O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) é um dos processos seletivos mais concorridos do Brasil.

Motivos não faltam: o Sisu oferece vagas em mais de 130 universidades públicas gratuitas espalhadas por todo o país, não precisa pagar nada para se inscrever, o processo é totalmente automatizado e os candidatos não precisam fazer vestibular.

Tem interesse em participar mas não sabe se cumpre os requisitos de inscrição? Então fique aqui com a gente que vamos contar quem pode se inscrever no Sisu. Ao final, vamos falar de outros processos seletivos menos concorridos que também garantem vaga no ensino superior. Confira!

Quem pode se inscrever no Sisu?

As regras do Sisu não têm sofrido grandes modificações nos últimos anos.

Pode se inscrever no Sisu quem fez o Enem mais recente, sem ter zerado na redação.

O Sisu exige alguma nota mínima no Enem para se inscrever?

Não. Para se inscrever no sistema do Sisu, basta ter feito o Enem mais recente e não ter zerado na redação.

No entanto, essa regra se aplica somente à inscrição.

Depois de se cadastrar no sistema, ao fazer uma busca pelas vagas disponíveis pode ser que você encontre a exigência de nota mínima no Enem para disputar um lugar em determinada combinação de curso e instituição. É que cada universidade é livre para solicitar um desempenho mínimo no Enem aos candidatos.

Mas então, como saber com antecedência se minha nota vai ser suficiente para concorrer? Infelizmente, não tem como saber antes de abrir o processo seletivo.

Mas não se preocupe. Caso sua nota não seja suficiente, o sistema do Sisu mostra um aviso na tela. Você vai poder fazer quantas buscas quiser, até encontrar uma vaga que aceite sua pontuação no Exame.

O Sisu tem limite de renda?

Não. Diferentemente de programas de ampliação do acesso ao ensino superior voltados a estudantes de baixa renda, como FIES e ProUni, o Sisu não tem nenhuma restrição de perfil socioeconômico.

Quem estudou em escola particular pode se inscrever no Sisu?

Sim, desde que cumpra o requisito de ter feito o Enem mais recente, sem ter zerado a redação. O Sisu não tem nenhuma exigência quanto ao tipo de escola que o candidato cursou (pública ou particular).

O Sisu tem cotas?   

Sim. O Sisu oferece três modalidades de concorrência:

• Ampla concorrência

• Lei de cotas

• Ações afirmativas próprias de cada instituição

Quem pode se inscrever pelas cotas do Sisu?   

Depende do tipo.

A Lei de Cotas (Lei n 12.711/2012) determina que 50% das vagas sejam reservadas a candidatos que cursaram o ensino médio em escola pública. A lei se aplica a universidades federais, institutos federais de educação, ciência e tecnologia e centros federais de educação tecnológica. Dessas vagas reservadas, metade é destinada a estudantes de baixa renda.

Já as ações afirmativas variam de acordo com as regras de cada instituição.

No sistema de inscrições do Sisu você poderá consultar as vagas reservadas e o que é necessário para concorrer a cada uma delas.

Quem está cursando universidade particular pode se inscrever no Sisu?

Sim, desde que cumpra o requisito de participação (ter feito o Enem mais recente, sem ter zerado a redação).

Quem está cursando universidade pública pode se inscrever no Sisu?

Sim, desde que tenha feito o Enem mais recente e não tenha zerado a redação.

Caso consiga a vaga pelo Sisu, no entanto, terá que escolher: ou continua na graduação que já vinha cursando ou se matricula na vaga que conseguiu pelo Sisu. É que, de acordo com a lei brasileira, não é permitido ocupar duas vagas em universidades públicas.

Bolsista do ProUni pode se inscrever no Sisu?

Sim, desde que tenha participado do Enem mais recente e tenha obtido nota acima de zero na redação.

Porém, caso passe no Sisu terá que optar entre a bolsa e a vaga na universidade pública. A lei não permite ser bolsista do ProUni e, ao mesmo tempo, estar matriculado no ensino superior público gratuito.

Quando abrem as inscrições do Sisu?

O Sisu abre inscrições duas vezes ao ano.

A primeira edição acontece em janeiro, logo depois que sai o resultado do Enem. A segunda costuma abrir inscrições em junho ou julho.

Geralmente o período para se inscrever é curto. Começa em uma terça-feira e encerra na sexta-feira da mesma semana.

Como se inscrever no Sisu?

As inscrições no Sisu são gratuitas e o processo é todo feito pela internet. Caso cumpra os requisitos de inscrição e tenha interesse em concorrer a uma vaga, faça o seguinte:

•1. Acesse o site oficial do Sisu.

2. Digite seu número de inscrição do Enem mais recente

3. Digite a senha que usou no Enem mais recente. Caso não lembre, basta clicar em “esqueci minha senha” que o sistema ajuda a recuperar o código.

4. Confira os dados de cadastro e preencha as informações solicitadas.

5. Escolha, entre as vagas disponíveis, duas opções de vaga. Cada opção é uma combinação de universidade, curso, turno e modalidade de concorrência.

6. Confirme a inscrição.

Alternativas ao Sisu

O Sisu é uma peneira bem cruel. Está cada vez mais difícil conseguir vaga por esse sistema, que vem registrando notas de corte entre 650 e quase 900 pontos no Enem!

Ainda bem que existem outras possibilidades.

Caso você tenha boa pontuação no Enem e se enquadre nos requisitos de renda familiar, pode tentar o Programa Universidade para Todos (ProUni), que distribui bolsas de estudos, ou o Fundo de Financiamento Estudantil (FIES), que ajuda a pagar a faculdade com juros baixos e prazo a perder de vista.

E ainda tem uma forma de entrar na faculdade sem burocracia, cada vez mais popular: o ingresso direto. Bastante utilizada por instituições particulares, é um jeito simples e sem estresse de ingressar no ensino superior: basta apresentar a pontuação no Enem e, caso tenha a pontuação necessária, fazer a matrícula.

Confira algumas instituições reconhecidas pelo MEC que oferecem vagas pelo ProUni, FIES e ingresso direto:

Universidade Norte do Paraná (UNOPAR)

• Universidade Estácio de Sá (UNESA)

Universidade de Franca (UNIFRAN) 

Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL) 

Universidade Cidade de São Paulo (UNICID) 

Faculdade Pitágoras (PITÁGORAS) – em Minas Gerais 

Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA) 

Universidade Anhembi Morumbi (a distância)

FMU (a distância)

UNIFACS (a distância) – em Salvador/BA

UnP – Universidade Potiguar (a distância) – em Natal/RN

Nelas você vai encontrar ainda vantagens como financiamentos sem burocracia, bolsas de estudos, descontos e convênios.

Veja também:

Tenho chance de passar no Sisu?

Vai participar do Sisu? Conte para a gente aqui nos comentários!