Fazer o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é requisito indispensável para se inscrever no Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Não é possível tentar uma vaga em universidades públicas pelo Sisu se você não tiver feito o Enem.

A explicação é simples: o Sisu é automatizado e usa exclusivamente a pontuação da edição mais recente do Exame como critério de classificação dos candidatos.

A boa notícia é que você pode participar do Enem mesmo se já tiver terminado o ensino médio há mais tempo. Dessa forma, você poderá participar do Sisu no ano seguinte.

O esforço vale muito a pena! A nota do Enem tem sido cada vez mais usada como critério para ingresso em universidades públicas e privadas no Brasil, além de permitir a inscrição em programas de financiamento estudantil.

Conheça de perto as regras e o funcionamento do Sisu. Saiba também por que é tão importante participar do Enem!

O Sisu

O Sisu é um sistema informatizado criado pelo Governo Federal com o objetivo de selecionar alunos para vagas em cursos superiores presenciais de universidades públicas. Ele substitui o vestibular e tem como critério de seleção o desempenho no Enem.

A partir do seu número de inscrição e senha do Enem, o Sisu acessa sua pontuação no Exame, que é a base para fazer a classificação entre os candidatos que disputam uma vaga com você. O Sisu também leva em conta os requisitos de cada instituição para a construção do ranking. Há universidades que atribuem um peso diferente a cada área de conhecimento, dependendo do curso.

Desde 2010, quando foi lançado, cada vez mais universidades vêm aderindo ao Sisu como processo seletivo. Algumas instituições reservam uma porcentagem de vagas a candidatos inscritos no Sistema. Outras substituíram totalmente o vestibular tradicional pelo Sisu.

Como se inscrever no Sisu

O Sisu acontece duas vezes por ano, geralmente em janeiro e julho. O único requisito para participar é ter feito o Enem no ano anterior à inscrição. Não é exigida pontuação mínima no Exame, mas é obrigatório ter feito o Enem mais recente, com nota maior do que zero na redação, para poder se inscrever. O Sistema também não exige comprovação de renda nem apresentação de documentos.

Para fazer a inscrição basta acessar o site do Sisu. O processo é simples. Você deve informar seus dados pessoais, escolher duas opções de cursos com vagas disponíveis, confirmar sua escolha e aguardar o resultado. Enquanto durarem as inscrições, você pode modificar suas opções de curso de acordo com a nota de corte parcial e sua pontuação no Enem.

O Enem

O Enem foi criado pelo Governo Federal em 1998 como um instrumento de avaliação da qualidade do ensino médio no país. A partir de 2009, passou a ser utilizado como uma forma de processo seletivo para ingresso em cursos superiores.

A importância do Exame vem crescendo bastante desde aquele ano. Em 2015, 58 das 63 universidades públicas brasileiras utilizaram o Sisu para selecionar alunos com base na nota do Enem.

Quem presta o Exame tem acesso ainda a outros benefícios importantes: a pontuação do Enem pode ser usada também para conseguir uma vaga em universidade privada sem precisar fazer vestibular, concorrer a uma bolsa de estudos em universidade particular, requerer um financiamento para curso superior e ainda para comprovar a conclusão do ensino médio.

O que cai na prova do Enem

Se você nunca participou do Enem, saiba que não é tão complicado assim. Ele é um apanhado geral de tudo o que você conheceu e estudou no ensino médio. Vale a pena encarar! O Exame é composto por uma redação e 180 questões, divididas em quatro provas:

  1. Linguagens, Códigos e suas Tecnologias
  2. Matemática e suas Tecnologias
  3. Ciências Humanas e suas Tecnologias
  4. Ciências da Natureza e suas Tecnologias
Consulte edições anteriores para conhecer melhor o Exame. Com certeza você vai encontrar questões sobre assuntos que domina e assim vai se sentir mais seguro para participar. Resolver provas antigas também é uma excelente forma de estudar.

Quem pode participar

Qualquer pessoa, de qualquer canto do país, pode fazer o Enem. O Exame não precisa ser realizado logo após a conclusão do ensino médio. Você pode se inscrever mais tarde, independentemente da sua idade.

Onde mais posso usar a nota do Enem?

Além de permitir participar do Sisu, a nota do Enem serve para tentar uma vaga no ProUni (programa de bolsa de estudos), no FIES (programa de financiamento) ou entrar direto na faculdade, sem precisar fazer vestibular.

Quer conhecer algumas instituições bem avaliadas pelo MEC que aceitam a nota do Enem? Aqui vai uma listinha valiosa para você!

 

Veja também

Para que serve o Enem?

Pretende disputar uma vaga em universidade pública por meio do Sisu? Para qual curso? Conte para a gente nos comentários!