Está cada vez mais comum entrar no ensino superior no Brasil sem ter que prestar vestibular. Depois que o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) passou a ser usado para escolher novos alunos, muitas universidades deixaram de realizar o processo seletivo tradicional.

A nota do Enem serve como base de classificação em processos seletivos de universidades públicas e privadas, como o Sisu e o ProUni. Diversas instituições já aderiram a estes Programas. Há ainda aquelas que optaram por utilizar apenas nota do Enem como critério para seleção direta de estudantes.

Confira como você pode ter acesso ao ensino superior sem ter que fazer vestibular!

Os substitutos do vestibular

Há diferentes formas de entrar para uma universidade pública ou privada sem vestibular:
  • Públicas: por meio do Sisu
  • Privadas: por meio do ProUni ou nota do Enem
Se você quer disputar uma vaga numa instituição pública, pode conseguir por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Há instituições que reservam parte das vagas para alunos inscritos, outras disponibilizam 100% das vagas ao Sistema.

Se quiser entrar numa faculdade privada, pode tentar uma vaga por meio do Programa Universidade para Todos (ProUni), ou da sua nota do Enem. A porcentagem das vagas reservadas aos candidatos nestes processos varia em cada instituição.

Como entrar em instituições públicas sem fazer vestibular

Por meio do Sisu
O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) é um processo seletivo criado pelo Governo Federal que dá acesso a vagas em universidades públicas. Mais de 120 instituições de ensino superior, distribuídas em todas as regiões do Brasil, já aderiram ao Sisu como forma de ingresso de novos alunos. Entre as universidades federais, a maioria já utiliza o sistema. Algumas até como única forma de ingresso.

Para participar do Sisu é preciso ter feito o Enem no ano anterior à inscrição e obtido nota maior do que zero na redação. A pontuação geral nas provas do Exame serve como base para classificação a uma vaga. O resultado final depende dos demais critérios estabelecidos por cada instituição para a seleção dos alunos.

O Sisu acontece duas vezes por ano, sempre no início de cada semestre. Não há limite de renda para participar. Para conhecer melhor o programa e conferir as datas de inscrição consulte o site oficial.

Universidades federais que não fazem mais vestibular
Conheça algumas universidades públicas federais que substituíram totalmente o vestibular pelo Sisu como forma de ingresso de novos alunos:

  • Universidade Federal do ABC (UFABC)
  • Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI)
  • Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
  • Universidade Federal do Piauí (UFPI)
  • Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT)

Como entrar em instituições privadas sem fazer vestibular

Por meio da nota do Enem
O Enem é um conjunto de provas que demonstram o nível de conhecimento dos estudantes em relação ao conteúdo do ensino médio. A nota desse exame é considerada, por algumas instituições privadas, requisito suficiente para atestar que os candidatos têm condições de entrar no ensino superior.

Neste caso, os novos alunos que disputam vagas nestas faculdades são classificados de acordo com a pontuação que obtiveram no Exame. As regras do processo seletivo variam muito entre as instituições.

Algumas exigem uma nota mínima nas provas objetivas e na redação do Enem, outras exigem apenas que a nota da redação seja maior do que zero. Você deve consultar o edital ou entrar em contato com a instituição de sua escolha para se informar.

Por meio do ProUni
O Programa Universidade para Todos (ProUni) também é uma iniciativa do Governo Federal. Ele concede bolsas de estudo para estudantes de baixa renda em mais de mil universidades particulares em todo o País. Só podem participar os alunos que comprovarem renda familiar bruta mensal de até três salários mínimos.

Para se inscrever é preciso ter feito o Enem no ano anterior, obtido pelo menos 450 pontos na média geral do Exame, nota maior que zero na redação e cumprir ainda um dos seguintes requisitos:

  • Ter cursado o ensino médio completo em escola da rede pública.
  • Ter cursado ensino médio completo em instituição privada, na condição de bolsista integral.
  • Ter cursado o ensino médio parcialmente em escola pública e parcialmente em instituição privada, na condição de bolsista integral.
  • Ser portador de deficiência.
  • Ser professor da rede pública de ensino.
A seleção do ProUni acontece duas vezes por ano. Os alunos que forem classificados para uma bolsa podem precisar realizar alguma prova, dependendo da universidade em que forem estudar. Para conhecer melhor o programa e conferir as datas de inscrição consulte o site oficial.

Universidades que selecionam alunos pela nota do Enem

Conheça algumas das principais universidades privadas, reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC), que aderiram a processos seletivos que classificam alunos por meio da nota do Enem:
Em todas elas, além de poder entrar usar sua nota do Enem  para processos seletivos como ingresso direto, ProUni e FIES, você vai encontrar uma série de benefícios financeiros. Todas elas trabalham com financiamentos sem burocracia, descontos, convênios e bolsas de estudos.

Veja também
Como usar a nota do Enem para entrar na faculdade


Você quer disputar uma vaga em universidade pública ou privada? Em qual curso? Conte para a gente nos comentários!