Direito é a graduação com maior número de alunos matriculados no Brasil. De acordo com o Censo da Educação Superior mais recente, são 813 mil estudantes que se preparam para explorar as oportunidades de trabalho na área jurídica.

O curso faz parte das Ciências Sociais Aplicadas. Por isso, seu currículo traz muitas matérias da área de Humanas, como Sociologia, História e Ciência Política, por exemplo.

Direito é um curso que exige muita leitura e escrita, já que boa parte da atividade profissional consiste em redigir documentos que fazem um processo avançar. Nos exercícios práticos, os futuros profissionais refletem sobre casos com base nas leis, apresentam seus argumentos e tomam decisões.

A profissão é regulamentada. Para exercê-la como bacharel em Direito, é preciso ter diploma de uma faculdade reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). Para atuar como advogado, é necessário também passar no exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Confira mais detalhes sobre as matérias que estão na grade curricular de Direito. Veja também algumas universidades de diferentes regiões do Brasil que oferecem o curso!

Grade curricular de Direito

A grade curricular de Direito pode variar de acordo com a instituição. As diferenças podem ser no nome da disciplina, no conteúdo e até na ordem em que aparece no currículo.

No entanto, o MEC estabelece algumas diretrizes sobre os conteúdos que as universidades devem prever em seus cursos de Direito. São basicamente três eixos de formação:

Fundamental: são as matérias que conectam o Direito a outras áreas, como Antropologia, Ciência Política, Economia, Ética, Filosofia, História, Psicologia e Sociologia.

Profissional: aborda a parte jurídica, seu conjunto de normas, leis e sua aplicação. Entre os conteúdos estão o Direito Constitucional, Direito Administrativo, Tributário, Penal e outros.

Prática: são atividades que preparam para situações da profissão, como estágios supervisionados e Trabalho de Conclusão de Curso (TCC).

Para você ter uma noção do que irá estudar durante os cinco anos de graduação, listamos as disciplinas mais comuns, organizadas ano a ano. Em seguida, apresentamos uma lista com boas universidades que oferecem o curso de Direito.

Grade curricular do primeiro ano de Direito

Na fase inicial, a grade curricular de Direito tem uma carga maior de matérias de conhecimentos gerais, como por exemplo:

• Análise Textual

• Ciência Política

• Fundamentos das Ciências Sociais

• História do Direito Brasileiro

• História do Pensamento Contemporâneo

• Sociologia Jurídica e Judiciária

Nesta etapa começam os estudos de duas disciplinas de Direito que serão aprofundadas ao longo de vários semestres:

• Direito Civil

• Direito Penal

 

Algumas faculdades dão oportunidade neste início para o estudante cursar matérias eletivas, que podem ser sobre temas como Mediação de Conflitos e Sustentabilidade.

Grade curricular do segundo ano de Direito

No segundo ano de curso, a grade curricular da parte específica aprofunda o estudo sobre Direito Civil e Penal. Mas é tempo também de conhecer novas matérias jurídicas, como:

• Direito do Trabalho

• Direito Constitucional

• Teoria Geral do Processo

As aulas de Língua Portuguesa passam a focar nas necessidades específicas da profissão, como Redação Instrumental. As matérias de conhecimentos gerais também integram o currículo:

• Filosofia, Ética e Cidadania

• Economia Política

Grade curricular do terceiro ano de Direito

No terceiro ano, a maioria das matérias que compõem a grade curricular são da área do Direito. Alguns conteúdos são aprofundados, como Direito Penal, Civil, Constitucional e do Trabalho.

Entre as novidades estão as práticas simuladas e matérias como:

• Direito da Criança e do Adolescente

• Direito Processual e Civil

• Direito Processual Penal

• Direito Processual do Trabalho

Nas disciplinas eletivas, os alunos podem optar por conteúdos como:

• Criminologia

• Direito Agrário

• Direitos Autorais e Propriedade Industrial

• Direito e Bioética

• Direito Eleitoral

• Direito Imobiliário

Grade curricular do quarto ano de Direito

No quarto ano de Direito, prossegue o aprofundamento em disciplinas estudadas ao longo do curso. As atividades práticas simulam situações que envolvem o Direito Penal e do Trabalho.

Ainda assim, surgem novos temas jurídicos, como:

• Direito Constitucional Avançado

• Direito do Consumidor

• Direito Empresarial

• Filosofia Jurídica

• Metodologia de Pesquisa em Direito

Grade curricular do quinto ano de Direito

Chegamos ao último ano de Direito, um período em que boa parte da carga horária costuma ser dedicada a disciplinas eletivas e ao Trabalho de Conclusão do Curso (TCC), para que o estudante direcione o aprendizado à área que deseja seguir quando se profissionalizar.

O currículo apresenta também algumas matérias obrigatórias na área, como por exemplo:

• Direito Administrativo

• Direito Ambiental

• Direito Financeiro e Tributário

• Direito Internacional

• Ética Geral e Profissional

Finalizada esta etapa, depois de se formar o estudante obtém o título de bacharel em Direito, que o habilita a concorrer a vagas em concursos públicos que exijam essa formação.

Outra etapa importante é a aprovação no exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Este é um requisito para quem quer exercer a profissão de advogado, seja de forma autônoma ou em escritórios de advocacia, atendendo a clientes em assuntos de ordem trabalhista, criminal, de família ou tributário, por exemplo.

Onde estudar Direito

Confira algumas instituições autorizadas pelo MEC a oferecer o curso de Direito:

Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA)

• Universidade Estácio de Sá (UNESA)

Faculdade Pitágoras (PITÁGORAS) – em Minas Gerais

Faculdade das Américas (FAM) - em São Paulo

Veja também:

Curso de Direito

E então, o que achou das matérias do curso de Direito? Compartilhe sua opinião com a gente!