O Programa Universidade para Todos (ProUni) é uma iniciativa do Governo Federal que oferece bolsas de estudos parciais e integrais em faculdades particulares para alunos de baixa renda.

Para selecionar os candidatos, o ProUni conta com um sistema totalmente automatizado que utiliza as notas obtidas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em sua edição mais recente. Ou seja, para se inscrever no ProUni em 2015, você precisa ter feito o Enem em 2014.

Se você preenche os requisitos e pretende tentar uma bolsa de estudos pelo Programa, confira a seguir tudo o que você precisa saber para fazer sua inscrição no ProUni 2015!

Inscrições para o ProUni 2015

As inscrições para o ProUni são gratuitas e acontecem duas vezes por ano, para ingresso no primeiro e no segundo semestre. No primeiro semestre de 2015, as inscrições do ProUni ocorreram em janeiro.

Para o segundo semestre de 2015, o período de inscrições vai de 16 a 18 de junho.

A inscrição para o ProUni 2015 é gratuita e deve ser feita pela internet, no portal oficial do Programa. Para fazer sua inscrição, siga o passo a passo:

  1. Acesse o site do ProUni.
  2. Clique no botão “Fazer Inscrição”.
  3. Digite seu número de inscrição e senha do Enem 2014.
  4. Preencha os dados solicitados e escolha as opções de curso.
  5. Siga as orientações do sistema e confirme sua inscrição.

Quem pode participar do ProUni 2015

Podem participar do ProUni 2015 estudantes brasileiros (ou estrangeiros naturalizados) que ainda não tenham diploma de curso superior, tenham participado do Enem em 2014 com pelo menos 450 pontos nas provas objetivas e nota maior do que zero na redação e que se encaixem em pelo menos uma das situações a seguir:

  • Ter cursado o ensino médio completo em escola da rede pública, ou em escola da rede privada como bolsista integral.
  • Ter cursado o ensino médio parcialmente em escola da rede pública e parcialmente em escola da rede privada, como bolsista integral da escola privada.
  • Ser pessoa com deficiência.
  • Ser professor efetivo da rede pública de ensino, concorrendo a bolsas em cursos de licenciatura (nesse caso não há requisitos de renda).

Além disso, é importante respeitar o critério de renda familiar bruta mensal por pessoa:

  • 1,5 salário mínimo por pessoa: é a renda familiar bruta mensal máxima para concorrer a uma bolsa integral do ProUni, que paga 100% da mensalidade da faculdade privada.
  • 3 salários mínimos: é a renda familiar bruta mensal máxima para concorrer a uma bolsa parcial do ProUni, que paga 50% da mensalidade da faculdade privada.

Como funciona o ProUni

O ProUni é totalmente automatizado. Quando você se cadastra, informando seu número de inscrição e senha do Enem, o sistema recupera automaticamente suas notas no Exame.

Em seguida, você deve escolher até duas opções de curso dentre as vagas disponíveis na cidade, faculdade, turno, curso e modalidade de concorrência de sua preferência.

O ProUni tem duas modalidades de concorrência:

  • Ações afirmativas: conhecidas popularmente por cotas, são vagas reservadas para estudantes historicamente excluídos ou discriminados socialmente, como pessoas com deficiência, indígenas, pretos e pardos.
  • Ampla concorrência: para quem  não se encaixa nos critérios de ações afirmativas.

O sistema do ProUni classifica os candidatos que tiveram o melhor desempenho no Enem e inicia o  preenchimento das vagas (em um mesmo curso, faculdade, turno, modalidade de concorrência).

Durante todo o período de inscrições do ProUni, você pode acessar o sistema e verificar como está o seu desempenho com relação aos demais candidatos. É possível consultar a menor nota possível para passar nos cursos que você escolheu, a chamada “nota de corte”.

A nota de corte não garante a classificação, mas serve para você mudar suas opções de curso e aumentar as chances de conseguir uma bolsa. É permitido trocar as opções de curso quantas vezes quiser até o último minuto das inscrições. Vale sempre a última escolha gravada no sistema.

O resultado da segunda edição do ProUni sai no dia 22 de junho de 2015. É importante saber que a participação e a pré-seleção no ProUni não garantem uma vaga automática. É necessário ir até a faculdade para a qual você foi selecionado, apresentar a documentação necessária e fazer a matrícula para poder começar a receber a bolsa do ProUni.

Veja também:

Prouni

Você vai participar do Prouni em 2015? Conte para a gente nos comentários!