Cerca de 1,6 mil instituições de ensino superior no Brasil já aderiram ao Fundo de Financiamento Estudantil (FIES), um programa do Governo Federal que beneficia 1,9 milhão de alunos. O financiamento é acessível e contempla universidades em todas as regiões do País.

Mas é preciso estar atento às regras para participar, pois elas vêm sofrendo alterações nas últimas edições. Agora os candidatos ao FIES precisam ter obtido pelo menos 450 pontos na média das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e nota maior do que zero na redação, além de ter que comprovar renda mínima.

A nota do Enem serve de base para a classificação dos candidatos. Quanto maior sua pontuação, melhores as chances de conseguir o financiamento. O que vai determinar a nota de corte do FIES para cada curso é, basicamente, o número de estudantes inscritos e o desempenho deles no Enem.

Saiba como descobrir a pontuação necessária para obter financiamento para o curso de sua escolha!

Notas de corte para obter o FIES

Só é possível acompanhar a nota mínima necessária para obter o empréstimo durante o período de inscrições do FIES. O sistema classifica o aluno no momento do cadastro e divulga diariamente uma nota de corte parcial para o curso onde ele se inscreveu.

No entanto, é possível ter uma ideia de quanto você precisa tirar no Enem analisando edições recentes do FIES. Em muitas áreas é possível conseguir o financiamento com pouco mais de 450 pontos no Exame. Em outras, mais disputadas, é preciso apresentar cerca de 780 pontos para conseguir o benefício.

Veja a nota de corte de edições recentes do programa para obter o financiamento em diferentes universidades!

Medicina

  • Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR) – 786,74 pontos
  • Universidade de Santo Amaro (UNISA) – 754,84 pontos
  • Centro Universitário Christus (UNICHRISTUS) – 746,62 pontos

Direito

  • Universidade Regional de Blumenau (FURB) – 702,16 pontos
  • Centro Universitário do Instituto de Educação Superior de Brasília (IESB) – 675,80 pontos
  • Faculdade do Estado do Maranhão (FACEM) – 543,24 pontos

Administração

  • Universidade Estácio de Sá (UNESA) de Belo Horizonte – 575,48 pontos
  • Centro Universitário Jorge Amado (UNIJORGE) – 554,94 pontos
  • Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA) em Cuiabá (MT) – 516 pontos

Marketing

  • Faculdade Martha Falcão – 601 pontos
  • Universidade Estácio de Sá (UNESA) em Nova Iguaçu (RJ) – 540,24 pontos
  • Centro Universitário de João Pessoa (UNIPÊ) – 498,50 pontos

Ciências Econômicas

  • Universidade Positivo – 617,70 pontos
  • Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP) – 603,28 pontos
  • Faculdade Integrada Euclides Fernandes (FIEF) – 512,10 pontos

Engenharia Civil

  • Universidade da Amazônia (UNAMA) – 626,88 pontos
  • Faculdades Integradas São Pedro (FAESA) – 571,16 pontos
  • Centro Universitário Metodista (IPA) – 551,10 pontos

Farmácia

  • Faculdade Boa Viagem (FBV) em Recife – 567 pontos
  • Faculdade Meta em Rio Branco (AC) – 535,64 pontos
  • Universidade Salgado de Oliveira (UNIVERSO) em Goiânia (GO) – 530,68 pontos

Jornalismo

  • Centro Universitário Tiradentes (UNIT) - 566,40 pontos
  • Universidade Veiga de Almeida (UVA) – 551,86 pontos
  • Centro Universitário de Gurupi (UNIRG) – 534,30 pontos

Letras

  • Faculdade Serigy (UNIRB) – 516,42
  • Universidade de Franca (UNIFRAN) – 514,48
  • Centro Universitário Ritter dos Reis (UNIRITTER) – 508,80

Pedagogia

  • Faculdade Santa Amélia (SECAL) – 525,98 pontos
  • Faculdade de Tecnologia de Macapá (FTA) - 493,08 pontos
  • Faculdade Tobias Barreto (FTB) – 486,02 pontos

As regras do FIES

O FIES é uma ajuda e tanto para quem quer fazer uma universidade privada. Os alunos só começam a pagar pelo empréstimo depois de formados e os juros são mais baixos que os praticados pelo mercado.

Mas é preciso estar atento às regras de participação no FIES. Elas já sofreram algumas alterações desde o lançamento do programa, em 1999. Atualmente, os requisitos para poder concorrer ao financiamento são:

  • Ter participado do Enem em qualquer edição a partir de 2010, com desempenho mínimo de 450 pontos na média geral das provas e nota maior do que zero na redação.
  • Comprovar renda familiar bruta mensal de, no máximo, 5 salários mínimos por pessoa.
O FIES tem duas edições por ano. Consulte o site oficial, o SisFIES, para obter mais informações sobre o programa, as inscrições e as instituições participantes.

Onde estudar com o FIES

A relação de universidades que aceitam o FIES pode mudar de um semestre para outro. É preciso consultar a lista a cada edição no site do programa.

Veja algumas das principais faculdades reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC) que costumam participar do FIES:

Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA)

Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL)

Universidade Cidade de São Paulo (UNICID) 

Centro Universitário do Distrito Federal (UDF) – no Distrito Federal

Universidade de Franca (UNIFRAN)

Faculdade Pitágoras (PITÁGORAS) – em Minas Gerais

Veja também:

Como saber se o meu curso participa do FIES?

Como você se saiu no Enem? Quer disputar um financiamento para qual curso? Conte para a gente nos comentários!