Quem vai fazer o Enem não pode bobear. É preciso ficar ligado em várias datas: inscrição, pagamento da taxa, pedido de isenção e, claro, os dias em que serão aplicadas as provas.

A maioria das datas importantes já foi publicada. Outras – como o dia em que serão divulgados os locais de prova, por exemplo – ainda não. Aqui vamos deixar você por dentro de tudo.

Afinal de contas, você não pode perder a oportunidade de prestar esse exame que funciona hoje em dia como o maior vestibular do Brasil. O Enem pode abrir portas para muitas universidades e programas de bolsas e financiamentos. Confira agora mesmo o cronograma do Enem 2018!

Qual a data do Enem 2018?

As provas do Enem vão acontecer em dois domingos consecutivos, nos dias 4 e 11 de novembro de 2018.

Nesses dois dias, os portões dos locais das provas são abertos às 12h. Às 13h eles são fechados e, a partir desse momento, não é mais permitido entrar. Às 13h30 começa a prova. Todos esses horários têm como referência a hora oficial de Brasília.

A única diferença de horário entre os dois domingos é que no primeiro a prova vai até as 19h e no segundo ela acaba às 18h30.

Você tem que ficar muito esperto também com os horários. Saia de casa com tempo de sobra, considerando qualquer contratempo que possa acontecer pelo caminho.

Pode ser legal fazer o trajeto de sua casa ao local das provas alguns dias antes. Assim, você pode calcular bem o tempo que vai precisar.

Um último toque importante: na noite anterior, já deixe separado um documento original com foto (não vale fotocópia!) e caneta preta fabricada em material transparente (não pode usar nenhum outro tipo). Por via das dúvidas, leve também o cartão de inscrição.

Quais outras datas do Enem 2018 eu não posso perder?

Você não pode deixar passar a data limite para se inscrever: embora as provas sejam em novembro, as inscrições acontecem no primeiro semestre, entre os dias 7 e 18 de maio.

Já o período para o pagamento da taxa de R$ 82 é um pouco mais longo – de 7 a 23 de maio.

Em outubro – em dia ainda a ser definido – serão divulgados os locais das provas. Em janeiro de 2019, em data ainda também não publicada, saem os resultados individuais do exame.

Para saber as datas que ainda não foram publicadas, acompanhe constantemente o site oficial do Enem. Lá, você encontra outras importantes informações sobre o exame e pode ler também o edital completo, o que é muito recomendável.

Como faço minha inscrição no Enem 2018?

A inscrição para o Enem é relativamente simples. Entre 7 e 18 de maio de 2018, você deve entrar no site do Enem, onde terá que informar os números de seus documentos pessoais e dados de contato, como e-mail e telefone.

É imprescindível informar corretamente seus contatos, pois é por meio deles que a organização do Enem enviará a você avisos importantes relativos às provas.

Ao fazer a inscrição você também terá que selecionar uma opção de prova de língua estrangeira (pode ser Inglês ou Espanhol), além da cidade onde pretende prestar o Enem 2018.

Depois de preencher tudo, você poderá imprimir o boleto para pagar a taxa de inscrição, o que pode ser feito em casas lotéricas, agências bancárias e também em agências dos Correios.

O que vai cair no Enem 2018?

Na primeira prova, do dia 4 de novembro, as matérias serão:

• Linguagens, Códigos e suas Tecnologias
• Ciências Humanas e suas Tecnologias
• Redação

No segundo dia, 11 de novembro, é a vez dos seguintes assuntos:

• Ciências da Natureza e suas Tecnologias
• Matemática e suas Tecnologias

Tirando a redação, as outras provas têm 45 perguntas de múltipla escolha – são cinco alternativas para cada questão, e somente uma é correta.

Você terá que responder, na soma dos dois domingos de prova, 180 questões, que abrangem o conteúdo estudado durante os três anos do ensino médio.

A redação é um caso à parte. Você deverá desenvolver um texto dissertativo-argumentativo a partir do tema proposto. O assunto é surpresa (você só vai saber no dia da prova) e costuma ser extraído de alguma questão de relevância atual na sociedade, normalmente com desdobramentos na política, economia, cultura, meio ambiente, etc.

Em no máximo 30 linhas, sua missão será defender um ponto de vista com argumentos sólidos e chegar a uma conclusão coerente. Para se sair bem na redação, então, é bom estar ligado nas notícias mais importantes do Brasil e do mundo.

Para que servem as notas do Enem?

Já há alguns anos o Enem vem sendo chamado de “o maior vestibular do Brasil”. É que o desempenho no exame permite acesso a centenas de faculdades do país inteiro.

Funciona assim: primeiro, você tem que verificar se a faculdade de seu interesse aceita as notas do Enem como critério de seleção de alunos. Em caso positivo, é preciso descobrir qual o sistema usado pela instituição.

Muitas delas concedem acesso direto a alunos que tiveram bom desempenho (a pontuação necessária para passar varia conforme o curso).

Há faculdades que adotam um sistema misto. Quer dizer, consideram as notas do Enem como complemento ao desempenho no vestibular.

Outro importante uso das notas do Enem é para participar de programas governamentais de auxílio a estudantes de baixa renda. Falamos principalmente do Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) e do Programa Universidade para Todos (ProUni).

Em ambos os casos, se você se encaixar nos critérios de renda, uma boa pontuação no Enem fará você ficar na frente dos demais candidatos.

Para quem não sabe, o FIES financia as mensalidades durante o curso superior, enquanto o ProUni dá bolsas de estudo parciais e integrais. Essas duas iniciativas têm grande alcance e estão presentes em faculdades de todos os estados brasileiros.

Que faculdades aceitam as notas do Enem?

Como já dissemos, são centenas de instituições espalhadas no país inteiro. Veja a seguir uma lista com sugestões de faculdades reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC) que aceitam as notas do Enem como critério de seleção e também participam dos programas governamentais FIES e ProUni.
Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA)
• Universidade Estácio de Sá (UNESA)
Universidade Norte do Paraná (UNOPAR)
Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL) 
Universidade Cidade de São Paulo (UNICID)
Centro Universitário do Distrito Federal (UDF) – no Distrito Federal 
Universidade de Franca (UNIFRAN) 
Centro Universitário do Distrito Federal (UDF) – no Distrito Federal 
Faculdade Pitágoras (PITÁGORAS) – em Minas Gerais 
Universidade Anhembi Morumbi (a distância)
FMU (a distância)
UNIFACS (a distância) – em Salvador/BA
UnP – Universidade Potiguar (a distância) – em Natal/RN

Veja também:
ProUni – tipos de bolsa


Anotou direitinho as principais datas do Enem? Já está se preparando para as provas? Conte para a gente aqui nos comentários!