Medicina está entre as graduações mais concorridas do Brasil. Conseguir vaga neste curso em uma instituição pública exige estudo redobrado e um desempenho excepcional no Enem ou no vestibular.

Nas particulares, onde às vezes a concorrência é menor, o valor da mensalidade costuma ser alto, bem longe do alcance da maioria daqueles que sonham em ser médicos. 

Por isso, muita gente se pergunta: tem Medicina no ProUni? A resposta não poderia ser melhor: tem sim!

É possível tentar uma bolsa de estudos patrocinada pelo Governo em uma universidade particular e realizar o sonho de ser médico sem precisar pagar a mensalidade, ou pagando somente a metade.

Para conseguir esse benefício, no entanto, será preciso fazer bonito no Enem. Descubra a seguir como conseguir uma bolsa do ProUni para estudar Medicina!

Como se inscrever no ProUni para Medicina?

Para entrar no ProUni é preciso se inscrever no site do programa durante o período de seleção.

As inscrições são gratuitas e acontecem duas vezes por ano – geralmente nos meses de janeiro e junho. Todo o processo é feito pela  internet.

Para entrar na disputa, você precisa ter feito obrigatoriamente o Enem do ano anterior e obtido, no mínimo, 450 pontos na média geral das provas e nota acima de zero na redação. Também precisa se encaixar em alguns requisitos de escolaridade e renda (veja os detalhes mais adiante).

Veja como concorrer a uma bolsa de Medicina no ProUni:

  1. Acesse o site do ProUni durante o período de seleção.
  2. Informe seu número de inscrição e senha do Enem do ano anterior.
  3. Inclua um endereço de e-mail e um telefone (ambos precisam ser válidos).
  4. Preencha todos os dados cadastrais solicitados.
  5. Selecione até duas opções entre as vagas disponíveis para o curso de Medicina. Escolha a faculdade, o local de oferta (cidade, campus, unidade), o turno (no caso de Medicina é integral), o tipo de bolsa (parcial ou integral) e a modalidade de concorrência (cotas ou ampla concorrência).
  6. Siga as orientações do sistema para confirmar sua inscrição.

Que nota eu preciso tirar no Enem para passar em Medicina no ProUni?

Embora seja necessário ter obtido apenas 450 pontos na média das provas e nota acima de zero na redação para participar do ProUni, conseguir uma bolsa no curso de Medicina não é tão simples como parece. A concorrência é grande e só a nota mínima não garante a obtenção do benefício!

O sistema do ProUni escolhe automaticamente os alunos com as maiores notas no Enem disputando o mesmo curso, na mesma instituição, turno e modalidade que você. Conforme vai entrando gente com notas mais altas, sobe também a pontuação mínima necessária para ocupar aquela vaga – a chamada “nota de corte”.

Por isso, quanto maior for sua nota no Enem, maiores serão suas chances de passar no ProUni para Medicina.

Durante o processo de seleção, a nota de corte vai mudando. Quem está concorrendo deve monitorar a posição e, caso seja preciso, mudar as opções de faculdade para aumentar as chances de passar. 

Veja a seguir alguns exemplos de notas mínimas para conseguir uma bolsa em Medicina pelo ProUni.

Exemplos de nota de corte de Medicina no ProUni

Para passar em Medicina pelo ProUni você precisa chegar à disputa com uma bela nota no Enem. Raramente alguém com pontuação abaixo de 700 consegue uma bolsa para esse curso. Embora as notas possam variar para mais ou para menos a cada edição, elas mantêm um patamar parecido há alguns anos. 

Quem opta pelo sistema de ações afirmativas (ou cotas), também vai ter que ralar bastante. Às vezes as notas de corte desta modalidade ainda mais altas do que na ampla concorrência.

Para se ter uma ideia, nos últimos anos a nota do Enem necessária para conseguir uma bolsa do ProUni para Medicina variou de 720 até quase 800

Veja alguns exemplos recentes de nota de corte para entrar em Medicina  pelo ProUni na modalidade ampla concorrência:

  • 771,50 – Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas)
  • 765,42 – Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais (FCMMG)
  • 756,40 – Universidade Católica de Brasília (UCB)
  • 756,04 – Universidade Maurício de Nassau (UNINASSAU)
  • 755,92 – Universidade Potiguar (UNP)

Por cotas, temos as seguintes notas nos últimos anos:

  • 766,18 – Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-Goiás)
  • 756,18 – Faculdade de Medicina do ABC (FMABC)
  • 743,72 – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP)
  • 742,44 – Universidade Salvador (UNIFACS)
  • 741,36 – Universidade do Grande Rio (UNIGRANRIO)

Quem pode participar do ProUni?

Para participar do ProUni você precisa, primeiramente, ter feito o Enem do ano anterior e obtido o mínimo de 450 pontos na média das provas e nota acima de zero na redação.

Além disso, você não pode ter diploma curso superior e precisa se encaixar em um dos requisitos abaixo: 

  • Ter cursado o ensino médio completo em escola da rede pública, ou em escola da rede privada como bolsista integral.
  • Ter cursado o ensino médio parcialmente em escola da rede pública e parcialmente em escola da rede privada como bolsista integral.
  • Ser pessoa com deficiência.
  • Ser professor efetivo da rede pública de ensino, concorrendo a bolsas em cursos de licenciatura. Nesse caso não é preciso cumprir requisitos de renda.

Lembre-se de que o ProUni é um programa voltado para estudantes de baixa renda, que normalmente não teriam como bancar uma universidade privada. Sendo assim, para conceder o benefício, o Governo Federal leva em conta a renda familiar bruta do candidato e oferece dois tipos de bolsa:

  • Bolsa Integral: para quem tem renda familiar bruta de até um salário mínimo e meio por pessoa. Esta bolsa paga 100% da mensalidade.
  • Bolsa Parcial: para quem tem renda familiar bruta de até três salários mínimos. Esta bolsa paga metade (50%) da mensalidade.

Se você não conseguir entrar para Medicina na primeira chamada do ProUni, fique ligado: há ainda uma nova chance com a segunda chamada. Se ainda assim o seu nome não aparecer entre os escolhidos, há uma terceira oportunidade: a lista de espera.

Para participar dessa lista, é preciso ficar atento às datas divulgadas pelo MEC – geralmente o processo abre algumas semanas depois da divulgação do resultado final. A participação na lista não é automática. O candidato precisa se cadastrar na página do ProUni e “manifestar interesse”, marcando a opção correspondente.

Universidades que têm Medicina e participam do ProUni

O número de vagas de Medicina no ProUni todo semestre. Para saber exatamente se é possível conseguir uma bolsa do ProUni para Medicina no local e época em que você quer começar a estudar, consulte o sistema do ProUni durante o período de inscrição. 

O MEC só aceita que universidades bem avaliadas ofereçam vagas no ProUni. Configura algumas instituições que participam do ProUni e têm graduação em Medicina:

Veja também:

Como entrar no ProUni com a nota do Enem

Vai tentar o ProUni para Medicina? Conte para a gente aqui nos comentários!