O ProUni dá a chance de ganhar uma bolsa de estudos para fazer uma faculdade particular de primeira linha. É uma oportunidade única para milhares de estudantes que normalmente não teriam condições de arcar com os custos de um curso superior.


Mas para conquistar um benefício tão importante é preciso se dedicar a obter o melhor desempenho no Enem possível. Conhecer as notas de corte e saber como funciona o sistema de seleção também ajudam bastante.

Então vamos lá conhecer as notas de corte do ProUni 2018, decifrar o processo seletivo e garantir a bolsa o quanto antes?

A gente dá os caminhos a seguir!

Quando acontece o ProUni 2018?

A primeira edição do ProUni 2018 aconteceu em fevereiro. A segunda começou em 26 de junho e recebe inscrições até o dia 29.

Para participar, os interessados precisam ter feito o Enem 2017 e obtido pelo menos 450 na média das provas, sem ter tirado zero na redação.

O programa exige ainda que o candidato tenha feito todo ensino médio em escolas da rede pública ou como bolsista integral da rede particular.

Além de tudo, é necessário apresentar renda familiar mensal bruta de 1,5 salário mínimo por pessoa para tentar uma bolsa de estudos integral e de até três salários mínimos por pessoa para uma parcial, que paga metade do valor das mensalidades.

O ProUni não pode ser usado por quem já tem diploma de nível superior, mesmo que atenda aos requisitos acima.

Professores efetivos da rede pública e pessoas com deficiência também podem tentar bolsa e ficam liberados da comprovação de renda.

Parece inscrever, o candidato só precisa acessar o site do oficial do ProUni 2018, informar o número de inscrição e senha do Enem 2017.

Os resultados da primeira chamada do ProUni 2018 saem no dia 2 de julho. Os da segunda chamada, no dia 16 de julho e as inscrições para lista de espera abrem dia 30 de julho. Depois disso, outra chance só em 2019.

Quais são as notas de corte do ProUni 2018?

Aqui está o grande pulo do gato para quem quer ganhar uma bolsa de estudos pelo ProUni.

As notas de corte correspondem à pontuação mínima necessária para entrar em determinado curso. Ano a ano, elas vão variando conforme o nível de desempenho dos candidatos inscritos.

Só que, no geral, as notas médias para entrar nos principais cursos do ProUni têm se mantido relativamente estáveis. Em 2018 não deve ser muito diferente.

Conhecer essas notas é importante porque dá uma ideia mais clara do quanto o candidato precisa estudar para obter uma pontuação que garanta entrada no curso desejado.
Por isso a gente trouxe algumas para você conhecer — e se preparar — para próxima seleção do ProUni. Veja a ordem do mais concorrido para o mais tranquilo:
• Medicina – Média de 745 pontos
• Odontologia – Média de 660 pontos
• Engenharia Civil – Média de 646 pontos
• Psicologia – Média de 642 pontos
• Farmácia – Média de 635 pontos
• Biomedicina – Média de 633 pontos
• Enfermagem – Média de 632 pontos
• Direito – Média de 631 pontos
• Jornalismo – Média de 628 pontos
• Nutrição – Média de 622 pontos
• Arquitetura e Urbanismo – Média de 616 pontos
• Publicidade e Propaganda – Média de 615 pontos
• Fisioterapia – Média de 615 pontos
• Engenharia Elétrica – Média de 610 pontos
• Física – Média de 607 pontos
• Análise e Desenvolvimento de Sistemas – Média de 604 pontos
• Pedagogia – Média de 603 pontos
• Relações Internacionais – Média de 595 pontos
• Administração – Média de 590 pontos
• Radiologia – Média de 586 pontos
• Ciências Contábeis – Média de 581 pontos
• Gastronomia – Média de 572 pontos
• Educação Física – Média de 570 pontos
• Comércio Exterior – Média de 570 pontos
• Gestão Financeira – Média de 569 pontos
• Gestão de Recursos Humanos – Média de 560 pontos
• Logística – Média de 552 pontos
• Turismo – Média de 547 pontos
Na edição do segundo semestre de 2018, o ProUni distribui cerca de 175 mil vagas em mais de 1.400 instituições de ensino por todo Brasil. Há cursos de bacharelado, de licenciatura e superiores de tecnologia nas modalidades presencial e a distância.

A listagem completa dos cursos e instituições participantes já está disponível no site oficial do ProUni 2018.

Como se dar bem na seleção do ProUni 2018

O segredo para se dar bem no concorrido processo seletivo do ProUni 208 é se manter sempre alerta.

Quando o candidato se inscreve, pode indicar até duas opções de curso, em qualquer uma das faculdades participantes.

Assim que faz a escolha, começa a corrida pela vaga. Durante esse processo, as notas de corte podem ir mudando conforme novos interessados vão chegando.
Diariamente, o MEC divulga as variações para cada curso.

Se a nota que você tem ainda permitir a entrada no curso desejado, tudo bem. Basta ficar de olho para ver se ela muda nos próximos dias.

Caso o pior aconteça e a nota de corte para o curso desejado fique acima da pontuação que você tem, o jeito é tentar outro curso, em outra faculdade ou mesmo em outra cidade.
Esse acompanhamento deve ser feito todos os dias, enquanto durarem as inscrições — de 26 a 29 de junho — pelo site oficial ou pelo aplicativo do ProUni, que está disponível na para celulares com sistemas Android e iOS.

Nesse período, dá para mudar de opção quantas vezes for necessário, até o último minuto das inscrições (23h59 do dia 29 de junho). O sistema levará em consideração a opção que foi confirmada por último.

Essa é a maneira mais inteligente de garantir uma bolsa de estudos bancada pelo governo federal.

Faculdades que distribuem bolsas pelo ProUni

Além de estudar de graça ou com uma bolsa de 50%, os aprovados no ProUni ainda têm a certeza de que farão um curso de qualidade, já que o Ministério da Educação só aceita faculdades reconhecidas e bem avaliadas nesse processo seletivo.

Ao se inscrever, você vai encontrar tantas faculdades inscritas, que pode até ser difícil escolher. Por isso, a gente recomenda chegar à seleção com algumas instituições em mente.
Conheça:
Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA)
Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL) 
Universidade Cidade de São Paulo (UNICID)
Centro Universitário do Distrito Federal (UDF) – no Distrito Federal 
Universidade de Franca (UNIFRAN) 
Faculdade Pitágoras (PITÁGORAS) – em Minas Gerais
Unicesumar (a distância)

Veja também:

E aí, vai participar do ProUni 2018? Conte para a gente em qual curso você vai tentar vaga!