O Programa Universidade para Todos (ProUni) é uma iniciativa do governo federal que distribui bolsas de estudos parciais e integrais em faculdades privadas de primeira linha.

O ProUni tem bolsas em cursos de todas as áreas do conhecimento (até naqueles super disputados, como Medicina, Direito e Engenharia), nas modalidades presencial e a distância, em todas as regiões do Brasil.

Tem interesse em ganhar uma bolsa do ProUni?

Então fique aqui com a gente. Vamos contar quem tem direito ao ProUni, explicar o que é preciso fazer para conseguir o benefício e ainda dar exemplos de faculdades que participam do programa.

Quem pode ganhar o ProUni?

O ProUni foi criado para ampliar o acesso dos brasileiros ao ensino superior de qualidade.

A forma que o governo federal encontrou de fazer isso foi por meio de bolsas de estudos.

Como a ideia aqui é ajudar quem mais precisa, o programa não é aberto a qualquer pessoa. O Ministério da Educação (MEC) exige que o candidato a uma bolsa do ProUni cumpra certos requisitos de renda familiar, formação e desempenho no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Tem direito ao ProUni quem preencher estes três requisitos...

• Não tiver diploma de nível superior.
• Tiver feito o Enem mais recente, com desempenho de pelo menos 450 pontos na média das provas e nota acima de zero na redação.
• Tiver renda familiar bruta mensal de até 1,5 salário mínimo por pessoa para concorrer a uma bolsa integral e de até 3 salários mínimos por pessoa para concorrer a uma bolsa parcial.

... e se enquadrar em uma destas situações:
• Ter feito o ensino médio em escola da rede pública.
• Ter feito o ensino médio em escola da rede privada com bolsa de estudos integral da própria escola.
• Ser pessoa com deficiência.
• Ser professor efetivo da rede pública de educação básica.

O ProUni tem limite de idade?

Não. O ProUni não tem limite de idade para participar. Basta cumprir os requisitos e se inscrever para concorrer a uma bolsa.

Como conseguir uma bolsa do ProUni?

Para conseguir uma bolsa do ProUni é preciso encarar um processo seletivo. As inscrições são gratuitas e abrem duas vezes ao ano.

Para participar, no período definido pelo MEC, é preciso:

1. Acessar o site oficial do ProUni.
2. Clicar em “Inscrição”.
3. Informar os dados solicitados. Entre eles, você vai precisar digitar o número de inscrição e senha do Enem mais recente.
4. Selecionar, entre as vagas disponíveis, duas opções. Cada opção corresponde a uma combinação de curso, universidade, campus, turno e modalidade de concorrência.
5. Confirmar a inscrição.

Lembramos que só pode se inscrever no ProUni quem cumprir os requisitos de formação, renda e desempenho no Enem solicitados pelo programa.

Como funciona o processo seletivo do ProUni?

Não basta se inscrever para ganhar uma bolsa do ProUni. É preciso vencer a concorrência.

O critério para classificar os candidatos é a nota do Enem. O processo é totalmente automatizado e leva em conta o desempenho dos inscritos que estiverem concorrendo às mesmas opções de curso, turno, universidade, campus e modalidade de concorrência.

O sistema do ProUni vai classificando quem tem a maior pontuação para preencher aquela quantidade limitada de vagas.

Como aumentar minhas chances de conseguir o ProUni?

Além de ter obtido um bom desempenho no Enem e torcer para que seus concorrentes apresentem uma pontuação menor, você pode usar a divulgação diária das notas de corte a seu favor.

A nota de corte é menor pontuação que permite entrar em determinada vaga (para o mesmo curso, turno, universidade, campus e modalidade de concorrência). Ou seja, é a nota do último candidato classificado.

Enquanto durarem as inscrições, o sistema do ProUni divulga as notas de corte parciais. O segredo aqui é conferir essas notas e ver se você ainda tem chance de passar. Caso a nota de corte parcial seja maior do que a sua pontuação no Enem, vale a pena escolher outra opção entre as vagas disponíveis.

Você pode mudar de opção quantas vezes quiser, enquanto as inscrições estiverem abertas.

Para a classificação final, o ProUni vai considerar sempre a última opção que o candidato salvou no sistema.

Quer mais uma dica de ouro? Considere a possibilidade de fazer um curso a distância. Por falta de conhecimento, muita gente ignora essa modalidade de estudo, fazendo com que as bolsas para cursos EAD ainda sejam no geral, menos concorridas.

As opções são variadas. Há bolsas do ProUni para cursos a distância em áreas como Administração, Gestão de Recursos Humanos, Logística, Marketing, Pedagogia, Educação Física e muito, muito mais.

A graduação a distância segue o mesmo currículo da presencial – tem provas, trabalhos, tarefas a cumprir e até aulas presenciais (a frequência varia conforme o curso). O diploma de um curso EAD reconhecido pelo MEC vale tanto quanto o presencial.

Quando acontecem as inscrições do ProUni?

As datas do ProUni mudam a cada edição. O calendário geral, no entanto, segue mais ou menos o mesmo esquema.

O ProUni do primeiro semestre acontece entre o final de janeiro e o início de fevereiro. O do segundo semestre abre inscrições entre junho e julho.

O mais importante aqui é ficar super de olho nas datas e não deixar para a última hora. O processo todo é bem rápido, normalmente as inscrições ficam no ar por apenas quatro dias. O resultado já sai no primeiro dia útil após o encerramento das inscrições.


Quanto custa concorrer ao ProUni?

A inscrição do ProUni é gratuita, você não precisa pagar nada para concorrer a uma vaga.

Faculdades que participam do ProUni

A lista de faculdades que oferecem bolsa pelo ProUni é grande e abrange todas as regiões do país. Aqui, o mais importante é saber que somente instituições reconhecidas e bem avaliadas pelo MEC podem participar do programa.

Selecionamos algumas boas faculdades que costumam oferecer vagas presenciais e a distância pelo ProUni. Confira:

Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA) 
Universidade Estácio de Sá (UNESA) 
Universidade Norte do Paraná (UNOPAR)
Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL) 
Universidade Cidade de São Paulo (UNICID) 
Universidade de Franca (UNIFRAN) 
Faculdade Pitágoras (PITÁGORAS) – em Minas Gerais 
Universidade Anhembi Morumbi (a distância)
FMU (a distância)
UNIFACS (a distância) – em Salvador/BA
UnP – Universidade Potiguar (a distância) – em Natal/RN

Não rolou o ProUni? Não é por isso que você vai desistir do seu sonho! Nas faculdades que acabamos de citar você vai encontrar outros tipos de bolsa de estudos, além de descontos, convênios e financiamentos sem burocracia.

Veja também:
15 faculdades que oferecem bolsas de estudo

E aí? Vai participar do ProUni? Conte para a gente aqui nos comentários!