Duas vezes ao ano, milhões de estudantes brasileiros se inscrevem no Sistema de Seleção Unificada, o Sisu. Esse processo seletivo usa a nota do Enem mais recente para classificar candidatos a vagas em universidades públicas. O melhor de tudo? Não precisa fazer vestibular! É só se inscrever pela internet, aguardar o resultado e pronto.

Para participar do Sisu, basta ter feito as provas do Enem mais recente e não ter zerado na redação. As vagas (mais de duzentas mil só na edição do primeiro semestre) estão espalhadas por mais de cem universidades estaduais e federais de todas as regiões brasileiras.

O problema é que a concorrência é pesada. Para passar em alguns cursos é preciso apresentar mais de 850 pontos no Enem. Em outros, dá para conseguir vaga com cerca de 450 pontos.

A nota de corte do Sisu – menor nota para passar – é calculada em função do curso, instituição, campos, turno e modalidade de concorrência. Ela pode variar também de acordo com a edição do processo seletivo.

O que não varia, aqui, é que sempre tem muito mais candidatos do que vagas disponíveis e muita gente fica de fora. Mas nada de desespero!

Depois da chamada regular, o Sisu abre uma lista de espera. E é aqui que você pode aumentar suas chances de passar. Descubra como agora mesmo!

Quantas chamadas tem o Sisu?

Em algumas universidades, o vestibular tem várias chamadas. Funciona assim: o pessoal que aparece na lista de aprovados tem um prazo para fazer a matrícula. Acabado o prazo, a instituição vai convocando os próximos colocados e assim sucessivamente até que praticamente todas as vagas tenham sido devidamente preenchidas.

No Sisu, é um pouco diferente. Há apenas uma chamada regular. O candidato pré-selecionado tem um prazo de alguns dias para comparecer à instituição onde passou, levando toda a documentação solicitada, para efetuar a matrícula. Quem perder o prazo, perde também o direito de ocupar a vaga, que fica disponível para a lista de espera.

Veja a seguir quem pode participar da lista de espera do Sisu e como se inscrever.

Quem pode participar da lista de espera do Sisu?

O Sisu tem algumas regras para a lista de espera, que podem variar de acordo com a edição do processo seletivo. Porém, no geral só pode participar da lista de espera quem estiver inscrito naquela edição do Sisu e:
• Não tiver sido selecionado na chamada regular, nem na primeira nem na segunda opção de curso; ou
• Tiver sido selecionado para a segunda opção de curso – mesmo que tenha feito a matrícula.

Não custa reforçar: se você perdeu o prazo de inscrição do Sisu, não vai poder participar da lista de espera.

A lista de espera do Sisu ainda tem um detalhe a mais: ela não é automática. Isso significa que o candidato interessado precisa “manifestar interesse” em participar. Descubra como fazer isso a seguir.

Como entrar na lista de espera do Sisu?

Se você cumpre os requisitos da lista de espera, já pode renovar as esperanças de conquistar sua vaga.

Confira o passo a passo:

1. Verifique o prazo para entrar em lista de espera da edição do Sisu na qual você se inscreveu. Geralmente o prazo já começa a correr no mesmo dia em que sai o resultado. Seja esperto e garanta logo seu lugar na fila para aumentar suas chances!
2. Acesse o site do Sisu.
3. Clique no seu Boletim.
4. Clique na opção “manifestar interesse em participar da lista de espera”.
5. Aguarde a mensagem de confirmação no sistema.
Estranhou que não é preciso escolher um curso na lista de espera? É que ela só vale para a primeira opção de curso que você definiu no período de inscrições. O sistema reconhece sua primeira opção de forma automática, não é necessário informá-la novamente.

Como funciona a lista de espera do Sisu?

Colocou seu nome na lista de espera? Muito bem, agora não precisa fazer mais nada, só torcer e ficar bem ligado.

É isso mesmo. O processo, a partir de agora, corre por conta da universidade. É a instituição de ensino que vai averiguar se sobrou alguma vaga depois do período de matrícula, vai selecionar os candidatos com maior pontuação no Enem entre os interessados e começar a convocá-los.

A convocação da lista de espera, ao contrário da primeira chamada (ou chamada regular), não aparece no site do Sisu. O ideal é consultar diariamente a faculdade que você selecionou como primeira opção de curso para verificar se conseguiu vaga.

O processo de chamada dos candidatos em lista de espera costuma se estender bastante, mais ou menos um mês após o início das aulas.

O que fazer se não passar no Sisu

Em primeiro lugar, não se sinta mal por não ter conseguido vaga no Sisu. Entre os processos seletivos nacionais que usam a nota do Enem, ele é, de longe, o mais concorrido!

Felizmente há outras opções. Vamos falar das principais:

• ProUni: o Programa Universidade para Todos usa a nota do Enem para classificar candidatos a bolsas de estudos em faculdades particulares de primeira linha. As inscrições são gratuitas e para participar é preciso cumprir requisitos de renda familiar, formação escolar e desempenho no Enem mais recente.
• FIES: o Fundo de Financiamento Estudantil é uma super ajuda para quem não tem como arcar com a mensalidade da faculdade particular. A dívida do financiamento só começa a ser quitada depois da formatura. Para concorrer ao benefício também é preciso se encaixar em critérios de renda familiar e desempenho no Enem.
• Vestibular: quem não foi muito bem no Enem e já sabe em qual faculdade quer estudar pode tentar o vestibular. Nas instituições privadas ele costuma ser menos complicado de entrar, principalmente na modalidade de prova agendada. Diversas faculdades trabalham com esse modelo.
• Ingresso Direto: é a opção mais acessível. Aqui não tem requisitos de renda e cada faculdade é livre para determinar a pontuação necessária para ingressar em um curso específico. Em alguns casos, basta não ter zerado na redação.
Conheça a seguir faculdades reconhecidas e bem avaliadas pelo MEC que participam do ProUni e do FIES, além de oferecerem ingresso via vestibular e Enem:
Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA)
Faculdade Pitágoras (PITÁGORAS) – em Minas 
Universidade Estácio de Sá (UNESA) 
Universidade de Franca (UNIFRAN) 
Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL) 
Universidade Cidade de São Paulo (UNICID) 
Em todas elas você vai encontrar ainda programas de descontos, convênios e financiamentos facilitados.

Veja também:
Como entrar no Sisu com a nota do Enem

Vai tentar uma vaga na lista de espera do Sisu? Conte para a gente aqui nos comentários!