O Programa Universidade para Todos (ProUni) e o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) são iniciativas do Governo Federal que facilitam o acesso ao ensino superior de qualidade no Brasil.

Esses dois programas usam a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para classificar os candidatos a uma vaga na universidade, mas há diferenças importantes entre eles.

O ProUni oferece bolsas de estudos a brasileiros de baixa renda em faculdades particulares. Já o Sisu usa a nota do Enem para classificar candidatos a uma vaga em universidades públicas.

Se você já é bolsista do ProUni e quer tentar uma vaga em universidade pública, ou pretende fazer o ProUni e o Sisu juntos, descubra a seguir se quem já tem ProUni pode fazer o Sisu também!

Bolsista do ProUni pode fazer o Sisu?

Para descobrir se o bolsista do ProUni pode tentar uma vaga pelo Sisu, vamos primeiro entender um pouco mais sobre os dois programas.

Sisu

Pode participar do Sisu quem fez o Enem no ano imediatamente anterior, com nota maior do que zero na redação. O Sisu não tem requisitos de renda, escolaridade ou faixa etária

Com isso, qualquer pessoa que tenha feito a última edição do Enem e não tenha zerado na redação é um candidato válido para o Sisu e pode concorrer a uma vaga em universidades públicas sem precisar fazer vestibular.

ProUni

Os requisitos do ProUni são um pouco mais rígidos. Pode participar quem não tem diploma de nível superior, fez o Enem no ano imediatamente anterior e alcançou pelo menos 450 pontos nas provas objetivas e nota maior do que zero na redação.

Além disso, para participar do ProUni é obrigatório cumprir pelo menos um dos requisitos a seguir:

  • Ter cursado o ensino médio completo em escola pública.
  • Ter cursado o ensino médio completo em escola particular como bolsista integral.
  • Ter cursado uma parte do ensino médio em escola pública e uma parte em escola particular como bolsista integral.
  • Ser pessoa com deficiência.
  • Ser professor efetivo de escola pública de educação básica concorrendo a bolsa em curso de licenciatura (nesse caso não é necessário comprovar requisitos de renda).

As bolsas integrais do ProUni, que cobrem 100% da mensalidade, são para candidatos com renda familiar bruta mensal de até um salário mínimo e meio por pessoa. As bolsas parciais, que cobrem metade da mensalidade, são para candidatos com renda familiar bruta mensal de até três salários mínimos por pessoa.

Todos os estudantes que atendem aos requisitos de participação do ProUni também cumprem, automaticamente, os critérios para inscrição no Sisu. Portanto, quem quiser participar dos dois programas em um mesmo ano, pode. Caso seja selecionado para os dois, terá de escolher apenas um: ser bolsista do ProUni ou estudante de universidade pública pelo Sisu.

Mas quem já tem a bolsa pode tentar uma vaga na universidade pública? A resposta é sim! Quem já tem uma bolsa do ProUni e cumpre os requisitos de participação (ter feito a edição mais recente do Enem e não ter zerado na redação) pode participar do Sisu. Caso seja selecionado para o Sisu, terá que optar entre continuar com a bolsa de estudos ou ingressar na universidade pública.

Isso porque, pelas regras do Ministério da Educação (MEC) não é permitido ter uma bolsa de estudos do ProUni e estar matriculado em uma universidade pública ao mesmo tempo.

Saiba mais:

Como entrar no ProUni com a nota do Enem

Como entrar no Sisu com a nota do Enem 

As dicas ajudaram? Conte para a gente aqui nos comentários!