Sistemas
  • Projetista de Interface humano-computador
  • Projetista de Sistemas de Software
  • Engenheiro de Software
  • Desenvolvedor de Software
  • Analista de Implantação de Software
  • Analista Funcional de Software

Você tem vontade de fazer um curso de Engenharia de Software? Conte para a gente aqui nos comentários!